[TÁ NO CATARSE] O que o Mar me contou, de Julio Almeida e Letícia Pereira

Enfrentar os medos e as inseguranças, autoestima, busca pelo autoconhecimento e encontrar a alegria de viver. Todos estes são dilemas da nossa vida pessoal, mas agora serão palco da trama de “O que o Mar me contou“, dos ilustradores Julio Almeida e Letícia Pereira. Este é o primeiro quadrinho de ambos que está no Catarse buscando financiamento coletivo, a fim de tornar real este lindo projeto.

O​ ​quadrinho​ ​conta​ ​a​ ​história​ ​da​ ​Nina,​ ​uma​ ​garotinha​ negra​ ​que​ ​ama​ ​nadar​ ​e​ ​tem empolgação​ ​por​ ​tudo relacionado​ ​a​ ​essa​ ​paixão.​ ​No​ ​colégio​ ​ela se torna uma das melhores nadadoras, mesmo ainda criança, tudo por sua fascinação pelas aulas ​de​ ​natação​. Mas,​ ​apesar​ ​de​ ser​ ​sempre​ ​alegre​ ​e​ ​espontânea, ela​ ​começa​ ​enxergar​ ​a negatividade no​ ​mundo​ ​quando​ ​é​ ​exposta​ ​a​ ​algumas agressões​ ​morais​ ​de​ ​bullying​ ​e​ ​preconceito,​ ​que​ ​aos poucos​ ​fazem​ ​com​ ​ela​ ​desanime​ ​e​ ​se​ ​sinta​ ​desconfortável na​ ​escola.​ ​Dessa​ ​forma,​ ​a​ ​água​ ​que era​ ​seu​ ​lugar​ ​de conforto,​ ​onde​ ​se​ ​sentia​ ​livre,​ ​forte​ ​ e​ ​destemida,​ ​se​ ​torna um​ ​gatilho​ ​pra tristeza​ ​e​ ​negatividade.

Ao​ ​longo da​ ​história​, ​acompanhamos sua ida para​ a​ ​adolescência e percebemos ​sua mudança de personalidade​, ​por​ ​conta de​ ​toda​ ​a​ ​carga​ ​emocional​ ​que absorveu​ ​ao​ ​longo​ ​dos​ ​últimos​ ​anos,​ ​em​ ​que​ ​parecia​ ​não se conhecer​ ​e​ nem ​entender​ ​o​ ​seu​ ​real​ ​lugar​ ​no​ ​mundo.

Numa​ ​viagem​ ​à​ ​praia​ ​,​ ​que​ ​veio​ ​como​ ​presente,​ ​Nina​ ​vai entrar​ ​em​ ​contato​ ​com​ ​sua​ ​versão criança,​ ​ainda​ ​inocente ​e​ ​espontânea,​ ​e​ ​passar​ ​a​ ​questionar​ ​seus​ ​próprios sentimentos, enfrentar​ ​os​ ​seus​ ​medos​ ​e​ ​se​ ​conhecer numa​ ​aventura​ ​lúdica​ ​e​ ​fantasiosa​ ​pelo​ ​fundo​ ​do mar.

A​ ​história​ ​vem​ ​pra​ ​engrossar​ ​um​ ​coro:​ ​“ACREDITE​ ​EM​ ​SI MESMO​ ​E​ ​SIGA​ ​EM​ ​FRENTE!”. A​ ​proposta​ ​dos​ ​autores​ ​é criar,​ ​com​ ​o​ ​quadrinho,​ ​um​ ​espaço​ ​onde​ ​as​ ​pessoas possam refletir​ ​ sobre​ ​o​ ​impacto​ ​do​ ​preconceito​ ​na​ ​vida de​ ​uma​ ​criança,​ ​de​ ​um​ ​jovem,​ ​das​ ​pessoas em​ ​geral​, ​e​ ​dar ​força​ ​pra​ ​todos​ ​se​ ​sentirem​ ​mais​ ​seguros​ ​com​ ​seus corpos,​ ​peculiaridades​ ​e individualidades!

A​ ​campanha​ ​do​ ​Catarse​ ​se​ ​iniciou​ em ​02/10​ ​e​ ​vem​ crescendo!​ ​Pra​ ​apoiar​ ​e​ ​conhecer​ ​o​ ​projeto é​ ​só​ ​acessar aqui.​​ Todo​ ​apoio​ ​é​ ​válido​ ​e​ ​está​ ​rolando recompensas. Não deixe de conferir!​

Deixe uma resposta