[QUADRINHOS] Devir: previews dos lançamentos de dezembro e janeiro da editora

editora-devir-lancamentos-dezembro-2014-janeiro-2015

É indiscutível que 2014 foi um ano ótimo para o mercado de quadrinhos brasileiro. A cada mês vimos uma variedade cada vez maior de títulos para todos os gostos e idades nas bancas e livrarias. A Editora Devir é uma das responsáveis por isto. Veja abaixo o que ela preparou para este e o próximo mês.

Dog-Mendonca-Pizzaboy-filipe-melo-juan-cavia-editora-devirAs incríveis aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy (formato 17 x 26 cm, 120 páginas, capa dura, R$ 50,00), com roteiros de Filipe Melo e desenhos argentino Juan Cavia. 

Na obra, um jovem entregador de pizzas, um detetive de meia-idade com um segredo cabeludo e um demônio de seis mil anos vivem uma inusitada aventura numa Lisboa infestada de monstros. Durante a Segunda Guerra Mundial, várias criaturas sobrenaturais procuraram refúgio em Portugal. Vampiros, lobisomens, gárgulas e fantasmas vivem pacificamente, nas sombras, entre os humanos.

Porém, nos subterrâneos, um grande mal ameaça esse delicado equilíbrio, enquanto o pior de todos os monstros ganha forças e prepara o seu retorno triunfal.

Veja um preview da graphic novel:

Ministerio-do-Espaco-warren-ellis-chris-weston-editora-devirMinistério do Espaço (formato 18,4 x 27,2 cm, 96 páginas, capa dura, R$ 56,90), com roteiros de Warren Ellis, desenhos de Chris Weston e cores Laura Martin.

É uma história alternativa da corrida espacial. Na nossa realidade, os Estados Unidos e a União Soviética sempre foram rivais nessa disputa tecnológica e política. Nesta HQ, entretanto, quem conquista o espaço não é nenhum dos dois, mas a Inglaterra. Assim, todo o programa espacial é mostrado sob uma perspectiva britânica, que lembra bastante os clássicos seriados com marionetes, como Thunderbirds ou Capitão Escarlate, produzidos por Gerry e Sylvia Anderson nos anos 1960.

Um pelotão inglês chega às instalações de foguetes em Peenemünde antes dos norte-americanos e russos e captura os cientistas e técnicos alemães envolvidos na criação dos foguetes V-2. Assim, esse grupo de visionários é usado para a criação do chamado “Ministério do Espaço”, cuja missão é desenvolver tecnologia espacial britânica que será usada para a ampliação do Reino Unido.

Veja um preview:

projeto-manhattan-jonathan-hickman-nick-pitarra-editora-devirProjeto Manhattan – Volume 1 (formato 17 x 26 cm, 152 páginas, R$ 45,90), roteiros de Jonathan Hickman, desenhos de Nick Pitarra e cores da brasileira Cris Peter.

Trata-se de uma história alternativa a partir do final da Segunda Guerra Mundial, quando o governo norte-americano reuniu os maiores cientistas da época para a criação da bomba atômica. Daí, as coisas mudam drasticamente… E se uma arma nuclear fosse a menor das horríveis criações que todos aqueles cientistas conceberam? O que aconteceria se aquele estranho grupo de supergênios, soldados e ex-nazistas fossem um bando de malucos degenerados? O que seria do mundo?

Na obra, há pessoas que existiram na nossa História atuando de maneiras que jamais se imaginou antes, mostrando que tudo não passou de fachada para se colocar em prática muitas outras ideias esotéricas de ficção científica, como teletransporte, viagens dimensionais, robôs samurais kamikazes e outras.

Veja um preview:

As incríveis aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy e Ministério do Espaço já estão à venda em livrarias e comic shops. Já Projeto Manhattan tem lançamento previsto para o final de janeiro. Para mais informações, acesse o site da Editora Devir.