[LIVRO] “Coleção Sobrenatural: Vampiros” chega às livrarias de todo o Brasil‏

colecao sobrenatural vampiros editora avec feat

Press release 

Nessa semana, as principais livrarias de todo o Brasil recebem o novo lançamento da Avec Editora, a Coleção Sobrenatural Vol. 1: Vampiros, obra que reúne 10 contos de autores brasileiros – entre eles jovens talentos e escritores experientes – que foi um sucesso de vendas na internet em formato e-book.

A proposta dessa antologia é reapresentar os vampiros para os leitores brasileiros, sendo fiel às primeiras lendas sobre esses predadores noturnos que se misturam a nossa sociedade desde o princípio dos tempos: são dominadores, caóticos, monstruosos, sedutores, caçadores, inescrupulosos, bisbilhoteiros e únicos.

O trabalho de organização dos contos ficou sob responsabilidade do escritor e editor da Argonautas Editora, Duda Falcão.

“A Coleção Sobrenatural investe no horror como seu principal foco, independentemente de quais monstros irão figurar como protagonistas de cada volume. Do sul ao norte do país, em qualquer rincão ou cidade iluminada, todas as pessoas são capazes de sentir algum tipo de medo.

volume 1 da Coleção Sobrenatural representa o medo e o identifica com os vampiros. Se quebrarmos o paradigma de que somente autores internacionais escrevem horror de qualidade e que contos não possuem as mesmas qualidades ou atrativos de um romance, acredito que o leitor brasileiro apreciará o primeiro volume da coleção e os próximos”, diz Duda.

Segundo ele, uma das características que não pode faltar em uma história de vampiros é horror.

“Sem horror não temos uma boa história de vampiro, temos histórias que apenas se parecem com histórias de vampiros. ”, comenta.

Saiba mais sobre os autores

Uma das autoras que contribuiu com sua visão para a antologia é a já conhecida pelo fandom Giulia Moon (chamada carinhosamente de Titia Giu).

Ela foi criadora das vampiras Kaori e Maya e escreveu livros como “A Dama Morcega”, “Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros”, “Luar de Vampiros” e muitos outros. Ela defende que os vampiros, como imortais que são, sempre voltam ao imaginário popular:

“Não só no Brasil, mas no mundo todo, os vampiros sempre foram personagens populares. De tempos em tempos, eles voltam à moda, viram febre entre os amantes do horror. Foi assim com o livro Drácula, com os filmes da ‘Hammer’, com os vampiros de Anne Rice, com a série Crepúsculo e os seriados de TV.

Mudando de cara, de cenários e de comportamento, os vampiros são camaleões que se adaptam ao seu tempo e lugar, sempre renascendo para de novo se consolidarem como os vilões mais populares da cultura pop“, sugere Giulia.

Os Vampiros nos Dias de Hoje

Outra escritora é conhecida por escrever uma saga de cinco livros sobre os príncipes da noite chamada “Alma de Sangue” e que agora está lançando o romance “Don Pedro I Vampiro” pela editora Planeta é Nazarethe Fonseca. Mais do que conhecer o mito, a autora entende a função dele na sociedade moderna:

“O referencial é a luta constante do bem contra o mal, aquilo que não é aceito socialmente. A rebeldia de uma criatura que troca o dia pela noite por si só já quebra os padrões nos quais as sociedades têm como certo. As sombras sempre nos fascinaram tanto quanto a luz. Isso é quase um debate filosófico”, argumenta Nazarethe.

E por falar em vampiros nos dias de hoje, outra escritora a emprestar seu talento à antologia é Ju Lund, seu romance mais famoso é “Doce Vampira” que recebeu uma nova publicação pela Avec Editora esse mês. Ela é da opinião de que a Coleção tem tudo para cair no gosto de leitores jovens e mais velhos:

“Os contos são leituras rápidas de se consumir, sendo os mesmos de uma temática tão maravilhosa, acredito que fará a cabeça de leitores amantes do sobrenatural”, sugere Ju.

O Vampiro Como Uma Metáfora

Outra escritora bastante popular na literatura fantástica nacional e que colabora com a coleção é Simone Saueressig; tendo entre seus trabalhos, obras fantásticas como “A Noite da Grande Magia Branca”, “A Estrela de Iemanjá”, “A Máquina Fantabulástica”. Também escreveu o livro “Contos do Sul” e a saga “Os Sóis da América”.

