[INTERWEBZ] – DEEP WEB: O terrível lado negro da internet

Texto de Cilon Mello

Como bom nerd que se preze (e se você não é nerd não sei realmente porque está lendo esse texto, qual o teu problema véi?!?) você já ouviu pelo menos uma vez da terrível caixa de pandora da internet, as bestas de Silla que se escondem por baixo da bela dama, a porta de entrada do cramulhão-tinhoso-capiroto-trancarrua. A Deep Web.

Imagem

Se você nunca ouviu falar a respeito, pare o que esta fazendo e abra uma nova aba (ou janela se usar o IE, o sistema de abas dele é uma catástrofe) e de uma googleada rápida sobre a expressão Deep Web (ou Darknet, também serve). O que você vai encontrar em blogs é o seguinte (eu vou colar aqui pra você porque eu sou muito legz, de nada):

  • “A Deep Web é o inferno na Terra!”;
  • “Não aconselho ninguém a entrar lá, é muito perigoso!”;
  • “Se você entrar, no dia seguinte o FBI vai bater na sua porta e te levar preso.”;
  • “Lá só tem foto e vídeo de gente morta.”;
  • “Lá é um lugar para pessoas perturbadas. Se você não quiser ficar traumatizado pelo resto da vida, não entre de jeito nenhum!”;
  • “Entrei na Deep Web e me arrependo, nunca mais fui o mesmo. Até hoje tenho problemas para dormir.”;
  • “Você só vai encontrar assassino em série, pedófilos, psicopatas etc.”;
  • “Se você entrar lá, seu computador vai explodir de tanto vírus.”;
  • “Se você entrar lá, um monte de crackers vai invadir seu computador e destruir todas as suas informações”.

Eu poderia passar mais alguns minutos digitando coisas que eu li sobre a Deep Web, mas todas elas podem muito bem ser resumidas na letra de “Virus Alert” do Weird Al

Ou seja: como podemos não querer conhecer um lugar assim? Deixe sua hipocrisia de lado e admita que ficou curioso, não é?

Sabe, quando eu era criança eu costumava achar que o mercado negro era um lugar físico de fato onde vilões e bandidos de todo tipo iam para comprar suas coisas do mal. Essa imagem mental foi basicamente o que me disseram sobre a Deep Web.

Imagem

 Bem vindos ao Mercado Negro: armas nucleares a sua direita, órgãos humanos quarto beco a esquerda

E quer saber uma coisa? Tio Cilon vai te ensinar uma grande, grande, grande regra da vida. Quase tão grande quanto “se puder nunca se envolva com mecânicos, pedreiros e empregadas domésticas, a dor de cabeça não vale a pena”. Uma regra de ouro que diz o seguinte: não existem coisas extraordinárias.

E antes que você diga “ah mas e os arco-iris duplos e a Emma Watson?” e eu vou te dizer que após o deslumbramento inicial uma hora você enche o saco disso. É apenas luz refratada na agua da atmosfera. E sobre a Emma Watson vale o que se aplica a TODAS as mulheres do mundo: não importa o quão gostosa ela seja, em algum lugar, algum dia, alguém já encheu o saco de comer ela.

http://www.youtube.com/watch?v=OQSNhk5ICTI
Vencedores não usam drogas, lembrem-se disso crianças

E bacon nem é tudo isso que a internet prega. Pronto, falei. Me julguem

Mas onde eu estava mesmo? Ah sim, a Deep Web. Tornando uma história longa em curta, Deep Web é basicamente tudo que não é indexado pelos sistemas do Google e cara, isso é coisa pacaraio. “Mas mimimi Google é Deus! Mimimi”.


Meu amigo, só existe um Deus e ele se chama “Morte”. E sabe o que dizemos a Morte?
“Hoje não”.

Essa frase é foda pacarai, beijo tio Martinho!

Tipo 80% de toda internet não está no Google, esse mito sobre a Deep Web é verdade. Mas o que são esses 80%? O que tem de tão interessante assim no “lado secreto da internet”?

Simples: muita pouca coisa de interesse. A maior parte são dados de empresas que são absolutamente irrelevantes para qualquer pessoa. EXEMPLO: para determinada situação X, eu tenho um oficio preparado armazenado em um HD virtual. Esse HD não está no google, mas eu sei o endereço e acesso ele de qualquer lugar. Isso é Deep Web. Simples assim.

E o que você vai querer com o meu modelo de despacho pré-digitado? Nada ué, pra que porra serviria?

Agora que você entendeu o que a Deep Web, vamos falar do que realmente tem na Deep Web. Como eu não tenho filho barbado desse tamanho, eu não vou ensinar como acessar, te vira e vai a luta negovéi. O que você tem que saber é que precisa de um browser especial e sites de busca proprios da Deep Web. E os sites de busca da Deep Web são uma merda, já que as paginas não são indexadas elas mudam de endereço e você dá de cara numa parede vazia.

Imagem
Os “página não encontrada” do 4chan são as melhores

Mas vá lá, digamos que você fez tudo, colocou camisinhas nos seus dedos e acessou a porra. Digamos que você acesse a Hidden Wiki (uma coletânea de links variados de paginas na deep web) e vai ver uma porrada de links. Os que funcionarem… tem realmente quase nada de interessante.

