[QUADRINHOS] “Giovanníssima” e a sexualidade feminina em evidência (resenha)

giovannissima-giovanna-casotto-veneta-feat

Antologia de quadrinhos pornográficos escritos e desenhados por Giovanna Casotto.

Sério, isto é tudo que você precisa saber sobre este álbum lançado pela editora Veneta. Ah sim! Importante salientar que ele foi impresso em papel de excelente qualidade, e ganhou uma edição em capa dura, tamanho europeu (maior que o formato americano), muito vistosa, o que combina à perfeição com seu conteúdo.

Caso você ainda não conheça o trabalho dessa artista tão bela quanto talentosa, vale a pena dar uma conferida nesta galeria de artes dela, que publicamos quase dois anos atrás.

Casotto não é uma artista inédita no Brasil. Em 2010, a Conrad publicou uma antologia dela por aqui, sendo que algumas das histórias presentes naquele álbum estão neste. Mas também há material inédito, e uma galeria de pin-ups no final.

giovannissima-giovanna-casotto-veneta-resenha-1Indo direto ao ponto, Casotto é uma artista que sabe mexer com a libido de seus leitores. As mulheres que desenha são voluptuosas, o que ela salienta ainda mais com a técnica de sombreamento que as faz quase saltar das páginas. Tudo isto potencializa o efeito sensorial do ato sexual retratado.

Seja você um homem ou uma mulher, dificilmente conseguirá terminar a leitura de Giovanníssima sem deixar-se afetar pelo que testemunhou. Sim, garanto que sentirá excitação e desejo sexual, e que pouco se importará com os roteiros tão rasos quanto os filmes pornôs que eu tenho certeza que muitos de vocês assistiram em alguns vários momentos de suas vidas.

giovannissima-giovanna-casotto-veneta-resenha-2

Vale sempre lembrar que a maior parte das mulheres desenhadas por Giovanna (e aqui me permito chamá-la pelo primeiro nome, por razões que já deixarei claras) são inspiradas em fotos que ela tira de si mesma (novamente, recomendo uma olhada na galeria que citei, onde há fotos da artista no final). Portanto, dá pra dizer que ela literalmente se projeta em seus contos pornográficos, o que abre espaço para que usemos nossa imaginação tentando adivinhar quais deles ela realmente vivenciou, e quais são pura fantasia que ela realizou através de seus quadrinhos.

Independente da realidade por trás de cada história, seja a da transa em sincronia com a partida de futebol (uma das minhas preferidas); da assassina de aluguel que faz sexo com suas vítimas antes eliminá-las; da exibicionista que satisfaz os desejos de um fotógrafo voyeur; ou do ladrão que trepa com a mulher de quem foi roubar, o que realmente importa é que Giovanna consegue tocar no ponto G de cada leitor através de sua arte cheia de atração carnal, suor e outros fluidos corporais.

giovannissima-giovanna-casotto-veneta-resenha-3

Giovanníssima é garantia de uma leitura que mexerá com você de formas que talvez nem suspeite. Eis o magnetismo de Giovanna, nascido do gozo de seus desejos ejaculados por meio de seus talentos como artista, e como mulher tão dona de si que não tem medo de exibir-se através de sua arte sedutora e provocante.


nota-5


giovannissima giovanna casotto venetaVeneta

Capa dura

28,2 x 21,2 x 1,2 cm

104 páginas

Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino