[HISTÓRIA EM SÉRIES] Review | The Americans 3×12: “I Am Abassin Zadran”

the-americans-209-martial-eagle-recap-philip-matthew-rhys-fx

[CUIDADO COM OS SPOILERS, CAMARADA]

“Sou o que corta as gargantas dos comunistas” – Abassin Zadran

Paige ainda continua dando trabalho. Ela poderia estar vivendo uma vida bem normal se não soubesse a verdade sobre seus pais, mas já que quis também saber quem de fato eles são, não percebeu a responsabilidade de carregar o segredo de Phillip e Elizabeth. Ela questiona sobre sua vida e pelas pessoas que passaram por ela. “É tudo mentira?” Amigos, parentes, tudo? Sim, mas nem tudo. Phillip mais uma vez é o paizão atrás do amor da filha que quer dizer para ela que nunca estará só. Elizabeth até tenta se aproximar de Paige, mas nem sempre está preparada para as questões da filha. Talvez a oportunidade tenha surgido com a possibilidade de riem juntas a Rússia.

A subtrama envolvendo Lisa e Maurice está um tanto quanto deslocada nesse final de temporada. Como vimos logo no início desta temporada, Elizabeth usando mais um dos seus disfarces aproxima-se de Lisa para conseguir informações da Northop. Essa parte da trama fica deslocada por alguns episódios da série e retorna desde o episódio anterior envolvendo Maurice que faz acelerar as coisas. Diz que ele quer fazer parte do esquema de espionagem e Elizabeth sem pensar muito, topa a “parceria” e Lisa também. Foi construída uma trama, que ficou sem importância por um tempo, e agora está muito estranha a forma como esta sendo executada. Vamos ver se Lisa e Maurice sofrerão algo por terem se envolvido tão profundamente espionando a Northop.

Na Rizendatura, Arkady quer acabar com a Operação Zephyr . De fato, ele tem razão, afinal de contas a escuta no carteiro-robô não revelou nada de importante e também dificilmente revelará, mas Tatiana insiste que a operação prossiga, pois segundo ela, o fim da operação seria muito ruim para a imagem de Arkady. Tatiana quer manter as rodas da burocracia girando, mas ela não estaria ali defendendo algo de seu interesse?

Um dos momentos tensos desse episódio foi o encontro de Phillip e Elizabeth, disfarçados como agentes da CIA, com o mujahidin Abassin Zadran. Nota-se o esforço hercúleo que Phillip faz para não matar o militante afegão ali dentro do carro quando Zadran fala das mortes dos comunistas no Afeganistão e como tem prazer em matá-los. A missão era mais importante do que ceder a vingança, e desse maneira, os Jennings colocam Abassin Zadran no rumo que eles querem. De certa forma, vingança foi consumada naquela noite.

1491754_689419614454975_1707009869062734672_n

Claudia retorna a The Americans. Foi muito bom ver a personagem interagindo com Gabriel compartilhando histórias e a preocupação com os Jennnings. Quem sabe mais participações dela não estão por vim na próxima temporada.

Apesar dos conflitos travados em outros países, é dentro de casa que Phillip trava suas piores batalhas. Dessa vez foi com Martha que não agüenta mais tudo que vem acontecendo em sua vida. Desde a descoberta da caneta espião no escritório do agente Gaad, Martha vem desmoronando pouco a pouco e as desconfianças de seus colegas de trabalho somam mais peso a vida incerta que tem com Clark. Por isso decide deixá-lo. Mas Phillip não concorda com isso e numa cena muito bem executada, Phillip vai aos poucos se “despindo” do Clark e revelando o verdadeiro homem por trás do disfarce. Martha assiste a tudo aterrorizada. E o gancho fica para o último episódio desta temporada. Até mais, camaradas.

11df9d949e9e4adbca826b91a1432293

Referências:

“Sintonize na segunda às 21:30 para o episódio final de mais de duas horas e meia somente no Canal 5” – TV

The Americans vai chegando ao fim e no penúltimo episódio desta temporada mostra como está relacionando o contexto histórico da série com a cultura popular da época. Dessa vez, a série faz referencia a uma das séries de maior sucesso nos anos 1980, M*A*S*H. O anúncio de TV que Henry assiste é sobre o episódio final da série, que terminou em 1983 após onze anos no ar. A exibição do ultimo episodio bateu recordes de audiência nos Estados Unidos, uma marca que só foi quebrada em fevereiro de 2010 com a 44ª Edição do SuperBowl.

cabrera-trout-basic