[QUADRINHOS] Mais lançamentos da Marvel na SDCC

php946zwcavengers_now_logo

E neste último dia da San Diego Comic Con, a Casa das Ideias apresentou mais dois painéis com notícias sobre quadrinhos, o primeiro deles foi o painel “Mulheres da Marvel” sendo apresentado por Adri Cowan (responsável pela Marvel nas mídias sociais), Lorraine Cink (apresentadora no Marvel.com), Alexis Auditore (Marvel Studios), Victoria Alonso (vice presidente executiva de efeitos visuais), Katie Cook (roteirista e desenhista em Spider-Verse), Rachelle Rosenberg (colorista com exclusividade da Marvel), Erica Schultz (roteirista da graphic novel de Revenge), Joanna Estep (Desenhista da edição comemorativa do Quarteto Fantástico em 100 anos no futuro), Marguerite Bennett (co-roteirista de Angela: Assassin of Asgard) e o editor-chefe Axel Alonso.

Depois de mostrarem um vídeo da editora-assistente Jeanine Schaffer e da editora Sana Amanat e da roteirista Kelly Sue DeConnick dando boas vindas ao painel, Cowan falou sobre o feedback positivo do lançamento de Tempestade #1, que saiu nessa semana nos EUA. Em seguida, Victoria Alonso falou um pouco sobre a nova personagem digna de empunhar o martelo de Thor e elogiou o comentário de Chris Hemsworth no painel da Marvel Studios.

Começando os anúncios, Mulher-Aranha por Dennis Hopeless (Avengers Undercover) e Greg Land (Mighty Avengers) que deve chegar em Novembro e deve ter seu primeiro arco focado no crossover Spider-Verse. O lançamento da revista faz a editora ter a marca de dez títulos liderados por personagens femininas.

Angela_Asgards_Assasin_Hans_Variant                      Spider-Woman_Land                            Storm_1_Ibanez_Cover

Mais tarde, tivemos o painel Marvel: Next Big Thing, sempre aguardado por anunciar títulos mais inesperados e falar sobre a continuidade de outros títulos. Para isso, o painel contou com os escritores Mark Waid (Daredevil), Dan Slott (Amazing Spider-Man, Silver Surfer), Charles Soule (She-Hulk, Inhuman), Gerry Duggan (Deadpool, Hulk) e os editores Jordan D. White, Mike Marts e Nick Lowe.

Lowe começou o painel lembrando a plateia dos lançamentos de Avengers Now!, dentre eles Thor, All-New Captain America, Superior Iron Man, Bucky Barnes – Winter Soldier e Deathlok.

Em seguida, Soule falou um pouco sobre Death of Wolverine: “Bem, ele perdeu seu fator de cura e não consegue se recuperar do jeito que ele fazia antes. É tudo que você precisa saber pra ler.”

“É uma jornada mundial. Pra mim parece com o filme “Pistoleiro sem Nome” de Clint Eastwood. Tudo levando a um momento épico, mas bem pessoal e emocional para o Wolverine. Eu até disse nas últimas páginas do roteiro que foi bem díficil de escrever.” disse o editor Mike Marts com uma lágima nos olhos.

Cada edição terá uma “pegada diferente. A segunda edição é um Wolverine estilo James Bond. Não é porque é a Morte do Wolverine, e você sabe o que vai acontecer no final, que você não pode se divertir um pouco lendo.”

Depois, Soule falou sobre Death of Wolverine: The Logan Legacy, uma mini de sete edições, nas quais ele escreverá a primeira e a última, e será bem amarrada com a série principal. As outras cinco serão escritas por outras equipes criativas, cada uma focada em um personagem próximo ao Carcaju.

Outra edição especial sobre a morte do Wolverine é Death of Wolverine: Captain America & Deadpool #1 por Gerry Duggan e Scott Collins. O escritor lembrou do arco “The Good, The Bad and The Ugly”, que reuniu os três personagens na revista do Deadpool do Marvel Now, mas dessa vez contando com Steve já sem o soro do super soldado.

E em seguida, o primeiro anúncio do painel: Death of Wolverine: The Weapon X Program, uma mini de cinco edições por Charles Soule (sim, ele não cansa de escrever!) e Salvador Larroca, que deve sair em Novembro e Dezembro. Ele disse que não pode falar muito sobre a história pois lida diretamente com o jeito que Logan morre.

WEAPONX01COVC                     Death_of_Wolverine_-_Deadpool_&_Captain_America_Vol_1_1_Textless                            Death_of_Wolverine_-_The_Logan_Legacy_Vol_1_1_Textless

Sobre Inhuman, Soule disse que se diverte bastante criando novos super heróis. Ele citou um inumano chamado Reader (Leitor). Ele tudo que ele lê acabando se tornando real. Então as pessoas em sua cidade o cegaram para que ele não pudesse mais ler. Então agora ele carrega umas folhas de metal com escritos em braile para ele pode ativar seus poderes. Ele e Slott elogiaram Ryan Stegman, artista que assume a revista na edição quatro.

Outro anúncio do dia foi Original Sin Annual por Jason Latour e Enis Cisic, que contará um pouco mais sobre Woodrow McCord, o homem que foi substituído por Nick Fury.

Cyclops-6-Cover-Lozano Sobre Legendary Star-Lord, Sam Humphries subiu ao palco e elogiou o trabalho do artista Paco Medina e disse que Thanos deverá aparecer nas próximas edições para resolver alguns negócios inacabados com Peter Quill.

Cyclops-7-Cover-LozanoJohn Layman (Chew) e Javier Garron assumirão a revista do Ciclopinho, o Ciclope do passado e deve ser na mesma pegada das edições anteriores escritas por Greg Rucka, com mais pirataria no espaço e aquela dinâmica de pai e filho entre os dois. Mike Marts disse que Rucka deve roteirizar alguma revista dos X-Men em breve.

Em seguida, foi a vez de Mark Waid falar sobre suas séries, anunciando S.H.I.E.L.D #1 (Não confundir com S.H.I.E.L.D. de Jonathan Hickman) com uma equipe rotativa de artistas incluindo Carlos Pacheco, Alan Davis e Chris Sprouse e outros. “Esta é a S.H.I.E.L.D. da TV mas com um orçamento ilimitado” disse ele. “Se eles precisam de alguém para uma missão, todos os personagens do universo Marvel estão disponíveis”. “Rocket Raccoon e Howard o Pato são os mais indicados para uma missão. Nós traremos eles.” Também sobre a série “Leo [Fitz] finalmente ganha seu macaco. É como um presente de boas-vindas ao universo Marvel”.

Waid também falou sobre Demolidor e sobre suas dificuldades em Original Sin. “Matt tem que perguntar a mãe uma coisa que ele nunca quis: Por que você foi embora? E a resposta muda tudo pra ele”. Em Original Sin, Waid também escreveu Hulk vs Iron Man. Ele adora escrever os dois sendo “Science Bros” mas gosta também de ver os personagens revirando o passado e lembrando de mais e mais coisas.

Depois, Duggan voltou a falar, e dessa vez sobre o Hulk. Ele assume a série na edição cinco, introduzindo um “novo” Hulk, o Doc Green. “É como uma ‘Guerra das Armaduras’ pros fãs do Hulk. Vamos descobrir quem atirou em Bruce Banner. Será surpreendente.”

Original_Sin_Annual_Francavilla_Variant                    Original_Sin_Annual_Ward_Variant                             SHIELD_1_Deodato