[LIVRO] A Noiva Fantasma: quando uma garota se torna mulher (resenha)

“Sobrenatural, cativante, uma história repleta de saudade que nos prende do início ao fim.”

Texto de Verônica Silva

O que poderia ser uma solução para a família Lan, para Li Lan é sinônimo de estar presa a um casamento não-tradicional. Yangsze Choo nos mostra uma personagem forte, e que não aceita um destino imposto por outras pessoas que não ela, mas também nos faz refletir sobre o que realmente queremos pra nós mesmos.

Enquanto o sonho de uns é ter uma vida confortável e sem precisar se preocupar com dinheiro, Li Lan só quer lutar pelo homem que ama. Posteriormente ela descobre mais de si mesma.

Durante uma longa e destemida jornada, lutando com seu espírito livre de dogmas, nossa protagonista descobre segredos nunca antes revelados. Navegando pela terra dos mortos no intuito de não se casar com um falecido garoto mimado e arrogante, ela segue seu coração até ao que antes lhe parecia estranho e irrefutável.

A Noiva Fantasma é um livro que, do começo ao fim, te prende à história e te faz perder o fôlego a todo instante. Uma história marcante e, ao mesmo tempo, tão leve como uma folha de cerejeira que suavemente dança ao vento.

A edição da DarkSide Books nos transmite o que a história quer nos contar: Li Lan, leve e delicada, mas ao mesmo tempo determinada; os origamis que voam ao seu redor, como o sentimento de pureza que nos remete a pensar em como, em um dia, temos uma doce inocência e no outro, somos obrigados a reagir, lutar contra o que nos foi imposto, e descobrir em nós mesmos o porquê de sermos como somos, e as coisas serem como é.

Li Lan é, sem dúvidas, uma garota que se torna mulher, em seu livre descobrimento próprio.


DarkSide Books

Capa dura

23 x 16,4 x 2,8 cm

360 páginas

Disponível nas seguintes livrarias:

Amazon

Submarino