[TV] Por que voce não está assistindo MY LITTLE PONY: FRIENDSHIP IS MAGIC?

Filho, sente aí. Precisamos conversar.

Eu ouvi coisas muito perturbadoras a seu respeito. Sei que voce é uma boa pessoa, paga seus impostos e dá o lugar para as velhinhas sentarem no onibus. Mas o que eu ouvi a respeito simplesmente é … não dá, cara, não dá. Então vamos direto ao ponto: porque voce não está assistindo My Little Pony: Friendship is Magic? (que vou abreviar como MLP:FiM pq dá trabalho escrever essa porra toda).

2i92zi9

Sei que sua primeira resposta é “mas é um desenho de poneis para meninas!” e eu não poderia ficar mais decepcionado. Primeiro que voce já assistiu coisas muito mais bizarras e elogiou (sim, eu sei que voce gosta de Aqua Teen Hunger Force, não precisa ter vergonha). Segundo que… exatamente o que “para meninas” significa e porque isso é uma coisa ruim?

Hm, achei que voce ia dizer isso. Agora tente reformular a frase de uma forma que voce possa dizer isso alto em publico sem parecer um babaca. Pois é, foi o que eu pensei…

Mas não fique assim, eu vou te ajudar: vou te dar DEZ motivos pelos quais voce deveria estar assistindo um daqueles que é um dos melhores desenhos animados da atualidade já faz alguns anos.

batman_tas_reference_in_mlp__fim_by_allthestuffilike94-d5fc2ky

10. Referencias Geek

Tem um episódio que aparece em uma pista de boliche uma versão ponei do Grande Lebowski e seu amigo Jesus. No longa Equestria Girls quando a Pinkie Pie se desdobra (longa história) ela faz o som iconico de um Transformer. Tem uma cena com o Dr. Hooves (baseado em um certo viajante do tempo). Tem referencias para todos os gostos na verdade: Esquadrão Classe A, Star Wars, Top Gun, Scoobie Doo, I Love Lucy, Splinter Cell, Terminator, Sherlock… cara, teve um episódio com a participação especial do Weird Al dublando! Weid Al! CARA!

Mas enfim, a lista é longa. Realmente longa.

Imagine agora por um segundo que isso não tivesse acontecido em MLP e sim em um anime ou um desenho “para meninos”. A internet estaria de joelhos pelas próximas quatro encarnações.

tara_strong__s_voice_acting_characters_by_chrismilesprower-d5hwfsk

9. Dublagem

A dublagem de MLP é um espetáculo a parte e não é só porque as meninas cantam (e bem): elas realmente dão um show e por si só valeria o show. São atuações carismáticas e carregadas de personalidade e talento, o que não é surpresa porque estamos falando de dubladores do calibre de Tara Strong (Arlequina/Docinho das Meninas Super Poderosas)

Olha que espetáculo essa dublagem…

Pelo amor dos antigos deuses e dos novos, como não ficar impressionado com um desenho em que fucking John de Lancie arregaça na dublagem? Sério mesmo.

images

8. Lauren Faust

Lauren Faust é uma das pessoas mais brilhantes e criativas de nossos tempos, tão boa quando Genndy Tartakovsky provavelmente o único motivo de voce não ter ouvido falar dela é porque é uma mulher. Ou o que dizer de alguém que não só foi animadora do Gigante de Ferro (seguramente um dos melhores longas de animação de todos os tempos) mas também dirigiu As Meninas Super Poderosas (incluindo o filme, que é um show a parte) e A Mansão Foster para Amigos Imaginários? Cara, se isso não é currículo então desculpa mas eu não sei mais o que é.

E embora atualmente (na quarta temporada) ela não esteja mais na equipe o desenho é idealização e conceito dela. Até porque na época a Hasbro deu carta branca para ela criar o que quisesse já que eles não estavam esperando muita coisa ao tirar My Litte Pony da gaveta. Alias a Hasbro tem essa coisa de fazer remakes atras de remakes de seus produtos, vide Transformers, para vender mais brinquedos, suas séries raramente duram mais que tres ou quatro temporadas para que eles possam surgir com um novo visual e vender uma nova leva de brinquedos.

O fato de MLP ter sido confirmada até a 9a temporada quer dizer alguma coisa…

images

7. Rainbow Dash

Um personagem não muito comum em desenhos animados é a mocinha badass. Heck, mesmo no entrenimento recente eu consigo lembrar da Starbuck de Battlestar Galactica, a Jack de Mass Effect e… é, por isso mesmo. Rainbow Dash é cool, atlética, confiante e insensível as vezes. E o mais perto que vamos chegar de uma versão PG13 de Tank Girl.

