[QUADRINHOS] Flyp: Uma HQ nacional que merece destaque.

Lá estava eu, em mais um das minhas aventuras pixelizadas na rede em busca de entretenimento. Bem, às vezes tem se garimpar fundo para se encontrar algo que realmente valha a pena, e no meio do caminho podemos ter gratas surpresas, como a HQ/Webcomic Flyp.

Sinopse: Nó é uma gata que sempre sonhou em ser guerreira, mas, após a decretação de uma lei que impediria que o sonho dela fosse realizado, ela resolve viajar e provar para todo o continente de Litos do que é capaz!

O que mais me chamou atenção foi o design antropomórfico dos personagens, e a ideia da trama, que é, como posso dizer, uma mistura de Zootopia e Senhor dos Anéis. Flyp é mais um exemplo do talento e da capacidade dos quadrinistas e roteiristas brasileiros, que cada vez mais têm conquistado espaço nacional e internacionalmente. E depois de ler cheguei a duas conclusões: 1ª) eu tinha que escrever sobre ela; 2ª) que as terças e quintas se tornaram ainda melhores (dias em que saem novas paginas).

Depois de terminar de ler as páginas já postadas, entrei em contato com o roteirista da historia, Lucas Cangussu, e lhe fiz algumas perguntas sobre o projeto:

Primeiramente, como surgiu a ideia da HQ?

Então, eu sou Lucas Cangussu, o escritor do quadrinho, e eu conheci o Henry Schumann na faculdade, aonde viramos grandes amigos. No meio do curso surgiu uma promoção na Fnac, que era para desenhar personagens. O Henry ficou interessado e pediu para eu dizer dois animais e duas classes de RPG para ele, já que isso é um assunto que nos interessa. Eu disse Bode, Mago e Lagarto, Arqueiro, e assim surgiu o primeiro concept da Isabéééla e do Guéco. Após essa promoção, que infelizmente ele não ganhou, nós passamos a conversar sobre esses personagens que ele criou, e eu comecei a dar algumas ideias sobre o mundo em que eles poderiam viver, as interações e mais algumas coisas. O Henry gostou bastante das ideias e me convidou para escrever e transformar isso num quadrinho! Foi assim que Flyp surgiu.

Nó, a protagonista, tem alguma inspiração especial? Fale um pouco sobre ela.

A maior motivação dela é conseguir alcançar seu sonho de ser uma paladina! Porém, existem muitos preconceitos e racismos com relação a certas espécies de animais exercendo algumas funções na sociedade. Gatos não são vistos como bons guerreiros. Muitas vezes, então, ela é desencorajada. Apesar disso, existem outras motivações que serão desenvolvidas com o decorrer da história.

Agora uma pergunta para você: onde você espera que o projeto Flyp esteja, em relação a feitos, daqui a um ano?

Daqui há um ano a ideia é que 3 capítulos já estejam postados, e que nós tenhamos o Volume 1 pronto para mandarmos ser produzido fisicamente. Abrir um Patreon e, se for possível, até viver disso. Além de esperarmos ter alcançado um número bem maior de pessoas que o atual, queremos aparecer na CCXP 2018 em uma das mesas do Artist’s Alley com o volume 1, para vender fisicamente, juntamente com diversos outros produtos. E muito mais do que isso, não para daqui a um ano, mas para a life spam da HQ, queremos que a mensagem dela seja passada para as pessoas, e que ela traga felicidade e boas energias ❤.

Aos interessados em acompanhar o projeto, Flyp tem uma página no Facebook e você pode acompanhar a Webcomic pelo tapas.

2 thoughts on “[QUADRINHOS] Flyp: Uma HQ nacional que merece destaque.

Comments are closed.