[LIVRO] Leve-me com você, de Catherine Ryan Hyde (resenha)

Outro verão e mais uma viagem a se preparar. August – professor de ciências, divorciado e em luto – irá visitar parques estaduais em seu motor home acompanhado de seu fiel amigo, de quatro patas, Woody. Contudo, esta não é uma viajem comum, ela é como uma despedida a seu falecido menino.

Nem tudo são rosas (ou talvez seja, afinal elas possuem tantos espinhos quanto beleza), e seu trailer não está em pleno funcionamento, forçando August a pará-lo em um mecânico antes de realizar sua jornada. Neste meio tempo se faz uma interação com Wess, o mecânico, e seus filhos Seth e Henry, levando-os a criar ligações emocionais com August.

Leve-me com você é uma história simples, com assuntos cruciais do nosso cotidiano. Ela nos apresenta, em cada capitulo, a mudança de vida, amadurecimento e lições de empatia.

Se abrir a esta experiência te proporciona horas agradáveis de uma leitura de vida – praticamente – pois, apesar de tantas adversidades, Catherine Ryan Hyde nos conduz a repensar sobre o amor, e como ele é a força transformadora de nossas vidas, algo tão poderoso que supera laços sanguíneos.

Uma história que consegue ser trivial e emocionante ao mesmo tempo.


DarkSide Books

Tradução: Débora Isidoro

Capa dura

21,4 x 14 x 2,6 cm

336 páginas

Compre aqui

O que achou desse post? Diga nos comentários!