[PERFIL HQ] Enfermeira Noturna

Ela está em todas as séries da Marvel produzidas pela Netflix, ajudando nossos heróis urbanos. Mas, afinal, de onde surgiu essa lenda, que socorre nossos heróis em momentos de crise, curando seus ferimentos? Quem socorre os heróis quando esses estão doentes? De onde veio a ENFERMEIRA NOTURNA? Vamos desvendar esse mistério hoje no Perfil HQ!

A primeira encarnação de Enfermeira Noturna nos quadrinhos não teve nada a ver com segmentos de heróis. O conceito surgiu em 1961, quando a Atlas Comics, precursora da Marvel, publicou um título chamado Linda Carter, Student Nurse. O gibi teve vida curta, durando apenas nove edições e sendo cancelado em janeiro de 1963.

Posteriormente, a personagem ressurgiu em 1973 , em uma série de 4 edições pela Marvel Comics, contando a história de três enfermeiras (Christine Palmer, Georgia Jenkins e a protagonista Linda Carter), com histórias dramáticas e polêmicas, direcionadas ao público feminino.

Em 2004, tivemos uma rápida participação de Christine Palmer na HQ do Noturno, onde a mesma pedia ajuda a Tempestade contra um demônio que estava assustando crianças em um hospital. Porém, foi Noturno que se dispôs a resolver o problema.

No entanto, somente Linda Carter teve uma vida longa no Universo Marvel, assumindo, definitivamente, o posto de costuradora oficial do Universo Marvel e o manto de Enfermeira Noturna.

Linda ressurgiu em 2004, pelas mãos de Brian Michael Bendis, para as páginas de Demolidor, onde a mesma ajuda o vigilante com seus ferimentos de uma briga com a Yakuza. Ela não pergunta seu nome, nem faz questão de saber sua identidade, apenas faz seu trabalho. A notícia da discrição de Linda começa a se espalhar, e vários personagens passam a procurá-la para cuidar de seus ferimentos!

Durante a Guerra Civil, ela se colocou ao lado do Capitão América, ajudando diversos heróis com seus ferimentos de batalha!

Linda Carter ainda manteve um romance de longa data com o médico mais famoso dos quadrinhos e mestre das artes místicas, Dr. Estranho. Atualmente ela faz ponta nos gibis de heróis!

Porém, Linda não foi a última Enfermeira Noturna a ajudar heróis necessitados. Tivemos mais uma, e atualmente a mais famosa: Claire Temple, que surgiu em Luke Cage, Hero for Hire, em agosto de 1972.

Ela começou um romance com Luke Cage após ajudar o herói, que tinha sido baleado por Kid Cascavel nos quadrinhos. Ajudando Luke a formar um álibi e se livrar da polícia, foi Claire também que se tornou o primeiro interesse amoroso do herói nos quadrinhos!

Ela passou a ser uma personagem recorrente na vida do herói até 1978, quando desistiu da vida turbulenta que Luke viviu e decidiu se afastar dele, passando muitos anos sumida. Voltou em um momento de difícil da vida de Luke, para motivar o personagem e cuidar dos ferimentos de Danny Rand!

Atualmente a personagem apareceu em Captain America: Sam Wilson #4, ajudando os personagens!

Dica de leitura: