[TECNOLOGIA] O que aconteceria se uma bomba nuclear caísse na sua cidade?

A tensão política gerada pelos ataques à Síria nos leva a pensar na hipótese de uma guerra entre duas superpotências do globo, EUA x Rússia, o que acarretaria em uma possível e catastrófica guerra nuclear. E vagando pelo espaço-tempo da internet, esbarrei num simulador nuclear que pode exemplificar toda essa destruição.

A guerra nuclear é um cenário assustador, embora um pouco confuso, devido à falta de aplicabilidade no mundo real. Até hoje, houve apenas dois exemplos de armas nucleares usadas em combate, e isso foi há mais de 70 anos, durante a Segunda Guerra Mundial. A maioria de nós não sabe exatamente o que acontece quando uma arma nuclear é detonada. Como é essa explosão? Quantas vidas dizimaram? Um novo simulador da Outrider Foundation está aqui para responder a algumas dessas perguntas.

“Experimente o poder de uma explosão nuclear em sua área”, a página de introdução solicita. Depois de digitar um local, o site direciona você para um mapa mostrando o impacto e os efeitos da explosão. Se uma ogiva termonuclear W-87 atingir Belo Horizonte, por exemplo, o simulador antecipa um número de mortos de aproximadamente 247.187 com outros 494.308 feridos. A explosão seria tão quente que seria sentida a 80km de distância. Se for atingida por uma arma como a Bomba Tsar – uma bomba de hidrogênio soviética que continua sendo a arma nuclear mais poderosa já criada -, o número de mortes aumentaria para mais de dois milhões.

Quanto mais você clica, mais informações fascinantes você pode descobrir. O simulador entra em detalhes sobre os resultados do envenenamento por radiação e o que ele faz com um corpo, e outros efeitos colaterais pouco conhecidos de uma detonação nuclear, como a onda de choque que ocorre no centro da explosão, que resulta em ventos com força de um furacão.

A Outrider Foundation, uma organização sem fins lucrativos de Wisconsin, criou o simulador para alertar sobre os perigos das armas nucleares em um formato fácil de entender. Seu site também apresenta cronogramas de guerra nuclear, da Segunda Guerra Mundial à Guerra Fria até as atuais tensões entre os Estados Unidos e a Coréia do Norte. O objetivo final da Outrider é criar um mundo “onde as pessoas vivam sem medo de aniquilação nuclear ou catástrofe induzida pelo clima”.