E aí você me pergunta “ah mas e as lendas de que tem necro-piro-pedo-zoo-filia espalhadas pra todo lado? E os fóruns de contratar assassinos? E as paginas de encomendar russas meninas russas com os membros amputados e sem cordas vocais para você usar de objeto sexual? Essas coisas existem mesmo na Deep Web?” e eu vou te dizer: sim, existem.

Imagem
E
 veados com olhos laser dançando em uma poça de sangue, tem na Deep Web? Sim, tem. Mas guarde o seu “OOOOOOOHHHHHHHH!!!!!!”

Então você deve estar se perguntando: “cara, não entendi. Se tem todas essas merdas, como a que a Deep Web não é tudo que as lendas falam que ela é?” e a resposta é muito simples. A Deep Web tem todas essas coisas, sim. E a internet também. E se bobear até a intranet do seu trabalho deve ter também.

E não me venha com “ah mas não tem na internet fotos de crianças de 2 anos sendo estupradas” que eu te respondo “guri novo, guri novo, nunca usaste o KaZaA, não é?”

Imagem

Foi o melhor dos tempos.
Foi o pior dos tempos.

Sério, hoje em dia tudo é polido e bonitinho nas buscas do Pirate Bay, mas houve um tempo em que tínhamos que garimpar entre muita pornografia infantil para achar um simples episódio de anime. E aí baixar com conexão discada e torcer para ninguém ligar para a sua casa. Nos acostumamos com tanta comodidade na vidinha facebook-youtube-gmail-wikipedia que até nos esquecemos de como a internet costumava ser.

Tem paginas de gore e mutilação genital? Tem. Mas aos 11 anos eu já tinha visto todos “Faces da Morte” na locadora do meu bairro, grandes coisa.

Imagem

E vc moleque juvenil criado a leite com pera e ovomaltino achando que o joguinho do labirinto que era foda…

Cara, e nem é preciso ir tão longe quanto Faces da Morte (tirei essa do fundo do baú), basta lembrar 2 girls 1 cup, Hatchet vs Genitals, Kids in sandbox, BME Pain Olypics… vc precisou acessar alguma rede obscura pra ver o que de mais asqueroso e horrível a humanidade tem a oferecer? Pois é, nem eu. (se você nunca viu os videos e é mariquinhas demais para ir atrás, apenas assista os videos de reação de pessoas assistindo os citados videos, tem um monte no youtube e vc vai entender)

E na Deep Web você tem a vantagem de só encontrar o que esta ativamente procurando, essa de “cliquei em um link e parei lá” é papo de quem nunca nem tentou

E hoje em dia não é realmente tão difícil achar um fórum sobre os melhores pontos para pegar crianças prostituídas, só o que você precisa é conhecer as pessoas certas e ter o acesso ao fórum certo. Tanto na internet quanto na Deep Web funciona assim.

A diferença é que na Deep Web os fóruns abertos são poços de trolagem, mentiras e falta de noção (racismo, homofobia, nazismo, etc). Ou seja, nada muito diferente de uma tarde de domingo no 4chan.

Pessoalmente eu fico chocado quando alguém se ofende com piadas politicamente incorretas, porque eu já vi tanto racismo no 4chan que virou banal (e antes que voce diga “ah voce fala isso pq vc é branco e limpinho” eu te respondo que antes de qualquer coisa eu sou gordo, então sim, a piada é quase sempre sobre mim).

Imagem

Pode ser que te choque ver um tópico sobre jailbaits (meninas menores de idade que tem corpo de adultas e são “isca pra cadeia”) mas se isso te choca na Deep Web, não é muito diferente do que você encontra em dez minutos no Google.

Ah, mas e os serviços? Contratar assassinos, comprar itens roubados por uma fração do valor e coisas do tipo? Existe na Deep Web?

Sim, existe. Honestamente me parece um pegatroxa pra conseguir dinheiro e plantar vírus na moleza. MAS supunhetamos que seja verdade. Ainda sim é irrelevante a menos que você more nos EUA ou na Europa. É, exatamente isso, você não vai encontrar uma ruivinha peituda implorando pra ser escrava na sua cidade. E os tele-drogas não entregam em regiões metropolitanas brasileiras, sinto muito (supondo que você more em uma, senão esquece ao cubo)

ImagemComo se fosse preciso ir muito longe pra tomar no rabo sem sair de casa…

SE, veja bem, SE esses serviços forem verdadeiros não são nem pra mim nem pra você.

E mais uma vez se aplica a mesma coisa que funciona na internet: pra entrar nesses negócios você tem que conhecer as pessoas certas que vão te dizer onde olhar (essa não é uma terra de buscadores, lembra?).

A parte sobre vírus e hackeamento parece ser verdadeira (você acha facilmente fóruns fechados para hackers), mas honestamente eu entendo tão pouco do assunto que nem me arrisco a dar pitaco.

Então é isso, a menos que você tenha um proposito bem definido para usar a Deep Web (como os Anonymous usam para se comunicarem e coordenarem seus ataques virtuais, por exemplo) ou conheça pessoas interessantes, não vai ter muita coisa pra você na Deep Web a não ser uma versão jurássica do 4chan (sério, tudo é lento de carregar e o layouts de pagina são tão ineficientes que lembram os anos 90) em que a chance de pegar um vírus é 9000% maior.

Imagem

Em uma nota não relacionada, esse livro até que parece bem legal

E deu pros coco.