[QUADRINHOS] TOP 10 QUADRINHOS DE 2016.

Esse ano foi bom para o mercado de histórias em quadrinhos, nos trazendo uma enorme variedade de títulos, grandes eventos (alguns mais controversos que outros), diversidade de personagens e muito mais. Confira abaixo algumas das HQs mais interessantes desse ano:

10. Wonder Woman (DC Comics)

ww_cv1_56fc179e4bb497-55487328

Rebirth, o relaunch da DC Comics, realmente fez seu nome valer na revista da Mulher-Maravilha, lançando, até agora, dois arcos entrelaçados que remexem a origem da heroína, e a entrelaça com toda a trama do Rebirth, da melhor forma possível. Greg Rucka, responsável pelos roteiros do título, faz um trabalho magistral em trazer de volta diversos elementos clássicos da mitologia da personagem que haviam sido esquecidos nos Novos 52, e ainda cria duas histórias paralelas e intrigantes que fazem o leitor ansiar pela próxima edição. A arte da HQ fica por conta de Liam Sharp e Nicola Scott, cada um fazendo um excelente trabalho em um dos arcos que compõe a nova fase da revista.

Para os leitores atraídos pela reformulação da editora, esse é um título perfeito para se iniciar no mundo das HQs, contando tudo o que é necessário para entender a personagem.

Compre aqui o volume 1 do encadernado dessa nova fase.

9. Star Wars (Marvel Comics)

detail

Se existe uma revista do universo expandido de Star Wars que consegue capturar toda a essência dos filmes clássicos e transpô-la para o papel, é essa aqui. Escrita por Jason Aaron, a revista traz todo o clima retro da trilogia clássica, mas de uma forma totalmente revigorada, com uma trama que acrescenta muito ao novo cânone. O título ainda se entrelaça perfeitamente com a Star Wars – Darth Vader (que você vai encontrar mais abaixo nessa lista), mostrando todo o cuidado que as equipes criativas tiveram para não tropeçarem nas próprias histórias. Junto de Aaron, na produção da revista, se encontram John Cassaday, Simone Bianchi, Stuart ImmonenJorge MolinaMatt Milla.

Se você acompanha o universo expandido de Star Wars, essa é uma leitura obrigatória.

Compre abaixo os encadernados já lançados dessa fase de Star Wars:
Volume 1Volume 2 – Volume 3 – Volume 4

8. Black Panther (Marvel Comics)

black-panther-1-2016-cover

Um dos lançamentos mais esperados de 2016, a revista solo do Pantera Negra, se mostrou tão excelente quanto as expectativas. Escrita por Ta-Nehisi Coates e desenhada por Brian Stelfreeze, o título narra a jornada de T’Challa para reconquistar o respeito de seu povo, em uma trama intrigante que abrange diversos dos personagens importantes da mitologia do herói. Coates consegue equilibrar bem as extravagâncias das revistas de super-heróis com um pano de fundo político e complexo, o que compele o leitor a prosseguir.

Com um risco grande de não atender as altíssimas expectativas, Black Panther fez bonito ao nos entregar algo que superou o que todos esperavam.

Compre aqui o volume 1 reunindo as primeiras edições dessa nova fase.

7. Black Hammer (Dark Horse Comics)

black-hammer-001-001

Jeff Lemire, escritor da revista, cria uma espécie de cenário rural surreal onde uma família disfuncional (desculpem a aliteração) de antigos super-heróis está aprisionada, explorando o porquê desses personagens estarem onde estão e, o mais importante, indo fundo na construção de cada um desses ex-super poderosos e nos relacionamentos entre eles. Dean Ormston é responsável pela parte gráfica, criando uma identidade visual única para o lugar onde a trama se passa, realmente retratando bem a sensação de desolação do lugar e alternando estilos de traço entre o presente e a Época de Ouro desse universo.

Black Hammer é muito mais do que uma revista sobre pessoas com poderes, é uma história sobre os seres que se escondem atrás das máscaras e das capas.

Compre abaixo as 6 edições do primeiro arco da série:
01, 02, 03, 04, 05 e 06

6. Batman (DC Comics)

stl007331-600x923

Tom King acertou em cheio com o tom mais cerebral que imprimiu nas revistas do Homem-Morcego após se tornar seu escritor, fazendo com que essa seja a melhor época para se ler as revistas do Batman. O escritor não se limita apenas a criar histórias de ação, mas o lado mais psicológico do personagem também vem à tona, levantando questionamentos inerentes ao que o Batman faz e sobre até onde isso está ajudando Gotham. É claro que o escritor não está sozinho nessa nova obra, contando com um time criativo constituído por David Finch, Jordie Bellaire, Mikel Janin (<3), Hugo Petrus, June Chung e Clayton Cowles.

O novo título do Batman é um excelente presente para os fãs dos personagens e uma ótima porta de entrada para aqueles que querem se aprofundar mais no Cavaleiro das Trevas.