Não por acaso na dublagem brasileira ela foi dublada como menino nos primeiros episódios porque a Discovery Kids (o canalzinho que foram enfiar também né) não achou que era um bom exemplo para meninas. Porque vai ver que isso causaria que as meninas saissem por aí beijando outras meninas já que é bem assim que funciona mesmo.

Mas se alguma coisa é legal, Rainbow Dash pode torna-la 20% mais legal.

unnamedFluttershy: Que tal um coelhinho? Eles são tão fofinhos e linduxinhos quanto se pode ser!
Rainbow Dash: Fofinho? Linduxinho? Vem cá, voce me conhece mesmo?

images

6. Qualidade da animação

MLP é um desenho bastante colorido, qualquer um pode ver isso. De uma perspectiva visual tudo parece colorido, atraente e cheio de vida. E uma animação baseada em flash, o que quer dizer que poderia ficar com um aspecto meio estático, vazio e preguiçoso. Felizmente os animadores e designers colocaram baldes de personalidade em tudo, especialmente as expressões faciais dos personagens.

Olhando de uma forma, MLP parece a evolução natural da animação de Meninas Superpoderosas – que foi a mais de dez atrás, só pra lembrar – e é no minimo tão visualmente gostosa de assistir quanto. Méritos para tia Faust, obviamente.

5Zq1qgm

5. Pinkie Pie

Pinkie Pie é um espetáculo a parte. Parece um personagem que escapou de FLCL ou Kill la Kill (de fato, KLK tem uma personagem, excelente, que lembra MUITO a Pinkie). Ela é hiperativa, hiperanimada, hipercantante, mais uns tres ou quatro hiper que voce conseguir imaginar e mais importante de tudo: ela deita e rola em cima da quarta parede e da fisica de cartoon.

Muitas vezes Pinkie Pie não faz nenhum sentido, mesmo dentro do universo proposto, mas isso está ok. Ela cumpre sua função como alivio comico com tanta graça que deixaria os grandes nomes dos cartoons orgulhosos. Pinkie Pie não deve muita coisa para o Pica-pau e isso é dizer alguma coisa.

tumblr_lvixt7obzP1r5msn5o1_500

4. Situações moralmente complicadas

A maioria dos desenhos infantis tem mensagens bastante obvias e simples como “compartilhe”, “não brinque com fosforos”, “não ponha seu gato no microondas”. Mas My Little Pony leva a coisa um passo a diante. Tem episódio sobre racismo, sobre xenofobia, bullying mas também coisas mais interessantes.

Tem um episódio com noções básicas de mercado que deveria ser passado em cursos do SEBRAE (sem contar que a música estilo Vaudeville é muito boa).Tem um episódio em que uma personagem (Fluttershy) tem que enfrentar sua timidez, sabe como termina esse episódio? Não, ela não descobre magicamente que ela sempre teve a resposta dentro dela e o problema desaparece para sempre, ao invés disso ela consegue um pequeno avanço e suas amigas dizem que está ok dar um passo de cada vez.

Quantas vezes alguém deu essa mensagem em um desenho? Fuck, eu queria que alguém tivesse me dito isso quando eu tinha a idade…

Outra coisa é que cada ponei tem uma “Marca bonitinha” no flanco representando no que esse ponei é especial e único. Essa marca só aparece na puberdade, e tem um grande nicho de personagens totalmente griladas por justamente não ter a sua marca aparecido ainda. Caso a mensagem não tenha ficado claro, é sobre o desenvolvimento dos seios nas meninas dessa idade.

Isso é um assunto completamente relevante para elas e que ninguém quer falar a respeito, acho que a única vez que eu vi algo assim foi na Família Dinossauros que tem um episódio sobre o desenvolvimento da cauda da Charlenne. E fuck, se estamos comparando com Família Dinossauros dá pra ver o nível da coisa.

Voce esperava um desenho sobre meninas brincando com bonecas, personagens simplistas e chazinhos? Não é sobre o que esse desenho é.

tastes_like_music_by_mlp_scribbles-d61jgclMusica de bom gosto. Literalmente.