Para ela, o relacionamento entre leitores e literatura de terror pode ser extremamente saudável, podendo ajudá-los a entender questões diárias:

“Acho que as histórias, em geral, seja do que for, sempre nos ajudam a viver melhor o cotidiano, porque fornecem uma ‘área de escape’ para o nosso imaginário, onde podemos descansar das pressões do cotidiano. Diante disso, creio que o público brasileiro está descobrindo a fascinação por essas criaturas fantásticas. Em alguns casos, redescobrindo. A gente precisa desse imaginário.

Se você não acreditar que o mocinho vai dar conta do vampiro sanguinário e poderoso, como é que você vai acreditar que vai dar conta da conta do cliente de nariz torcido, ou do chefe emburrado, ou da cota mínima de vendas exorbitante? Perto de um vampiro, tudo isso toma uma dimensão muito menor”, opina Simone.

A Volta de um Clássico do Horror

Se você ama as históricas clássicas de vampiros, essa antologia foi feita para você. Segundo outro colaborador, Carlos Patati, “o que não pode faltar numa boa história de vampiro é ao menos a consciência dos elementos intrínsecos do mito…“, em outras palavras, o que esse roteirista de HQ com mais de 20 anos de carreira quis dizer é que “sim, eles irão chupar sangue e não, eles não querem casar com ninguém”.

Coleção Sobrenatural: Vampiros é sobre como o vampiro funciona e narrativas de horror. Nada mais. “Esqueça os vampiros românticos e que brilham na luz do dia”.

E o ocultista, escritor a autor dos RPG brasileiros “Trevas”, “Arkanun”, “Vampiros Mitológicos” e outros, Marcelo Del Debbio está aqui justamente para provar que os autores da coleção procuraram se aprofundar nas pesquisas sobre o tema:

“O mito romano dos Strigoi é um dos meus favoritos. Dele descendem os nosferatu romenos e todo o vampiro hermético dos contos de Bran Stoker O mito romano dos Strigoi é um dos meus favoritos. Dele descendem os nosferatu romenos e todo o vampiro hermético dos contos de Bran Stoker, síntese do vampiro espiritual e energético retratado pela Golden Dawn [ordem ocultista inglesa do século XIX].

E por falar em pesquisa, o livro conta com prefácio de Lord A:., um dos maiores pesquisadores sobre vampiros no Brasil.

Quais são contos da Coleção?

Coleção Sobrenatural Vol.1: Vampiros é a primeira antologia de contos de horror da Avec Editora. Em breve os leitores poderão contar com outras antologias sobre outros seres sobrenaturais.

Confira a relação completa de contos. No nome de cada autor há um link para uma entrevista exclusiva. Clique para saber mais sobre o autor.

All In”, de Alexandre Cabral.

Colonização”, de Carlos Bacci.

A Fonte da Donzela”, de Carlos Patati.

O Vampiro Cristão”, de Duda Falcão.

Sangue e Poeira”, de Fred Furtado.

O Dia da Caça”, de Giulia Moon.

Anunciação”, de Ju Lund.

Parsifal”, de Marcelo Del Debbio.

Olho por Olho”, de Nazarethe Fonseca.

O Orquidófilo”, de Simone Saueressig.

Você está pronto para conhecer os caçadores noturnos como eles realmente são? Não responda essa pergunta levianamente. É preciso muita coragem para isso…

Se sente preparado? Então, compre o seu exemplar agora mesmo na loja online da Avec.

colecao sobrenatural vampiros editora avecFicha Básica

Autores: Lord A, Giulia Moon, Fred Furtado, Simone Saueressig, Duda Falcão, Nazarethe Fonseca, Alexandre Cabral, Ju Lund, Carlos Patati, Carlos Bacci, Marcelo Del Debbio

ISBN: 978-85-67901-04-6

Quantidade de palavras: 60.000

Editora: AVEC Editora

Publisher: Artur Vecchi

Organização e Edição: Duda Falcão

Projeto gráfico e diagramação: Marina Àvila

Revisão: Miriam Machado