[QUADRINHOS] SDCC ’14: Spider-Verse – Tá chovendo Homem-Aranha, gente

Spider-Verse-Del-Mundo-Prom-77a78 (1)

E hoje tivemos mais um painel da Marvel Comics na San Diego Comic Con, dessa vez um pouco mais esclarecedor do que o último que, convenhamos, só trouxe mais do mesmo. O painel contou com a presença dos roteiristas Dan Slott (Espetacular/Superior Homem-Aranha, Surfista Prateado), Mark Mestre Waid (Demolidor, Hulk), Nick Spencer (Vingadores Secretos, Superior Foes of Spider-Man), do desenhista Humberto Ramos (Homem-Aranha), do colorista Edgar Delgado e do editor sênior Nick Lowe, com o intuito de discutir os títulos da “Família Aranha”, com foco no próximo evento que promete abalar o mundinho de Peter Parker: Spider-Verse.

3928236-daredevil_6_cover

Capa de Demolidor #6 por Chris Samnee

Falando sobre Demolidor de Mark Waid, devemos nos preparar pra algumas edições um pouco mais intensas após o tie-in com Original Sin. Na edição #6 descobrimos o destino da mãe de Matt Murdock: presa e prestes a ser extraditada para Wakanda por crimes contra a nação do Pantera Negra. Automaticamente, as edições seguintes trazem Matt Murdock enfrentando soldados wakandanos e saltando de para-quedas nos céus do país. “Meu objetivo em Demolidor é fazer com que em toda edição ele faça algo que faria o Lanterna Verde desmaiar de medo”, disse Waid. As edições #8 e #9 trazem um novo arco “aterrorizante”, de acordo com o roteirista, chamado “Who are the Purple Children?”.

Ramos contou um pouco sobre sua experiência desenhando o Aranha e como foi necessário adaptar seu traço na transição da fase Superior de volta ao Espetacular Homem-Aranha, aplicando traços mais sombrios sob a máscara com o Aranha Octopus e agora tendo que deixar o personagem mais feliz e engraçadinho novamente (tudo bem, engraçadinho tá ótimo. Esse é o Homem-Aranha que vale).

As edições #7 e #8 de Espetacular Homem-Aranha trarão algumas participações especiais que já dão pistas de Spider-Verse, dentre elas Kamala Khan (a nova e maravilhosa sem trocadilhos Ms. Marvel), o Aranha UK (!) de uma terra alternativa, onde o Homem-Aranha faz parte da Corporação do Capitão Britânia (eita), e por fim,  a Garota-Aranha de MC2, que vai passar por maus bocados antes de chegar em Spider-Verse.

A recém-retornada Homem-Aranha Superior, estrelando o Aranha Octopus no ano de 2099, e a minissérie Edge of Spider-Verse também ficarão encarregadas de criar o caminho até o evento principal. Essa segunda série trará os talentos de vários artistas renomados: os nomes divulgados incluem Dustin Weaver, Jason Latour, Richard Isanove e até mesmo Gerard Way (UHUL). “Se vocês são fãs de Umbrella Academy, vocês TEM que ler essa aqui!”, Lowe comentou sobre a edição #5, escrita por Way e desenhada por Jake Wyatt.

Capa de Spider-Verse #1 por Giuseppe Camuncoli

Capa de Spider-Verse #1 por Giuseppe Camuncoli

A série será acessível à novos leitores?”. Muito. Tudo o que você precisa saber é que existem vários Homens-Aranha. Você é apresentado a eles, e muitos deles morrerão nas páginas seguintes. Não se preocupe. […] É tudo diversão… até você começar a chorar”, Slott respondeu a um fã.

A posição de trazer TODOS HOMENS-ARANHA pra participar da saga é mantida e já temos confirmações bem exóticas como o clássico “Supaidaman” e até uma espécie de “Aranha 8-bit“. Mas não esperem nada como o Parker da série animada (aquele escrotão da MTV) ou Tobey Maguire e Andrew Garfield, por problemas com a Sony.

Capa de Scarlet Spiders #1 por Mark Bagley

Capa de Scarlet Spiders #1 por Mark Bagley

Scarlet Spiders, uma minissérie em três partes escrita por Mike Costa e desenhada por Paco Diaz, será protagonizada por Ben Reilly (o polêmico clone de Parker vindo da Saga dos Clones), Kaine (outro clone de Peter, atualmente o Aranha Escarlate) e a Jessica Drew Ultimate (mais uma clone – eita porra –  do Peter Parker, vindo universo Ultimate junto de Miles Morales).

Aliás, em resposta à platéia, Slott confirmou que essa aventura afetará o andamento do Universo Ultimate. “SPIDER-VERSE AFETARÁ TUDO!”, gritou o roteirista brincando. “Uma fan fiction escrita por uma criança, [Spider Verse] afetará isso!”.

Fechando o painel, perguntaram ao roteirista: “Descobriremos quem é o Miles Morales no universo 616?”. “Não em Spider-Verse”, Lowe disse, deixando aqui a passagem aberta pra continuação de Spider-Men do Brian Bendis.

Spider-Verse já começa a mostrar suas ramificações desde a edição #7 de Espetacular Homem-Aranha em Outubro, mas a série principal chega às prateleiras americanas só em Novembro.

Particularmente? Tô bem ansioso, viu.

Leo Marchezini é um dos responsáveis pelo Why Not Comics?, em parceria com o Nick, seu irmão de um universo paralelo. O Leo é complexado até hoje porque Dan Slott o bloqueou no Twitter sem nenhum motivo aparente. *chora num canto escuro*