3. Música

As canções de My Little Pony:Friendship Is Magic são incrivelmente boas. Musica é um grande elemento do desenho e quase sempre é utilizada para mover a história para frente (não raramente, personagens “discutem” através de musicais). Com uma dublagem tão boa quanto é a de MLP não era de esperar que as músicas ficassem atrás e felizmente não ficam.

Não tem uma música toda semana, no entanto, porque o desenho não Glee: The Animation, e honestamente se tivesse ficaria uma merda porque ninguém consegue compor uma canção com qualidade por semana. Ao invés disso as músicas são guardadas para quando os compositores estão com tesão de fazer e isso faz uma diferença brutal na qualidade.

full

2. Um cenário consistente

Embora não seja esse o foco do desenho, MLP tem um cenário com um lore que não deixa nada a dever para qualquer best-seller de fantasia. Equestria tem um histórico que vai sendo montado aos poucos (mas que é respeitado pela série) que data mais de mil anos para trás com figuras iconicas de poder, batalhas contra o apocalipse, reis e magia (na forma positiva da coisa, pense mais estilo Senhor dos Anéis)

Adicionalmente o cenário atual do desenho é igualmente funcional. Os personagens tem empregos (oh!), famílias (oh!) e responsabilidades (duplo oh!) e entre aprender lições sobre o valor da amizade elas também salvam o mundo em batalhas épicas. E por épicas eu quero dizer sair no braço (ou no casco, no caso) com um exército de Changelings, por exemplo.

Como eu disse o foco do desenho não é esse, mas não dá pra negar que quando quer (usualmente no começo e final de temporada) MLP tem ação de qualidade que não deixa nada a desejar para nenhum desenho animado.

hqdefault

1. A amizade é mágica

Voce pode pensar que um desenho para meninas sobre amizade é sobre chazinhos, ficar alisando os cabelos ou escolher vestidos. Mas não é. A atração principal do show são os personagens e seus relacionamentos entre si. Elas são diferentes, interessantes e nem sempre se dão bem realmente… por mais que tenham ótimas qualidades os personagens também tem falhas e atritos.

Considerando que esse é um desenho sobre amizade (eu sei, isso soa meio bocó mesmo), o desenho tem bastante negatividade e frustração. Pegue esta cena por exemplo, em que Pinkie Pie é levada a questionar se os amigos dela riem “com ela” ou “dela”

Eu não disse que John de Lancie esmerilha na dublagem?

E muito fácil se identificar com os personagens em um ponto ou outro: Twilight Sparkle é uma nerd e como resultado não tem lá muito tato social ou trejeito para fazer amigos. Applejack trabalha duro demais e é orgulhosa demais ao ponto de preferir se ferrar do que pedir ajuda. Rainbow Dash pode ser exibida e convencida, mas tem medo do que as pessoas vão pensar dela se ela não for a melhor em tudo. E por aí vai.

Os personagens tem defeitos,  e as pessoas podem se relacionar com eles independente do sexo ou idade. Isso é o que faz os personagens tão gostaveis.

Claro que o desenho não é sobre os defeitos dos personagens, seria bastante deprimente se fosse (cof Evangelion cof), mas ajuda a manter as coisas em perspectiva. Os personagens inclusive se desenvolvem com o tempo melhorando seus defeitos e adquirindo outros.

Mais importante que isso: amizade não é sobre pessoas perfeitas passeando de mãos dadas. E sobre estar lá para seus amigos quando eles menos merecem (e mais precisam), é sobre dizer o que precisa ser dito, é sobre aceitar os defeitos do outro e os seus proprios. E sobre esse tipo de amizade que o desenho é.

E lembre-se: na maior parte do tempo a audiencia ama os personagens pelos seus problemas. Mas como eu disse o desenho não é sobre isso, os roteiros são bem escritos e muitas vezes são apenas para serem divertidos. MLP não tenta ser de forma alguma uma obra intelectualoide sobre a psique humana (cof Evangelion denovo cof), mas sim apenas um desenho divertido com personagens bem feitos.

Power_Ponies_the_day_is_saved_S4E06

Bem, é claro que eu só posso explicar o desenho até certo ponto. Voce tem que ver por si mesmo e decidir se é bom ou ruim. Talvez voce não goste e isso esta ok, apenas por favor não venha me dizer que não quer assistir porque é um “desenho de menina”. Voce pode ser melhor que isso. Mesmo.

what-were-watching
“Hoje em dia, a crítica moderna usa o adjetivo ‘adulto’ como marca de aprovação. Ela é hostil ao que denomina ‘nostalgia’ e tem absoluto desprezo pelo que se chama de ‘Petr Panteísmo’. Por isso, em nossa época, se um homem de 53 anos admite ainda adorar anões, gigantes, bruxas e animais falantes, é menos provável que ele seja louvado por sua perpétua juventude do que seja ridicularizado e lamentado por seu retardamento mental.  

