[HISTÓRIA EM SÉRIES] Review | The Americans 3×05: “Salang Pass”

Para conferir o review dos primeiro episódios dessa temporada de The Americans, acesse História em Séries.

[CUIDADO COM OS SPOILERS, CAMARADA]

“Mas consciência pode ser algo perigoso”

– Gabriel

11df9d949e9e4adbca826b91a1432293Um episódio morno de The Americans que não trouxe muito do desenvolvimento que a série estava tendo nos episódios anteriores, no entanto planta a semente daquilo que pode ser desenvolvido até o final da temporada.

Resumindo, em “Salang Pass”, tanto Elizbeth quando Philip continuam trabalhando em seus alvos. Elizabeth fecha o cerco com Lisa, funcionária da Northrop, ganhando a confiança dela, ajudando-a seja na vida pessoal ou no trabalho. A situação de Philip não é melhor, como Gabriel mesmo reconhece, ele tem que lidar com Martha que quer adotar um filho, Paige e o seu batizado, Elizabeth e agora Kimberly, uma adolescente de 15 anos que Philip não está nada a vontade em realizar a missão, pois sabe que uma hora ou outra terá que ultrapassar os limites dos seus princípios. O interessante neste episódio foi Philip lembrando do treinamento sexual que tanto ele quanto Elizabeth tiveram no intuito de obter sucesso em suas missões. Não importa se será alguém de mais ou menos idade ou do mesmo sexo, o importante é parecer verdadeiro e ganhar a confiança do alvo. Philip não quer ultrapassar esse limite com Kimberly.

Stan tenta propor um acordo com Oleg. Beeman acredita que Zinaida é uma agente dupla, se Oleg conseguir comprovar isso, poderiam então fazer uma troca: Zinaida por Nina. Oleg leva a ideia adiante, mas até o fim do episódio não tinha nada que pudesse ajudar Stan. Yousaf pensou que estaria livre após ajudar Philip, mas nada é tão simples quanto parece.

Referências:

“Eles não a deixarão apodrecer no gulag se tiverem escolha” – Stan Beeman.

Enquanto conversa com Oleg, Stan Beeman fala sobre a oportunidade de trazer Nina de volta e livra-la do “gulag”. Os gulags eram campos de trabalho forçado da ex-União Soviética e foram criados após a Revolução Russa, em 1917, para prender os “inimigos” do Estado. Gulag é uma sigla que em russo significa”Administração Geral dos Campos” e estavam espalhados em todo o país. Eram locais de isolamento que aliava trabalho pesado a péssimas condições de vida. Na busca de proteção, foram criados códigos internos que deram origem a Vory v Zakone, a máfia russa. Os gulags existiram até os anos 1990.

Americans_205_30_WED10_FXWEB_1280x720_201202243582

“Os nicaraguenses estão muito felizes com a Emenda Boland” – Gabriel

Nos primeiro anos da administração do presidente Ronald Reagan, a Nicarágua vivia um guerra civil opondo o governo sandinista comunista contra o grupo rebelde Contra. Reagan, em 1981, assinou um documento que previa ajuda militar ao Contra, no entanto, em 1982, a Câmara dos Representantes aprovou a “Emenda Boland”, de autoria do deputado Edward Boland, que proibia os Estados Unidos de prestar qualquer tipo de assistência ao Contra com o objetivo de derrubar o governo da Nicarágua. No entanto, o governo conseguiu contornar a emenda e vendia armas aos rebeldes nicaraguenses.

FONTES: O que eram os Gulags, Boland Alteração.