[TOP 12] Japão é para os fortes – Bizarrices Nipônicas (NSFW)

Não é muita novidade que o povo Japonês, a nossos olhos (talvez preconceituosos), apresenta algumas peculiaridades. Mas, largando o politicamente correto de lado, vamos ser bem diretos.

Que povo estranho do cacete, cara… 

Meu primeiro argumento antes que qualquer um se revolte é simples:

Sim, essa pérola dos infernos que contaminou nossos cérebros em meados do ano passado e marcou 2016 como mais uma de suas desgraças teve origem no Japão. Mas como se isso não fosse o bastante, parece que nossos queridos colegas de olhos puxados e inteligência humilhantemente superior precisam de algo mais. Eles precisam agredir…

Segue, então, para você que ficou até agora, uma sessão de fotos (algumas não podem ser explicadas…) para você ir um pouco além nesse mundo surreal.

1- Gif retirado de um filme Japonês cujo nome, GRAÇAS A DEUS, eu não consegui assimilar. Olha que bonitinha…

2- Essa é para você que está aí se achando foda, diferentão, o escolhido, a última coca do deserto, the one, o tesouro, o único na Arca de Noé a fazer Mitose, oferenda preferida de Iemanjá e etc, só porque fez uma tatuagem grande; Os japoneses agora estão com uma nova moda: colocar implantes de silicone no crânio? Por quê? Sei lá. Para mim parece um Donut. 

3- Não é de hoje que o Japão é conhecido por suas estranhas invenções. É normal para um povo que trabalha tanto e acaba pensando demais. Mas de vez em quando eles erram a mão. 

4- Algumas fotos que encontramos na internet sobre o Japão contemporâneo realmente não tem explicação. Mas você precisa saber: não tente entender. Apenas aceite que isso acontece. 

5- Eu já apresentei essa boneca aos leitores desse site em um post feito em meados de 2014 acerca de brinquedos estranhos. O que dizer? É uma bonequinha (bebê) que tem pelos por todo o corpo, incluindo axilas e púbis. Esse brinquedo saudável serve para a criança raspar os pelos…  É como imaginar um bebezinho com sintomas de puberdade. (ARRRGHHH)

6- Pode parecer apenas uma cruz; um indício de manifestações da religião católica ou evangélica pelas bandas do Japão. Mas não é isso. Existe lá, na Terra do Sol Nascente, um vilarejo no qual as pessoas acreditam que Jesus Cristo teria conseguido fugir no dia de sua crucificação e passado a viver nas terras nipônicas até sua morte. Nesse caso… Qual o sentido da Cruz, BTW?

7- Há muitas regras sobre a exposição (ou melhor, não exposição) de órgãos sexuais no japão. A censura lá é bem grande. Aliás, com relação a quase tudo. O engraçado é que mesmo os filmes Pornográficos não são autorizados a mostrar a nudez dos atores. Ou seja, não é pornô. É… Japão. 

8- Em compensação, os freios são tão fortes que não é incomum que surjam brinquedinhos sexuais realmente diferentes. Tá vendo esse ovinho aí? Serve para o homem… bem… let it go…

O seio é uma bola de apertar para pessoas estressadas.

9- O japonês sabe realmente como fazer brinquedinhos fofos, lindinhos, com tentáculos e… Opa…

10- Sim, isso é um brinquedo japonês. Ponto… 

11- Entonces… Apesar de todo cuidado em não exibir pequenos órgãos genitais (que foi? Todo mundo diz que japonês é mal sucedido nesse quesito), o Japão tem um Festival Nacional do Pênis… E para homenagear o Bráulio, The Dick, The Cock, o Palmito da salada, etc, eles carregam um exemplar gigante.

Freud explica esse sistema de compensação de tamanho. 

12 – Eu custei a parar de rir quando vi esse brinquedo fofo e saudável (educativo, inclusive) de origem nipônica.

E ainda dizem que a maior taxa de suicídios é na Suíça.

Já basta de trauma por enquanto, né? Depois eu trago mais coisas Escatológicas, sexualmente doentias e aterrorizantes para vocês criarem traumas terríveis.