[SÉRIES] WBTV: a tarde foi da Marvel, mas a noite foi deles

Durante a noite desse domingo, rolou na Comic Con o evento “Night of DC Entertainment“, realizado pela Warner Bros. Television. O evento tinha como objetivo dar um destaque às quatro séries atualmente produzidas pela produtora: Arrow, Gotham, The Flash e Constantine. Durante esse evento, aconteceu a premiere mundial dos pilotos de Gotham e de The Flash (apesar desse piloto já ter caído na rede e talz rçrç), além de novos trailers pra Arrow e Constantine.

E pra mostrar que eles não estavam de brincadeira, o elenco das quatro séries estava presente no palco, entre eles Stephen Amell (Oliver Queen/Arqueiro), Grant Gustin (Barry Allen/Flash), Matt Ryan (John Constantine), David Mazouz (Bruce Wayne), Ben McKenzie (Tenente James Gordon), John Wesley Shipp (Henry Allen e o Flash da série dos anos 90), Tom Cavanagh (Harrison Wells), Emily Bett Rickards (Felicity Smoak), John Barrowman (Malcom Merlyn) e por aí vai.

Geoff Johns, moderador do painel, conduziu uma entrevista com todos os presentes, questionando como se sentiam ao participar da série e tudo mais.

O primeiro “time” a ser entrevistado foi o de Gotham: “Harvey sabe como a cidade funciona e Jim acredita que sabe como a cidade deve funcionar e entre esses dois mundos está Gotham”, disse Ben McKenzie, falando sobre a dinâmica central da dupla na série. Camren Bicondova, a atriz que fará o papel de Selina Kyle, disse pensar que estava realizando audições para o papel de uma garota chamada Lucy, não para o papel da futura anti-heroína: “Estou animada para tudo. Ela é muito misteriosa e você não sabe ao certo o que ela está pensando o tempo ou se ela está pensando em alguma coisa.” Ela também disse que ambas são amantes de gatos e que poderiam ser amigas.

Aliás, saiu um novo trailer da série, confira:

Depois foi a vez do Time Arrow. Ao ser perguntado “se Oliver podia ser Oliver Queen e ser o Arqueiro”, Stephen Amell respondeu que “será o Arqueiro com um pouquinho mais de verde”. Greg Berlanti, co-criador da série agradeceu o apoio dos fãs e do estúdio, e Marc Guggenheim, showrunner da série, anunciou que Ted Grant/Pantera aparecerá no show e vai interagir com Laurel.

Trívia rápida de fanboy: Ted Grant é um ex-lutador de boxe que, para limpar o seu nome, assumiu o disfarce de Pantera e se tornou um dos membros da Sociedade da Justiça. Após o massacre da equipe em Zero Hora e o renascimento do supertime nas mãos de James Robinson e Geoff Johns, ele se tornou um dos membros da trindade da SJA, junto com o Lanterna Verde Alan Scott e o Flash Jay Garrick. Ele também ensinou diversos super-heróis a “doce ciência”, entre eles Batman, Mulher-Gato, a segunda Canário Negro e seu próprio filho Tomcat.

Mais cedo, foi lançado o trailer exibido durante o evento na rede, porém com o extra da confirmação da presença de Ra’s Al Ghul na série, porém nenhum ator foi escalado. Prepare seu coração para esse teaser:

Usando a atriz Emily Bett Rickards como ponte, a vez foi passada para a turminha de The Flash. Sua personagem vive um dilema ao ter que escolher entre Oliver e Barry, mas a atriz foi confirmada no episódio 4 da série para resolver a ponta solta. Ray Palmer/Átomo (não gosto de chamá-lo de Eléktron), interpretado por Brandon Routh,   trará uma nova dinâmica a essa já conturbada relação. (Os shippers de Olicity chora).

Andrew Kreisberg, co-criador das séries Arrow e The Flash, ao ser questionado sobre o humor na nova série, responde: “Enquanto ‘Arrow’ possui uma qualidade mais obscura, com ‘Flash’ nós queríamos fazer algo mais leve, mais brilhante, mais ‘azul do céu'”.

E agora, Time Constantine entra em ação! Daniel Cerone, co-roteirista da série, explica por que escolheram Matt Ryan para o papel principal: “Eu não sei um ator já trabalho tão duro para esse papel do que ele.” Ryan disse sobre o processo de pesquisa do personagem: “Eu li o máximo de gibis que pude. E ainda estou lendo. Há muito para eu ir atrás.” E entre os personagens citados pra aparecer na série estão o Espectro e Papa Meia-Noite.

Logo após essa entrevista, foi a vez das perguntas do público. Entre elas, a possibilidade do Lanterna Verde Hal Jordan aparecer, quais membros da Galeria de Vilões vão surgir (sendo que Wentworth Miller já foi confirmado como Leonard Snart/Capitão Frio) e se todas as séries se encaixam na mesma cronologia. Também foi confirmado que o oitavo episódio de cada série será usado em um episódio único de crossover por duas horas, com o título “Flash versus Arrow“.

E como Matt Ryan é um cara firmeza, ele pediu pela exibição do piloto de Constantine, e o pedido foi aceito para alegria da multidão.

Olha, eu não sei vocês. mas não há palavras pra descrever a minha empolgação em relação à essas séries. Além de ter queimado minha língua com Arrow, vi o piloto de The Flash e simplesmente A-M-E-I, é a série que eu merecia e precisava sobre super-heróis. Também curti muito o piloto de Constantine e minhas expectativas até que estão altas pra Gotham, apesar de não saber exatamente o que esperar.

Todas essas séries estrearão em outubro, vamos ficar nessa espera juntos. Mas ao que tudo indica, ela valerá a pena.

Felipe Januário, também conhecido como Janu Manjão, é a mente responsável pelo Why Not Play? e acredita que pra essas séries ficarem perfeitas, só com episódios escritos pelos autores dos gibis, principalmente um episódio de The Flash escrito pelo mestre Mark Waid.