[LIVRO] Coração Satânico, de William Hjortsberg, retornará às livrarias quase 20 anos depois.

E a DarkSide Books fez de novo! Depois de resgatar do limbo obras como Menina Má, O Homem que caiu na Terra e Amityville, chegou a vez da que é considerada a obra-prima de William Hjortsberg: Coração Satânico, mistura de romance policial com terror, combinando elementos de romance gótico e fantasia dark.

Se o nome não é estranho pra você, deve ser porque está se lembrando da adaptação para o cinema dirigida por Alan Parker lançada em 1987, com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais. Mas estamos falando do livro aqui! Saiba mais sobre ele abaixo:

Coração Satânico

por William Hjortsberg

A DarkSide acerta em cheio no coração
dos leitores com mais um clássico

Após décadas fora de catálogo, a DarkSide Books ressuscita um dos maiores clássicos da literatura dark. Coração Satânico, o mais importante romance de William Hjortsberg, volta a pulsar para o deleite dos fãs de histórias fortes.

Lançado originalmente em 1978, Coração Satânico é uma habilidosa mistura de dois gêneros capazes de tirar o sono de muita gente corajosa: o terror e as histórias de detetive. Com doses generosas de ocultismo e investigação, Hjortsberg consegue homenagear seus ídolos, Dashiell Hammett e Raymond Chandler, e ainda assim ser tão casca-grossa quanto eles. Mais noir do que nunca, a literatura policial poucas vezes foi tão darkside. O estilo visual que Hjortsberg imprime em sua literatura é uma atração à parte. Se você é fã de quadrinhos ou de cinema, vai adorar se perder em suas páginas.

A inspiração veio de um conto que o autor escreveu ainda na escola. Anos mais tarde, a velha história continuaria assombrando seu criador. “Nunca me ocorrera que eu poderia usar Satã como um personagem”, declarou Hjortsberg. A semente (do mal) germinou, e leitores de todo o mundo perderiam o fôlego com esse grande título. A mistura de suspense com temas considerados tabu, como o vodu, religião de origem africana seguida pelos haitianos, chegou ao público num momento em que nomes como Stephen King se tornavam mais populares.

A história seria consagrada mais uma vez em 1987, quando Coração Satânico ganhou uma adaptação cinematográfica dirigida por Alan Parker, com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais. O sucesso do filme em todo o mundo apresentou Hjortsberg a novos leitores, mas infelizmente os brasileiros estavam há muito tempo sem acesso a sua verdadeira obra-prima.

Coração Satânico se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores do vodu, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas.

Pronto. Você não precisa de mais informações, muito menos de spoilers. Se você não sabe ou não se lembra muito bem do que acontece com Harry Angel, faça como o próprio: investigue. As pistas estão no livro em edição demoníaca que a DarkSide Books tem o prazer de lançar em 2017. E aos fãs que esperaram tanto tempo para reencontrar o Coração Satânico, é chegada a hora de reviver esta grande história.


William Hjortsberg nasceu em Nova York em 1941, e se tornou um escritor tão durão quanto sua cidade natal. Escreveu diversos romances de estilos que vão da comédia à ficção científica, e se consagrou definitivamente na literatura mundial com Coração Satânico, de 1978. Ganhou duas vezes o prêmio editorial da revista Playboy, superando autores como Graham Greene e Gabriel García Marquez. Foi roteirista de A Lenda (1985), filme de fantasia dark dirigido por Ridley Scott, com Tom Cruise e Mia Sara.


Coração Satânico combina o melhor da história clássica de detetive a elementos de ocultismo com surpreendente humor. […] Seu final chocante deixa você balançado, tentando refazer todos os passos neste quebra-cabeça impecavelmente construído. Este é o filho natural literário de Raymond Chandler e Stephen King. Não é para os fracos.”
— RIDLEY SCOTT —

“Um livro único. Nunca tinha lido algo remotamente igual, e suspeito que jamais encontrarei algo parecido novamente.”
— STEPHEN KING —

“Uma das maiores histórias de mistério já escritas, Coração Satânico mescla o romance noir clássico à la Raymond Chandler com os tons de fantasia sombria do romance gótico moderno. Stephen King o definiu como ‘O Exorcista reescrito por Raymond Chandler’, e isso me fascinou. Às vezes é mais fácil lidar com o diabo que não conhecemos. Divirta-se, e agarre-se à sua alma.”
— CARLOS RUIZ ZAFON —

“Genial e repleto de significados… É Raymond Chandler em Nova York. É Hermann Hesse com um soco inglês no bolso […] um livro arrebatadoramente original, cheio de reflexões e surpresas.”
— PHILIP ROSENBERG —

“A trama é irresistível – li de uma só vez e fiquei fascinado pelo jeito que Hjortsberg combina o romance policial com o ocultismo e consegue fazer com que isso tudo dê certo. […] É aquele tipo raro de autor – o que vive e escreve usando sua mais pura imaginação.”
— PHILIP CAPUTO —


Ficha Técnica

Título | Coração Satânico
Autor | William Hjortsberg
Tradutora | Carla Madeira
Editora | DarkSide®
Edição | 1ª
Idioma | Português
Especificações | 320 páginas, capa dura
Dimensões | 14 x 21 cm

darksidebooks.com | facebook.com/darksidebooks | vc@darksidebooks.com