[VÍDEOS] Encantamentos: Vídeos Para Aquecer Seu Coração – Parte 1

Aviso: Não, este não é um post nerd. Mas é um post que cabe em qualquer tipo de humanidade, até na humanidade de um nerd (por menos que nos identifiquemos com o resto da humanidade hehehe).

De vez em quando, é necessário que lembremos o quanto somos feitos de carne e ossos, e que em nossas veias corre sangue. Mas não o sangue derramado por coisas vãs, ideologias vazias ou palavras mal escolhidas. Gostaria de, com este post, lembrar do sangue que corre em nossas veias, que faz ferver nosso corpo, aquece nossos corações, e faz com que lembremos, de vez em quando, que somos seres humanos; e, assim, capazes de amar, sorrir, emocionar, sentir emoções, melhorar o dia de alguém… E mesmo que nenhum de nós tenha realmente uma varinha mágica 9 (a menos que você seja fã de Harry Potter), somos SIM capazes de fazer pequenos encantamentos.

Seguem alguns vídeos, comerciais, clipes, etc… Pequenos fragmentos de emoções largadas aqui e ali, soltos no espaço – tempo (e no youtube \o/) que o NGF reuniu para encantar um pouquinho o seu dia:

O Pequeno Príncipe – Trailer Oficial

Não poderíamos começar com outro vídeo. O trailer fala da animação, feita a partir da mais bela e conhecida história do mundo, foi de tal forma bem feita, que é difícil terminar de assistir ao vídeo sem ter os olhos marejados. Depois de ver esse teaser, você também vai ter vontade de conhecer o garotinho loiro, sua bela rosa, e a cativante raposinha. Pena que as pessoas sejam adultas demais.

Somewhere Only We Know – Clipe Oficial 

Esse vídeo é tão interessante que dá arrepios. A produção do clipe não perdeu a emotividade e o clima passados pela canção, mesmo apresentando todo o projeto de criação da animação simultaneamente à história do clipe. Ao mesmo tempo que vemos cada galho de árvore ser colocado à mão cuidadosamente pelos artistas no estúdio, a cena seguinte nos faz esquecer a artificialidade dos detalhes produzidos, como se pudéssemos estar imersos no inverno que leva embora o amigo urso, mas o traz de volta… Emocionante.

A Históra de Sofia

Quando vi essa propaganda pela primeira vez, confesso que não compreendi seu intuito. Mas inevitavelmente me encantei com tudo nela: a doce narração, a sonoplastia, a fotografia, figurino, as lindas cadelinhas… No fim das contas, pouco diz o comercial… e diz muito! É nas coisas simples que moram os mais profundos significados. Duvido que você, leitor do NGF, não chore ao ver esta linda microprodução.

O Farol

Um curta a la “Anima Mundi”, com jeitinho de coisa leve, mas com uma mensagem que toca fundo. Traços quase desfeitos nas cores pastéis fazem surgir a história hipnótica do farol. À medida que evoluímos, que crescemos, nossas “viagens” tornam-se mais e mais ousadas, mais “distantes”. Assim, acabamos ficando cada vez mais longe de nosso porto seguro, e às vezes esta distância pode ser grande demais até para quem sempre estará lá. Neste caso, o símbolo não poderia ser melhor: o farol te guia nas tempestades da vida… e não importa para onde você vá; ele estará lá quando você retornar.

Amar é doar-se

Esse vídeo é imperdível e, se você ainda não o viu ( é bem conhecido na internet), tem a obrigação de vê-lo. As formas de amar são as mais variadas, e a demonstração desse amor pode ser dura, ou mesmo invisível. Mas ele (esse amor) está lá… existe. Por vezes as mais sutis demonstrações de afeto são as que menos valorizamos.

A Arte do Otimismo

Produzido pela Pixar – sinônimo de qualidade – este vídeo é uma gracinha! Jogando xadrez sozinho, este senhorzinho mais do que fofo encontra um oponente feroz: ele mesmo, só que sem os óculos. Ou seja, ele mesmo na versão completamente cegueta! O encantamento deste vídeo mora na ideia de que solidão é simplesmente uma questão de perspectiva, meus caros nerds.

A História de Maria – Cordas

Ser Maria é um dom. As duas Marias redatoras deste humilde site que o digam. Mas falemos desta Maria, que sem saber que era impossível, foi lá e fez. Acreditou nas coisas que ninguém poderia acreditar, insistiu no que ninguém persistiria, e fez o que ninguém faria… Pelo simples fato de ser inocente demais para ter dúvidas. Quando eu crescer, quero ser Maria como ela.

http://www.4shared.com/web/embed/file/Rd9CSRd2ba

Até os próximos encantamentos, nerds.