[VIDEO GAME] Diablo III – Reaper of Souls (review)

diablo_3_ros_game_wallpaper-wide

Vindo diretamente da Blizzard Entertainment, mesma produtora do tão famoso World of WarCraft, Diablo 3: Reaper Of Souls vem com o nome de peso da franquia Diablo.

Reaper Of Souls é uma expansão (ou remasterizarão, como preferirem) do Diablo 3, com uma história completamente diferente, e alguns detalhes que fizeram toda a diferença. Nele há alguns modos de jogo diferenciados, passando por ”Aventura”, no qual você poderá passear pelos mapas matando as hordas infernais; ou o modo ”Caçada”, que apenas dá objetivos aleatórios para que você e seus amigos se divirtam jogando. Além do clássico modo “História”, que, bom, todos sabemos o que devemos fazer.

diablo_3___reaper_of_souls_fan_art_by_geunjoo-d79ijfpNeste novo Diablo nossa principal missão é enfrentar ela, a tão temida Morte. Para encarar essa missão tão difícil, podemos escolher entre seis classes bem variadas. São elas:

  • Bárbado: guerreiro focado principalmente em ataque a curta distancia.
  • Cruzado: também conhecido por alguns como ”Tank”, focado em uma elevada defesa.
  • Caçador de demônios: para combates a longa distância, usando bestas ou arco e flecha.
  • Monge: lutador corpo a corpo com magias e algumas armas.
  • Feiticeiro: usa magia para evocar criaturas para lutar por ele.
  • Arcanista: que usa apenas magia durante as batalhas.

diablo_3

Com um menu principal simples e fácil de ser entendido, Diablo apresenta também um menu do seu herói de certo modo fácil de usar (mesmo você se perdendo nele uma ou duas vezes), você pode passear entre diversas habilidades de luta, cura, ou seja lá o que seu guerreiro tem a oferecer de melhor. Como qualquer outro jogo, elas serão desbloqueadas com o subir dos levels, ainda podendo equipá-las com ”runas”, escritas mágicas que aumentam o poder de seu herói. Há também habilidades que funcionam direto, como aumentar o HP ou a destreza do personagem. As habilidades de batalha são lindas, cheias de cores, luzes e uma diferente das outras.

Assim como no menu do personagem, o gameplay em si pode ser um pouco confuso, ainda mais com o número de comando de ataques, que vão subindo durante o jogo, mas nada que mude na dinâmica do jogo.

diablo_3_reaper_of_souls_fan_art___death_awaits_by_ertacaltinoz-d7a3rqd

Umas das atualizações são as ”Fendas”, portais aleatórios que têm uma leve tendência a jogar você no meio de inimigos, porém, perto do seu objetivo. As novas quests proporcionam a oportunidade de explorar um mundo novo e cheio de perigos.

O visual do jogo é lindo, com grandes mapas, belas paisagens com vários NPC’s, apenas pecando na câmera distante, mesmo sendo o estilo do jogo. Há também um grande número de armas, armaduras, itens, poções, e tudo que se pode imaginar, variando entre raros, lendários e comuns. Então, escolha bem seus itens, pegue sua classe favorita, e prepare-se, que a guerra contra a Morte está para começar!

Um dos pontos negativos do jogo é o multiplayer. Com a câmera em um ângulo diferente, é bastante fácil perder seu personagem no meio da multidão de inimigos, ou até mesmo confundir o seu com o do seu amigo.

[SPOILER ALERT]

diablo_3_reaper_of_souls_fan_art_contest_by_jingreen-d79vusn

Nesta nova expansão, você encarnará na pele de um dos seis heróis para combater um inimigo já conhecido, Maltael, o ”Arcanjo Caído da Sabedoria”, agora chamado de O Anjo da Morte. Lutaremos para tentar salvar o mundo da Morte, que ao revelar-se no mundo mortal, demonstra seu verdadeiro propósito: roubar a Pedra Negra e afundar o mundo em tempos de caos e terror. Começa assim o fim dos tempos….

Avaliação final:

diablo_3_wallpaper

Reaper of Souls, como qualquer outro RPG (Role Playing Game), é extremamente viciante e, mesmo assim, tedioso. O jogo consiste em matar monstros, subir de level, ganhar item, vender item, completar a quest, e repetir o processo até o final. A única dificuldade são os inimigos, que vão ficando mais poderosos, assim como você. É um típico RPG, chegando a ter momentos no jogo que dão vontade de desligar o console, devido ao grande tédio gerado pela repetição.

Apesar de tudo, o jogo é estranhamente viciante, e dá para perder umas boas horas com seus amigos, pois a diversão é certa. Mesmo você se perdendo durante as batalhas, por serem meio confusas…

nota-3