[LIVRO] Turma da Mônica Jovem nas escolas: projeto ensina alunos que sonhar é preciso

Quais são suas lembranças de infância? Você não saberá dizer todas, mas com certeza uma delas envolve a Turma da Mônica. Há quase 60 anos os personagens de Mauricio de Sousa divertem crianças de todas as idades. Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e companhia estão sempre se renovando e vivendo grandes aventuras, e a próxima é uma parceria com a DSOP Educação Financeira, em um projeto que visa ensinar aos jovens e crianças uma das coisas mais importantes da vida: realizar seus sonhos.

No lançamento Turma da Mônica Jovem – Sem Sonhos (Editora DSOP e Editora Mauricio de Sousa), primeiro livro de uma série, o “pai” da Mônica, Mauricio de Sousa, e o escritor e educador financeiro Reinaldo Domingos se unem para levar a Metodologia DSOP, vivenciada por Domingos, com a ludicidade presente nas obras da Turma mais amada do Brasil.

A Metodologia DSOP de Educação Financeira tem abordagem comportamental. É fundamentada nos quatro pilares Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar, e leva ao desenvolvimento de competências fundamentais para que adultos e crianças aprendam a lidar com as questões financeiras com segurança e consciência.

“É um sonho realizado. Ao todo, serão lançadas quatro obras nessa parceria com o Mauricio de Sousa, o que levará aos leitores muito de nossas histórias e o caminho para a realização dos sonhos. Com isso, espero ajudar a construir uma visão mais lúdica sobre a vida”, explica Reinaldo Domingos.

As obras têm como foco as escolas, com o projeto educacional “100 sonhos do meu bairro”, baseado no conceito PBL(aprendizagem baseada em projetos), estruturado na narrativa dessa história que conta com uma participação especial: Nico, um garoto inventivo, de espírito empreendedor e que tem sua vida toda pautada na realização de sonhos. Personagem principal da Coleção dos Sonhos da DSOP, Nico se junta à Turma para desvendar um grande mistério do bairro do Limoeiro.

Sobre o projeto

O objetivo é desenvolver competências dos leitores em um mundo de excesso de informações, como o senso crítico sobre temas contemporâneos e a atitude pesquisadora. “100 sonhos do meu bairro” levará alunos de 11 a 14 anos a identificarem os sonhos das pessoas do seu bairro e criarem soluções para desafios reais, apresentados por meio de diferentes mídias, enquanto se envolvem nessa história repleta de aventura e descobertas.

Essa é a proposta do projeto “100 sonhos do meu bairro”: possibilitar aos alunos conhecer a história de pessoas reais, seus desafios cotidianos e, a partir disso, criar novas realidades.

Deixe uma resposta