[SÉRIES] Star Trek: Gene Roddenberry – a mente por trás do sucesso

gene-roddenberry-6Está rolando na NGF uma semana especial sobre uma das lendas da literatura. No entanto, outra lenda, dessa vez da TV e cinema, faria aniversário nessa semana. Mais precisamente em 19 de agosto de 1921, nascia a mente criadora do conceito de ficção científica como conhecemos hoje.   Eugene Wesley Roddenberry ou Gene Roddenberry foi um roteirista e produtor de televisão mundialmente conhecido por criar a série Jornada nas estrelas, ou Star Trek. O sucesso da série levou a popularidade crescente, e Roddenberry continuou a criar, produzir e trabalhar como consultor nos filmes e séries de “Star Trek”, até sua morte em 1991. Gene recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, sendo introduzido no “Hall da Fama” da Academia de Televisão, Artes e Ciências no quesito “Ficcção Científica”. Anos após sua morte, Roddenberry foi um dos primeiros seres humanos a ter suas cinzas “espalhadas” no espaço sideral.

Gene Roddenberry, em 1976 com o elenco de Star Trek, no lançamento do Ônibus Espacial batizado de "Enterprise".

Gene Roddenberry, em 1976 com o elenco de Star Trek, no lançamento do ônibus Espacial batizado de “Enterprise”.

A franquia de sua criação, produziu material por mais de quatro décadas, sendo seis séries de televisão e 12 filmes até a atualidade. Além disso, a popularidade do universo “Star Trek” vai muito além do cinema, incluindo homenagens diversas, livros, revistas, jogos e várias gerações de fãs espalhados pelo mundo, conhecidos como “Trekkies”, os quais se reúnem em eventos grandiosos, onde personagens da série original e também das mais novas são convidados para participar como palestrantes, recebendo diversas homenagens durante os eventos. Pra não deixar passar a data em branco faremos um breve tour pelas franquias da série de sucesso. Conheça ou relembre algumas delas:

 The Original Series (1966–1969)

OSStar Trek estreou na NBC em 8 de setembro de 1966. A série narra as aventuras da nave estelar USS Enterprise em sua missão de cinco anos “para audaciosamente ir onde nenhum homem jamais esteve”. Contava em sua elenco com William Shatner como o Capitão James T. Kirk, Leonard Nimoy como Spock, DeForest Kelley como Dr. Leonard McCoy, James Doohan como Montgomery Scott, Nichelle Nichols como Uhura, George Takei como Hikaru Sulu e Walter Koenig como Pavel Chekov. Durante sua exibição original, foi indicada várias vezes ao Hugo Award de Melhor Apresentação Dramática e venceu duas vezes em “The Menagerie” e “The City on the Edge of Forever”. Depois de três temporadas o programa foi cancelado e seu último episódio foi ao ar em 3 de junho de 1969. Foi, entretanto, extremamente popular entre fãs de ficção científica. A série posteriormente se tornou muito popular nas reprises. Originalmente apresentada somente como Star Trek, adquiriu o nome de Star Trek: The Original Series, para se diferenciar de suas sequências e da franquia como um todo.

The Animated Series (1973–1974)

ASStar Trek: The Animated Series foi produzida pela Filmation e teve duas temporadas de 1973 até 1974. A maior parte do elenco fez a voz de seus personagens da The Original Series, e muitos dos roteiristas originais escreveram episódios para a série. Enquanto o formato animado permitiu que os produtores criassem cenários alienígenas e formas de vida mais exóticas, o reuso de cenas, músicas e também de erros de animação arranharam a reputação da série. Elementos da série animada foram usados pelos roteiristas nas séries e filmes seguintes e, desde junho de 2007, The Animated Series foi incluída no website oficial da franquia. TAS venceu o primeiro Emmy Award de Star Trek em 15 de maio de 1975.

 The Next Generation (1987–1994)

NGStar Trek: The Next Generation, também conhecida como TNG, se passa aproximadamente um século após a série original. Ela apresenta uma nova nave estelar, a USS Enterprise-D e sua tripulação formada pelo Capitão Jean-Luc Picard (Patrick Stewart), Comandante William T. Riker (Jonathan Frakes), engenheiro chefe Geordi La Forge (LeVar Burton), oficial de segurança Tasha Yar (Denise Crosby), o primeiro klingon a entrar na Frota Estelar Worf (Michael Dorn), médica chefe Dra. Beverly Crusher (Gates McFadden), o andróide Data (Brent Spiner) e o filho da Dra. Crusher Wesley Crusher (Wil Wheaton) e a conselheira betazóide Deanna Troi (Marina Sirtis). A série estreou em 1987 e teve sete temporadas, terminando em 1994. Teve os maiores índices de audiência de qualquer série de Star Trek. Muitas relações e espécies introduzidas em TNG se tornaram as bases de Deep Space Nine e Voyager. Foi indicada ao Primetime Emmy Award de Melhor Série Dramática em sua última temporada.