Mas os críticos para quem a palavra “adulto” é um termo de aplauso, e não um simples adjetivo descritivo, não são nem poder ser adultos, Preocupar-se em ser adulto ou não, admirar o adulto por ser adulto, corar de vergonha diante da insinuação de que se é infantil: esses são sinais característicos da infância e da adolescência, E, na infância e na adolescência, quando moderados, são sintomas saudáveis. É natural que as coisas novas queiram crescer. Porém, quando se mantém na meia-idade ou mesmo na juventude, esse preocupação em ‘ser adulto’ é um sinal inequívoco de retardamento mental. Quando eu tinha dez anos, eu lia contos de fadas escondido e ficava envergonhado quando me pilhavam. Hoje em dia, com cinquenta anos, leio-os abertamente. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino, inclusive o medo de ser infantil e o desejo de ser muito adulto.

A visão moderna, a meu ver, envolve uma falsa concepção de crescimento. Somos acusados de retardamento porque não perdemos um gosto que tínhamos na infância. Mas, na verdade, o retardamento consiste não em recusar-se a perder as coisas antigas, mas sim em não aceitar coisas novas. Hoje gosto de vinho branco alemão, coisa de que eu tenho certeza de que não gostaria quando criança; mas não deixei de gostar de limonada. Chamo esse processo de crescimento ou desenvolvimento, porque ele me enriqueceu: se antes eu tinha um único prazer, agora tenho dois. Porém, se eu tivesse de perder o gosto por limonada para admitir o gosto pelo vinho, isso não seria crescimento, mas simples mudança. Hoje em dia já não gosto somente de contos de fadas, mas também de Tolstói, Jane Austen, Trollope, e chamo isso de crescimento; se tivesse precisado deixar de lado os contos de fadas para apreciar os romancistas, não diria que cresci, mas que mudei.”

(C.S. Lewis)

 

 

 

14 thoughts on “[TV] Por que voce não está assistindo MY LITTLE PONY: FRIENDSHIP IS MAGIC?

  1. Parem de tentar empurrar MLP para as outras pessoas. Vários bronies parecem um bando de religiosos fanáticos que acham que todos devem gostar da religião. E antes de mais nada, eu assisto MLP.

    • como assim empurrar cara? ele só está mostrando como o desenho é legal e tentando quebrar o preconceito, empurrar seria mandar o cara assistir MLP, e esse titulo não é pra ser levado a sério mas também não é uma ironia.

  2. Ótimo artigo! MLP é realmente uma ÓTIMA série e que não deixa nada a desejar, e posso adiantar que a season finale da quarta temporada foi simplesmente ÉPICO. Seia bom ver com o tempo as pessoas aderirem ainda mais dentro da fandom (que você poderia ter comentado um pouco, a fandom de MLP é uma das maiores e mais produtivas do mundo)

  3. Pingback: [ANIMES] SAILOR MOON CRYSTAL (resenha) 1a Temporada | NERD GEEK FEELINGS

  4. Pingback: [BRINQUEDOS] JURASSIC WORLD: Indominus Rex tem o visual revelado na linha da Hasbro | NERD GEEK FEELINGS

  5. e sem sombra de duvida uma bela animaçao e dificil hoje uma animaçao conquistar pessoas vai muito das personagens tem que ser carismaticos das pessoas gostarem ou nao de cada uma delas a personagen que gostei muito foi applejack por trabalhar em uma fazenda e ser honesta e nao gostar muito de coisas flus flus e o fato de amar a irma e cuidar dela como uma mae de elinho

  6. MLP e ótimo tenho que admitir que o MLP e muito bom e já asisti o filme muito bom também parabéns para quem criou o MLP ela fez todos os desenhos que eu asisti quando era menor e agora mais um desenho que tenho que coloca na lista de densos top

  7. Muito bom esse artigo mlp realmente e uma serie muito boa… se vcs querem criticar pessem assim. Ja assisti bob esponja. Pronto agora pense e melhor assistir umas poneizinhas q sao mulheres de verdade (e na serie tambem tem macho) doque assistir um boiola.

Comments are closed.