[MANGÁ] Os 10 melhores Seinen já publicados no Brasil – Parte II

Os mangás classificados como Seinen possuem temas um pouco mais maduros, ou que são cansativos para os mais jovens, como enredos políticos, científicos ou com referências históricas. Além disso não existe tanta restrição quanto ao uso de violência ou temas sexuais. Mesmo assim vale destacar que o conceito de temática adulta no Japão ainda chega a ser um pouco diferente do Brasil.  Alguns enredos tem até certa semelhança com temas adolescentes.

Caso tenha perdido a primeira parte, leia aqui.

Continuando com mais algumas indicações:

Gantz 02

Gantz

Kei Kurono é um jovem individualista, inseguro e pervertido. Sempre odiou a tudo e a todos. Um dia encontra no metrô um antigo conhecido seu, que não vê desde quando era uma criança, Masaru Katou. De início tenta evitá-lo, mas vê um mendigo bêbado caindo nos trilhos. Katou e Kurono tentam salvá-lo, só que acabam morrendo atropelados. Eles se espantam ao ver que foram levados até uma sala, juntos com outras pessoas. No meio dela está uma esfera negra, Gantz. Ela toca uma música e passa uma missão: matar Alienígenas. Mostra o arsenal de armas e o uniforme de cada. A missão deles é sobreviver ao jogo e matar os aliens indicados dentro do tempo estipulado.

Roteiro e arte: Hiroya Oku

Publicação:

Publicado no Japão entre 2000 e 2013, Gantz foi publicado no Brasil também pela Editora Panini em 2007 no formato original, já tendo sido concluído por aqui recentemente.

Curiosidades:

Gantz gerou ainda um animê que contou com 26 episódios, contando apenas parte do enredo e dois filmes live action em 2011, além de um jogo para Playstation 2.

 20th Century Boys

 20th Century Boys

Em 1969, os amigos Kenji, Otcho, Yoshitsune e Maruo construiram, em um campo vazio, um esconderijo que eles chamavam de base secreta, na qual eles e seus amigos se reuniam para compartilhar mangás, revistas e ouvir rádio. Para comemorar o evento, Otcho desenha um símbolo para a base que representa sua amizade. Eles criam um cenário futuro onde os vilões tentam destruir o mundo, e em que os rapazes se levantam e lutam contra o mal. A história continua no final dos anos 90, onde Kenji é proprietário de uma loja de conveniência, e cuida de sua sobrinha Kanna e sua mãe. Depois depois de uma série de acontecimentos, Kenji tropeça em um grande culto liderado por um homem conhecido apenas como “Amigo”. O culto tem um plano para destruir o mundo na véspera do Ano Novo de 2000, e o desenrolar dos eventos é parecido com o cenário criado pelos garotos. Kenji começa então a recrutar alguns de seus velhos amigos, na tentativa de parar o “Amigo”.

 Roteiro e arte: Naoki Urasawa

Publicação:

A publicação original ocorreu em 22 volumes, no período de 1999 a 2006, e no Brasil teve início em 2012, se encontrando atualmente em andamento e contando com 10 volumes.

Curiosidades:

A série ganhou diversos prêmios, entre eles: Kodansha Manga Award, Japan Media Arts Festival e o Shogakukan Manga Award.

20th Century Boys possui uma pequena continuação: 21th Century Boys, lançada em 2 volumes no Japão em 2006-2007, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.

Existe ainda, uma adaptação em live-action, dirigido por Yukihiko Tsutsumi, foi lançado no Japão em 2008, como a primeira parte de uma trilogia de filmes. O segundo e o terceiro foram lançados em 2009.

 Hellsing

Hellsing

 A história se passa na Inglaterra em 1999, que, ameaçada por criaturas sobrenaturais, é protegida pela Ordem Real dos Cavaleiros Protestantes, a Organização Hellsing. Fundada e comandada pela família Hellsing há mais de 100 anos, a organização secreta é especializada em combater seres das trevas. Liderada por Sir Integra Fairbrook Wingates Hellsing, dentre seus subordinados estão o mordomo e ex-combatente Walter C. Donez, a novata Ceras Victoria e o poderoso vampiro Alucard. Nesse cenário, um conflito entre os protestantes da Hellsing e os católicos da Seção XIII do Vaticano, adiciona-se o renascimento de um velho inimigo, o grupo Millennium, responsável pela criação artificial de vampiros que propagam por todo Reino Unido. A Millennium foi uma organização, formada por vários oficiais da SS (Schutzstaffel), a elite das tropas nazistas, e destinava-se à pesquisas envolvendo vampiros, para que estes fossem usados em batalhas pela Alemanha Nazista na 2ª Guerra Mundial.

Roteiro e arte: Kohta Hirano

Publicação:

Foi publicado no Brasil pela editora JBC em 2008, no formato meio tanko em 20 volumes, e a versão original de 1997 a 2008, em 10 volumes.

Curiosidades:

Em 2001, antes da conclusão do mangá, foi lançada sua versão em animê em 13 episódios, porém com diferenças no enredo. Já em 2006 foram lançados os OVA’s em 10 capítulos conhecidos como “Hellsing Ultimate” dessa vez com fidelidade a história.