Compre abaixo os dois encadernados da nova fase já lançados:
Volume 1, Volume 2

5. House of Penance (Dark Horse Comics)

house-of-penance-001-001

Um épico gótico que se passa no final do século XIX e acompanha a vida de Sarah Winchester, viúva do fundador da Winchester Repeating Arms Company, que, após a morte do marido, passou a fazer reformas constantes, e sem sentido aparente, em sua casa, a famosa Mansão Winchester, no intuito de se abrigar das almas daqueles mortos pelas armas criadas pelo seu marido. Escrita por Peter J. Tomasi, a revista nos traz uma narrativa excelente e perturbadora, com muita influência de Edgar Alan Poe. Ian Bertram é o responsável pela arte, fazendo um trabalho tão excêntrico e distorcido quanto a trama do quadrinho, se encaixando perfeitamente com a narrativa.

House of Penance é uma história de horror daquelas que só pode ser feita em quadrinhos e que vale a pena ser lida.

Compre aqui o 1º encadernado da série.

4. Eight – Forasteiro (Dark Horse Comics)

eight-page-001

(Eu sei que essa revista foi lançada em 2015, mas foi tão no final do ano, que a considero como um título de 2016) A história, criada e ilustrada pelo brasileiro Rafael Albuquerque e coescrita por Mike Jhonson, acompanha o cosmonauta Joshua, que se encontra perdido em uma dimensão esquecida no tempo, onde existem desde dinossauros até névoas nanotecnológicas. O personagem não sabe onde está, como chegou até ali e nem para onde precisa ir, até que uma voz misteriosa lhe oferece uma orientação rumo a uma batalha épica.

Com um roteiro bem amarrado e com sci-fi do começo ao fim, Eight Forasteiro é uma daquelas revistas que as vezes passam desapercebidas, mas que merecem uma atenção especial.

Compre aqui o volume 1.

3. Superman (DC Comics)

5266005-01-variant

A melhor revista publicada pela DC esse ano é justamente aquela sobre seu herói mais antigo: o Superman. Sendo encabeçada por Peter J. Tomasi (já mencionado anteriormente nesse post) Patrick Gleason e Doug Mahnke, a revista conseguiu resgatar tudo o que o personagem havia perdido em suas encarnações mais recentes, trazendo de volta para ele todo o otimismo e esperança que nunca deveria ter deixado de ter, nos dando de presente o Superman que todos queremos ver.

Superman é uma leitura obrigatória interessante tanto para leitores de longa data quanto para os que acabaram de entrar no mundo das HQs.

Compre aqui o primeiro encadernado dessa nova fase.

2. Star Wars – Darth Vader (Marvel Comics)

detail-1

A série solo de Darth Vader, que se passa entre o Episódio IV e Episódio V, mostra como o Lord Sith descobriu a verdade sobre seu filho e todo o seu plano para reaver seu poder (e cair novamente nas graças do imperador), após sua recente falha ao impedir a destruição da primeira Estrela da Morte, exaltando o lado estrategista e calculista do personagem e o deixando muito mais assustador do que já era. Além disso, a revista traz personagens de apoio interessantíssimos, como a arqueóloga Dra. Aprha, o sádico androide protocolar 0-0-0 (versátil em mais de 6 milhões de métodos de tortura) e o astromach BT-1, quase uma arma de destruição em massa.

Star Wars – Darth Vader é indispensável para os fãs da saga e nos mostra que não existe problema em torcer pelos vilões de vez em quando.

Compre abaixo os encadernados já lançados da série:
Volume 1 – Volume 2 – Volume 3 – Volume 4

1. Hellboy in Hell (Dark Horse Comics)

hbyih-10-cvrjpg

Me dá um aperto no coração escrever sobre essa revista, e é no melhor sentido possível. Depois de mais de 20 anos de histórias, o demônio mais gente boa que já andou pela Terra encontra seu fim no décimo volume de Hellboy in Hell, fechando com chave de ouro o arco do Garoto do Inferno. Não houve uma grande batalha no final, nem grandes revelações, na verdade, não houve nem balões de falas, mas apenas um último passeio silencioso com o personagem que dá nome para a revista. Mike Mignola não se preocupa em ser grandioso em seu final, mas se foca em ser sereno e belo, e essa foi a decisão mais acertada.

Hellboy in Hell – Vol. 10 é sombrio, depressivo, e oprimente, mas, ao mesmo tempo, é a coisa mais linda que Mignola já escreveu. É o fim que a série precisava e o fim que o próprio Hellboy escolheu para si próprio.

Compre aqui o encadernado reunindo as 5 primeiras edições de Hellboy no Inferno.


Acha que alguma dessas revistas não merece estar nessa lista? Está sentindo falta de algum título? Coloque sua contribuição nos comentários abaixo. 😀