 Deep Space Nine (1993–1999)

DS9Star Trek: Deep Space Nine se passa nos últimos anos e nos imediatamente seguintes da The Next Generation. Estreou em 1993 teve sete temporadas e terminou em 1999. É a única série da franquia a se passar principalmente em uma estação espacial, ao invés de uma nave estelar. Ela se passa na estação cardassiana originalmente conhecida como Terok Nor, que foi renomeada Deep Space 9 pela Federação e colocada perto do planeta Bajor e do único “wormhole” estável conhecido, que dá acesso ao distante Quadrante Gama. O programa mostra a vida dos tripulantes da estação, liderados por Benjamin Sisko(Avery Brooks) e Kira Nerys( Nana Visitor). Elementos recorrentes em suas histórias estavam a repercussão da longa e brutal Ocupação Cardassiana em Bajor, o papel espiritual de Sisko para os bajorianos como Emissário dos Profetas e, em suas últimas temporadas, a guerra contra os Dominion. Deep Space Nine se diferencia das outras séries de Star Trek pelo seu estilo de seriado, conflitos entre a tripulação e temas religiosos, todos temas que foram aplaudidos por críticos e fãs porém foram proibidos por Roddenberry na série original e em The Next Generation. Mesmo assim, ele possuía conhecimento dos planos para DS9 antes de morrer, então esta foi a última série de Star Trek em que ele esteve conectado.

 Voyager (1995–2001)

VOYStar Trek: Voyager teve sete temporadas, indo ao ar de 1995 até 2001. Conta com Kate Mulgrew como a Capitã Kathryn Janeway, a primeira mulher oficial comandante em papel principal em uma série de Star Trek. Voyager se passa quase ao mesmo tempo em que Deep Space Nine. O episódio piloto mostra a USS Voyager e sua tripulação perseguindo uma nave Maquis (classificados como rebeldes pela Federação). Ambas as naves são jogadas no Quadrante Delta, 70.000 anos-luz da Terra. Com uma viagem de volta estimada em 75 anos, as tripulações das duas naves devem aprender a trabalhar juntas para superar os desafios na longa e perigosa viagem de volta enquanto procuram meios para reduzir o tempo de viagem. Como DS9, as primeiras temporadas de Voyager mostram grandes conflitos entre os membros da tripulação. Tais conflitos surgem, na maioria das vezes, devido ao método de seguir o regulamento dos membros da Frota e os rebeldes fugitivos Maquis, forçados a trabalhar na mesma nave. Eventualmente, eles resolvem suas diferenças. Voyager é isolada dos muitos e familiares aspectos, elementos e espécies da franquia Star Trek, tirando aqueles pertencentes a tripulação. Isso permitiu a criação de várias novas espécies e histórias originais na série. As últimas temporadas, entretanto, abriram um fluxo de personagens e espécies dos programas anteriores, como os Borg, Q, ferengis, romulanos, klingons, cardassianos e alguns membros do elenco de The Next Generation.

 Enterprise (2001–2005)

ENTStar Trek: Enterprise foi ao ar de 2001 até 2005 e é uma prequel da série original, se passando 90 anos depois do voo de dobra de Zefram Cochrane e uma década antes da fundação da Federação. A série mostra como o primeiro contato com um extraterrestre levou os vulcanos a guiar a humanidade na criação da primeira nave de dobra 5, a Enterprise, comandada pelo Capitão Jonathan Archer; interpretado por Scott Bakula; e pela Subcomandante T’Pol; interpretada por Jolene Blalock. Os índices de espectadores de Enterprise começaram altos, porém caiu rapidamente, algo que levou ao cancelamento do programa, no meio de sua quarta temporada. O cancelamento encerrou um período de 18 anos de produção ininterrupta de novos episódios de Star Trek, que começou em1987.

 Filmes

Movies

Além das séries, existem vários filmes da franquia, parte deles com o elenco da série original, parte com o elenco de Next Generation, e ainda os dois últimos, dirigidos por J.J. Abrams, que são reboots.

 Jornada nas Estrelas: O Filme (1979)

Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan (1982)

Jornada nas Estrelas III – À Procura de Spock (1984)

Jornada nas Estrelas IV – A Volta para Casa (1986)

Jornada nas Estrelas V – A Última Fronteira (1989)

Jornada nas Estrelas VI – A Terra Desconhecida (1991)

Jornada nas Estrelas – Generations (1994)

Jornada nas Estrelas – Insurreição (1998)

Jornada nas Estrelas – Primeiro Contato (1996)

Jornada nas Estrelas – Nêmesis (2002)

Star Trek

Star Trek – Além da Escuridão

 

Pra finalizar, uma citação de Gene sobre Star Trek:

 “Star Trek foi uma tentativa de dizer que a humanidade alcançará maturidade e sabedoria no dia em que ela não só a começar a tolerar, mas ter um prazer especial em diferenças de ideais e modos de vida”. […] “Se não podemos aprender a realmente apreciar essas pequenas diferenças, entre a nossa própria espécie, aqui neste planeta, então não merecemos ir para o espaço e conhecer a diversidade que é quase certa lá fora.” – Gene Roddenberry