 Berserk

 Berserk

Berserk conta a história do guerreiro Gatts, que cresceu em meio à guerra e a violência e carrega consigo a marca do demônio em seu pescoço e sua gigantesca e incansável espada (Dragon Slayer), que é capaz de cortar homens e cavalos em dois. Este manga é ambientado em uma época medieval de fantasia, com guerreiros, clérigos, nobres e feiticeiros, em que a guerra, as trevas e o medo reinam. Possui cenas fortes e polêmicas, que envolvem homossexualismo, estupros e pedofilia, todas acontecendo naturalmente com o desenvolver da historia. O enredo possui um inicio bastante simples, mas vai tomando proporções épicas com o desenvolver da história e dos personagens. O próprio Gatts é um personagem controverso classificado como anti-herói, pois ele não tem misericórdia de nenhuma de seus inimigos, mesmo sendo criança ou mulher. Vive maníaco e alucinado, devido as constantes investidas dos demônios que o aterrorizam até em sonhos, e durante a batalha seu único desejo é matar o inimigo, assumindo um estado Berserk, de fúria incontrolável.

Roteiro e arte: Kentaro Miura

Publicação:

Contando com 37 volumes e sendo publicada na terra do sol nascente desde 1989, Berserk alcançou o mercado brasileiro em 2005 no formato meio tanko, estando atualmente no mesmo ponto de publicação de sua original, com um total de 74 edições.

Curiosidades:

Berserk teve o primeiro arco do mangá adaptado para animê em 1997, em um total de 25 episódios. Recentemente esse mesmo arco foi refeito em um total de 3 longas: The Egg of the King (2012) | The Battle for Doldrey (2012) | The Advent (2013) e os fãs aguardam esperançosos uma continuação ou até mesmo uma nova adaptação para animê.

Existem ainda 2 video-games: Sword of the Berserk: Guts’ Rage e Berserk: Millennium Falcon Hen Seima Senki no Shō para Dream Cast e Playstation 2 respectivamente.

 Monster

 E pra fechar com chave de ouro o meu favorito de todos os tempos:

Monster

Dr. Tenma é um habilidoso neurocirurgião que trabalha no Hospital Memorial Eisler que recebe muitos pacientes políticos para cirurgias, obviamente realizadas pelo Dr. Tenma, embora os créditos sempre fiquem com a figura do diretor. No entanto, obedecendo a ordem de chegada dos pacientes, Tenma, movido muito mais pela sua ética que por resoluções superiores, decide operar um menino baleado na cabeça em vez de um político, e essa decisão cria uma reviravolta em sua vida. A criança sobrevive e o político morre. O diretor reprova a ação do médico e o rebaixa, afirmando que ele nunca mais poderia avançar na carreira. Tenma vê seu futuro destruído, já que trabalharia como um simples médico pela vida inteira, sem chance de aspirar um cargo maior. Contudo, outro evento cria uma segunda reviravolta em sua vida. O menino que ele operou tinha uma irmã gêmea, e ambos começam a ganhar fama no Hospital por serem sobreviventes de um brutal assassinato na cidade. Certa noite, eles desaparecem misteriosamente, e paralelamente a esse acontecimento, alguns médicos imorais e interesseiros e o diretor do Hospital morrem envenenados. Sob uma nova diretoria, e considerando a grande empatia dos pacientes e da maioria dos funcionários, Tenma é elevado ao cargo de chefe de cirurgia. Essa subida repentina em sua carreira, aliada à morte do diretor, desperta a suspeita de um investigador da BKA (Lunge), que, eventualmente perseguirá Tenma achando ser ele o causador das mortes. Nove anos após esse incidente, uma onda de assassinatos em série percorre a Alemanha, e um suspeito desse caso chega ao Hospital para ser operado, e, quando perguntado por Tenma a respeito de seu envolvimento nos assassinatos, repete a palavra “monstro” sem explicar a razão. Numa determinada noite, o paciente, foge do hospital e o médico o segue até um edifício abandonado, e lá, Tenma reencontra o menino que salvou há muito tempo, agora um jovem homem chamado Johan, que mata o paciente a tiros e desaparece…A partir de então, Tenma, envolvido no caso, começa a despertar suspeitas, principalmente de Lunge. Após uma série de acontecimentos que envolvem a irmã gêmea de Johan, agora uma estudante universitária, e o médico acaba sendo visto como responsável tanto pelas mortes do Hospital anos atrás quanto pelos delitos recentes. Então começa a fuga de Tenma e sua perseguição por Johan, um homem que parece estar ligado a uma rede de intrigas imensurável.

 Roteiro e arte: Naoki Urasawa

Publicação:

A edição japonesa conta com 18 volumes, publicados entre 1994 e 2001, já a edição nacional foi inicialmente publicada pela editora Conrad e abandonada no 10º volume, sendo publicada novamente pela Panini em 2012, totalizando 13 volumes até o presente momento.

Curiosidades:

Naoki Urasawa também é autor do premiado 20th Century Boys, além de outras obras notáveis como Pluto e Master Keaton.

Também possui adaptação em animê, lançado em 2005 em um total de 74 episódios e apresenta 100% de fidelidade ao enredo do mangá.

url

É claro que ainda existem diversos títulos excelentes que não foram mencionados, que valem a pena conferir. E ainda muitos outros que torcemos para que em breve sejam  publicados no Brasil!

2 thoughts on “[MANGÁ] Os 10 melhores Seinen já publicados no Brasil – Parte II

Comments are closed.