[QUADRINHOS] “QBRADO” de Reno (resenha)

Num mundo onde as pessoas estão cada vez mais apáticas e seus sentimentos mais anestesiados por antidepressivos e calmantes, um gênio da robótica resolve criar uma inteligência artificial capaz de reproduzir as mais complexas emoções humanas. Tal ato é visto como absurdo, e o cientista é forçado a livrar-se da máquina.