[LIVRO] Imageria: Veneta lançará livro sobre os pioneiros dos quadrinhos

imageria rogerio de campos promo lancamento

Já falei por aqui que as histórias em quadrinhos são uma de minhas maiores paixões. Com o passar do tempo apenas ler quadrinhos não foi o suficiente pra mim, e passei a me interessar por estudar a mídia e sua história. Esta semana a Veneta lança uma obra imperdível para pessoas como eu e você, que se identificou com o que eu disse.

Saiba mais sobre ela abaixo:

imageria rogerio de campos veneta capaA criação dos quadrinhos

Em Imageria, o editor Rogério de Campos apresenta o trabalho dos pioneiros dos quadrinhos mundiais; lançamento acontece dia 15/11 na livraria Cultura 

Uma tira do Yellow Kid publicada em 25 de 1896 no New York Journal é considerada por vários estudiosos a primeira história em quadrinhos do mundo. O título de “primeira HQ”, no entanto, é disputado com outros autores igualmente importantes, como o suíço Rodolph Töpffer -autor de M. Jabot, uma sátira ácida à pequena burguesia do século 19-, e o inglês William Hogarth, autor do ousado Progresso de uma prostituta,que, em plena Londres do século 18, narrava em desenhos as desventuras da jovem Moll Hackabout, a prostituta do título.

Essas três candidatas ao título de “primeira HQ” são reunidas, na íntegra, pela primeira vez no Brasil, em Imageria – o nascimento das histórias em quadrinhos, de Rogério de Campos. O livro apresenta os primeiros 500 anos da história dos quadrinhos e traz os trabalhos que inspiraram a narrativa visual moderna. São mais de cem HQs criadas entre os séculos XV e XX, que ajudaram a criar a base da linguagem cinematográfica e influenciaram tanto o design gráfico como a literatura.

Dos temas religiosos às histórias sensacionalistas de crimes reais, passando pela crítica de costumes, Rogério de Campos mostra a grande variedade de assuntos e estéticas retratados nos quadrinhos antigos. Além de Outcault, Töpffer e Hogarth, o livro traz autores fundamentais -e a maioria também inédita no Brasil- como Grandville, Gustave Doré, Hokusai (o inventor dos mangás), Winsor McCay e retrata o início do gênero no Brasil, com Sisson e  Angelo Agostini.

Neste momento em que vivemos, o melhor da história dos quadrinhos brasileiros, é muito importante, principalmente para a nova geração de autores e leitores, conhecer o trabalho dos pioneiros“, diz o autor. “O público vai se surpreender: para além da importância histórica, são histórias em quadrinhos também muito inteligentes, ousadas graficamente e extremamente divertidas“. Para o crítico inglês Paul Gravett, “este livro de Rogério de Campos é algo muito importante para os quadrinhos brasileiros. O futuro se firma e se constrói a partir das obras fundadoras do passado“.

O lançamento acontecerá no dia 15/11, às 17h, na livraria Cultura, com debate entre o autor, Nobu Chinen (prof. da ECA-USP) e o quadrinista Rafael Campos Rocha.

Sobre o autor: Idealizador da revista Animal, que trouxe a vanguarda dos quadrinhos europeus ao Brasil na década de 80, Rogério de Campos é fundador e diretor editorial da Veneta. Em seus 30 anos de carreira, publicou autores cultuados como Robert Crumb, Will Eisner, Alan Moore, Neil Gaiman, Marcello Quintanilha, Marcatti, além de fenômenos de vendas como Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco e Pokémon. É autor de Revanchismo (2009), Dicionário do Vinho (2010) -vencedor do prêmio Jabuti-, e O Livro dos Santos (2012).

Lançamento: Dia 15/11, às 17h
Livraria Cultura do Conjunto Nacional: Av. Paulista, 2073 (mezanino da loja de artes)

Debate com Nobu Chinen (professor da ECA-USP), Rafael Campos Rocha e o autor. Acesse aqui a fanpage do evento.

Imageria – o nascimento das histórias em quadrinhos
Autor: Rogério de Campos
Editora: Veneta
Quadrinhos
PB/cor
Capa dura
360 págs.