[QUADRINHOS] “Estudante de Medicina” e “Tabloide” em abril na Veneta.

Para os leitores de quadrinhos que estão a fim de dar um tempo pros super-heróis norte-americanos e japoneses, a Veneta vem lançando muitas obras autorais e alternativas. Duas delas sairão este mês pela editora: uma autobiografia e um suspense sobrenatural surrealista. Saiba mais sobre ambas a seguir:

Sexo, cadáveres e cervejas

Estudante de Medicina, primeiro álbum de Cynthia B., narra o cotidiano em uma das mais concorridas faculdades do país

Nascida no Rio de Janeiro, criada em Hong Kong, residente na França, Cynthia B é hoje uma das principais vozes femininas dos quadrinhos brasileiros. Já publicou tiras na Folha de S.Paulo, na revista Piauí, trabalhou no estúdio de animação Toscographics (de Allan Sieber) e criou fanzines como Golden Shower e Pintinho.

Mas antes de construir uma carreira no mundo das artes, Cynthia encarou maratonas de dissecações de cadáveres, abcessos purulentos e discussões eletrizantes sobre nucleotídeos, cromossomos e linfonodos. Por sete anos (entre 2004 e 2011), ela frequentou a mais tradicional e concorrida faculdade de medicina do país, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A mesma que, entre tantos outros notáveis, formou Carlos Chagas (aquele que dá nome à Doença de Chagas), Oswaldo Cruz (responsável por campanhas de erradicação da febre amarela e varíola no Rio), Emílio Ribas (criador do Instituto Butantã) e o cirurgião plástico das estrelas Ivo Pitanguy.

Então, entre algumas das mentes mais destacadas do Rio de Janeiro e aqueles que formariam no futuro a elite da classe médica do país, ela entra em uma rotina de festas, bebedeiras homéricas, sexo casual e dilemas existenciais. Todo esse cotidiano está registrado de forma franca e bem-humorada em Estudante de Medicina, seu primeiro livro, que sai simultaneamente no Brasil e na França.

Frases da imprensa europeia

“A obra se destaca entre as histórias habituais sobre o mundo dos hospitais por sua veracidade e sua crueza. A autora faz um retrato de uma estudante que se interroga, que hesita, perde o pé e recomeça”.
Denis Marc (RTBF – Radio-télevision belge de la Communauté Française)

“Confissões de arrepiar os cabelos, com base em diálogos interiores vigorosos, com reflexões sobre o exercício da medicina e sobre o papel das ressacas nos estudantes” (…)“Indispensável”.
Sofie von Kelen (L’Avis des Bulles)

“Estudante de Medicina é provavelmente a única HQ do mundo que se inicia com uma cena de um abscesso purulento. É nojento, mas anuncia a franqueza à toda prova desta obra. (…) Cynthia Bonacossa é impetuosa, sem filtro.”
Yvan Pandelé (What’s Up Doc?)

Título: Estudante de medicina
Autora: Cynthia B
Páginas: 176
Preço: 49,90
ISBN: 978-85-63137-78-4

Compre aqui.


Medo e delírio em São Paulo

Tabloide, nova HQ de Leandro Melite, retrata o submundo de crimes e mistérios sobrenaturais na capital paulista

Samantha Castello é uma jornalista que ama o sobrenatural, mas é soterrada pelo real. Desde muito criança, ela espera por revelações misteriosas, por descobertas fascinantes. Até que um crime a leva para as entranhas mais obscuras da cidade de São Paulo: um cadáver com vestido de noiva é encontrado em um carro à beira de uma represa na periferia da cidade.

Com espírito de investigadora e nenhum respeito aos protocolos policiais, Samantha percorre a cidade entrevistando suspeitos e colhendo provas. E toda essa história passa a ser registrada no Tabloide, o jornal comandado por ela. Tabloide é o trabalho mais ambicioso de L. M. Melite, uma das grandes revelações recentes dos quadrinhos brasileiros. Um thriller surrealista cheio de suspense e ação.

Sobre o autor: O quadrinista L. M. Melite é autor de Dupin e Desistência do Azul (ambos pela Zarabatana Books)

Título: Tabloide
Autor: L.M. Melite
Páginas: 136
Preço: 74,90
ISBN: 978-85-63137-80-7

Compre aqui.