[LIVRO] “Zé do Caixão: Maldito” será relançado pela DarkSide em edição de luxo

capa-ze-do-caixao-marcador2

Eu estaria mentindo se dissesse que já assisti algum filme do Zé do Caixão, embora saiba de sua importância na história do cinema nacional, e do terror cinematográfico mundial. Mas devo dizer que fiquei com muita vontade de assistir alguns depois de saber desse lançamento da DarkSide Books.

Vou apenas deixar que a editora os convença com o press release e as imagens abaixo:

ze-do-caixao-maldito-darkside-books-livro-caveira-05

por André Barcinski e Ivan Finotti

O livro sagrado do Cinema de Terror nacional, segundo seu maior profeta

Ele veio ao mundo numa sexta-feira 13, em março de 1936. Quase oitenta anos depois, José Mojica Marins construiu um legado artístico incomparável em nosso país e se consagrou como um dos grande mestres do Terror mundial. O público conhece sua voz gutural, as infindáveis garras que ele chama de unhas, sua barba cerrada e suas roupas, incluindo capa e cartola, sempre escuras como a noite. Mas até que ponto o Brasil reconhece toda genialidade do homem por trás do mito?

Em Zé do Caixão – Maldito, a Biografia, os jornalistas André Barcinski e Ivan Finotti desenterram todos os segredos do passado de José Mojica, da infância humilde nos subúrbios de São Paulo até sua consagração internacional.

ze-do-caixao-maldito-darkside-books-livro-caveira-03

Um dos cineastas mais produtivos do Brasil, Mojica escreveu, dirigiu, produziu e atuou em mais de trinta filmes, como os clássicos À Meia Noite Roubarei Sua Alma, Esta Noite Encarnarei No Teu Cadáver e O Despertar da Besta. Mojica aprendeu a fazer cinema sozinho, na marra, usando os recursos disponíveis e formando seus próprios técnicos e atores. Como resultado, o mundo ganhou um artista genuinamente brasileiro, que jamais precisou copiar fórmulas estrangeiras.

A biografia, publicada originalmente em 1998, estava há muito tempo fora de catálogo. Uma heresia que a DarkSide Books não poderia perdoar. Muitas sextas-feiras 13 depois, Zé Do Caixão – Maldito, a Biografia está sendo relançada pela DarkSide, numa edição à altura do genial diretor – e também padrinho da editora. Com 666 páginas (200 a mais que a antiga versão), o livro conta com muitas fotos inéditas, filmografia atualizada e acabamento luxuoso em capa dura.

Um verdadeiro documento para amantes do cinema e do terror.


André Barcinski é jornalista, crítico, escritor e diretor de cinema e TV. Ganhou o prêmio Jabuti de melhor livro de não-ficção por Barulho – uma viagem ao underground do rock americano (1992). Produziu o programa O Estranho Mundo de Zé do Caixão, no Canal Brasil. É corroteirista da minissérie Zé do Caixão, com Matheus Natchergaele, adaptação do seu livro Zé do Caixão – Maldito, a Biografia.

Ivan Finotti nasceu em São Paulo em 1970. Trabalhou nos jornais Notícias Populares, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e revista SuperInteressante. Na Folha de S. Paulo foi repórter cultural e editor das revistas sãopaulo e Serafina e do caderno Folhateen, no qual ganhou, em 2008, o prêmio Esso de Criação Gráfica. Em 2001, dividiu com André Barcinski premiação no Festival de Sundance pela direção do documentário Maldito, baseado neste livro. Atualmente é editor da Ilustrada.

ze-do-caixao-maldito-darkside-books-capa-livro-caveira-04Ficha Técnica
Título | Zé do Caixão – Maldito, a Biografia
Autor | André Barcinski e Ivan Finotti
Editora | DarkSide®
Edição | 2ª
Idioma | Português
Especificações | 666 páginas, capa dura, edição de luxo e Limited
Dimensões | 16 x 23 cm
ISBN | 978-85-66636-78-9
Lançamento | Novembro de 2015
Preço | R$ 99,90

darksidebooks.com | facebook.com/darksidebooks | @DarkSideBooks

ze-do-caixao-maldito-darkside-books-livro-caveira-02