[PERFIL HQ] Fanático

“Qualquer um que tocar esta pedra receberá o poder do Cyttorak. De agora em diante, você, que leu estas palavras, se tornará para sempre uma Força Destruidora.” Assim nasceu uma força irrefreável da natureza. Sai da frente, porque hoje, no nosso Perfil HQ: NINGUÉM PODE DETER O FANÁTICO!

Cain Marko foi criado por Stan Lee e Jack Kirby fazendo sua estreia nas páginas de X-Men #12 (1965), se tornando, ao longo dos anos, um dos inimigos mais violentos dos X-Men. Ao longo de sua carreira, Fanático foi além, enfrentando diversos personagens Marvel, de heróis a vilões!

Cain foi posto em um internato para intelectuais por seu pai. Como não conseguia acompanhar a turma, ele era constantemente espancado pelos mais velhos, isso o levou a crer na sobrevivência do mais forte. Seu pai secretamente foi responsável pela morte de Brian Xavier, o que o levou a se casar com Sharon Xavier, mãe de Charles Xavier. Após o casamento, Cain passou a morar com o casal.

Mais tarde, ambos serviram no exército. Durante a Guerra da Coreia, Cain tentou desertar. Charles tentou impedi-lo, sem sucesso. Na fuga, Cain descobriu um velho templo do demônio Cyttorak. Ao tocar no rubi, Cain tornou-se o avatar do caos, o FANÁTICO!

Isso confunde muitos leitores. Apesar da mitologia de Fanático ser voltada para o público de X-Men, seus poderes são de natureza mística! Podendo pertencer a outros indivíduos, como veremos mais a frente!

Fanático é um dos pesos pesados do Universo Marvel. Ele já se digladiou com grandes personagens, como Hulk, Homem-Aranha, X-Force, Deadpool, Vingadores, Hulk Vermelho, dentre outros…

Porém, apesar de sua força descomunal, o Fanático possui uma fraqueza: sua mente. Ele é protegido por um capacete. Em sua primeira luta com os X-Men, originais foi necessário o auxílio de Johnny Storm para arrancar o capacete e derrotar Fanático!

Em uma prisão especial ele conhece seu melhor amigo, Black Tom Cassidy! Somente anos depois ele se confrontou novamente com os X-Men, agora em sua segunda formação!

Em busca de um presente de aniversário para Black Tom, Fanático enfrentou o Homem-Aranha, que o enterra sob toneladas de concreto. Mais tarde ele saiu do concreto, levando até Black Tom o rubi de Cyttorak. O poder do Fanático, então, foi dividido entre os dois vilões, que enfrentaram os X-Men, que por sua vez foram auxiliados pelo Homem-Aranha. No final da luta, Vampira absorveu o poder de Black Tom temporariamente, que voltou para o rubi. Cain recuperou o rubi e o poder, lançando-o para o espaço. Esta foi a primeira vez que vimos o poder de Fanático dividido.

Na saga Massacre, o Fanático foi o indicativo de que algo muito poderoso estava vindo. Ele foi arremessado do Canadá até Nova Jersey. Os X-Men se surpreenderam que algo possa ter deixado o Fanático com tanto medo. Mais tarde eles descobriram que o motivo disso era seu próprio mentor, o Professor Xavier. Durante a saga, Massacre enterrou o Fanático dentro do rubi de Cyttorak. Após esses eventos, Cain conseguiu fugir por um portal dimensional, indo parar no Ultraverso.

No Ultraverso, Cain experimentou muitas coisas pela primeira vez. Fez parte de uma equipe de heróis, a primeira formação dos Exilados; além de sangrar pela primeira vez desde que assumiu a armadura de Fanático. Também se apaixonou por uma colega de equipe. No final, acabou tendo que voltar para o Universo 616.

O Fanático também confrontou Cyttorak, que desejava vir ao mundo dos humanos, mas acabou sendo derrotado por Cain. As consequências disso foi que o demônio diminuiu seus poderes!

Um então mudado Fanático procurou Xavier e pediu uma chance para redenção. Assim ele passou a integrar os X-Men, e conheceu um pequeno mutante (Sammy), de quem se tornou um grande amigo. Cain foi a julgamento pelos vários crimes cometidos, e sua advogada de defesa foi Jennifer Walters (alter ego da Mulher-Hulkmais sobre ela neste Perfil HQ), com quem ele acabou tendo um “lance”.

O Fanático passa a agir como um espião na nova Irmandade de Mutantes junto com Noturna, até descobrir a traição do amigo, Black Tom. Sammy é morto por Black Tom, e em suas últimas palavras, Sammy, que não sabia da farsa de Cain, diz que o odeia. Cain terá que conviver com essas palavras eternamente. Ele e Noturna ajudam os X-Men a derrotar essa nova Irmandade, mas são sugados por um portal de Xorn.

A dupla acaba indo parar no Mojoverso. Ao regressarem para o Universo 616 eles passam a integrar o novo Excalibur.

Porém, Fanático descobre que o motivo de seus poderes estarem diminuindo não é algo imposto por Cyttorak, e sim por ele mesmo, que está agindo como uma força do bem, quando, na verdade, seus poderes são oriundos da destruição e do caos. Ele, então, a fim de reaver seu poder, passa a agir novamente como uma força maligna.

Fanático passa a integrar os Thunderbolts de Luke Cage, até a saga A Essência do Medo, quando ele se tornou um dos avatares da Serpente. Em uma tentativa de frear essa força, Illyana Rasputin alerta Cyttorak de que seu avatar serve a outro mestre. Cyttorak reclama de volta o poder de Fanático e o repassa a Colossus, que se torna, então, o novo Fanático!

Após a saga Vingadores vs X-Men (mais sobre ela aqui), Colossus é exorcizado pela irmã, e o poder do Fanático retorna a Cain Marko. Atualmente ele voltou seus poderes para o mal. Sua última aparição foi na revista solo do Homem de Gelo!

Dicas de leitura: