[QUADRINHOS] Chico Bento Moço N.39 – Chico e o Adversário Misterioso

chico

A edição de Dezembro de 2016 da revista/mangá Chico Bento Moço foi o que chamamos de peculiar. A história Chico e o Adversário Misterioso (que poderia muito bem chamar Chico e a Pistola Hipnótica) foi mais uma daquelas que mostra que o Chico sofre da síndrome de Harry Potter. Tudo de interessante que pode existir no mundo vai acontecer com ele sem motivo nenhum.

Sinopse: Chico acorda na república de sua faculdade para mais um dia de aula, mas é acusado de um crime que não cometeu. Agora com a ajuda do seu amigo Lee (um coreano que não tem cara de coreano) e o primo dele Pyong Lee (isso mesmo, o youtuber, que por sinal acaba funcionando até bem pra trama), eles têm que provar sua inocência.

Avaliação:

Arte de Capa e Storyboard – A qualidade dos detalhes vem diminuindo de edição em edição, e dessa vez não foi diferente. Mas, pros padrões, foi aceitável. (1/2)

Enredo – Foi bem morno no inicio, mas melhorou bastante no final. (1,5/2)

Criatividade e Coerência – Uma historia bem clichê, mas que amarou bem as pontas soltas. (1,2/2)

Marketing – Avaliando não como um colecionador, mas como um consumidor nerd padrão, o motivo que eu teria para comprar a revista seria a participação de um youtuber no enredo, e por mais que eu não goste dessas apelações pra venda de revista, admito que elas funcionam. (2/2)

Diversão – A edição 39 é boa pra matar o tédio, mas não foi muito empolgante. (1,2/2)

Nota Geral – 6,9/10 (Vale a pena comprar)

P.S.: Se você conhece o Pyong, pede pra ele tirar a hipnose de mim. Não aguento mais ver gente nua.