[HISTÓRIA EM SÉRIES] Arquivo X | O Povo Anasazi e o Código Navajo

No último episódio da segunda temporada, o agente do FBI, Fox Mulder (David Duchovny), tem em suas mãos documentos bombásticos: relatórios confidenciais do governo que mostram a existência da vida extraterrestre, mas para a frustração do agente em sua busca pela verdade, os documentos estavam criptografados numa linguagem sem sentido.

Screenshot17

Texto criptografado no Código Navajo

Mulder pensava tratar-se de uma brincadeira de mau gosto, mas Dana Scully (Gillian Anderson) percebeu que os documentos estavam escritos na linguagem Navajo, num código utilizado pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial.

Mulder conhece Albert Hosteen (Floyd ‘Red Crow’ Westerman), um nativo norte-americano que ajudou na criptografia navajo e quem conduz o agente do FBI a um vagão repleto de cadáveres de híbridos humanos/alienígenas.

Screenshot86

Porém a conversa entre Mulder e Hosteen revela fatos importantes sobre os índios anasazi, um antigo povo norte-americano que desapareceu sem deixar vestígios. Para Mulder e Hosteen, os anasazi foram abduzidos.

Os Anazasi

Evidentemente que o povo anazasi não foi abduzido, apesar de até hoje os historiadores não terem encontrado uma resposta satisfatória para o desaparecimento desse grupo indígena.

Os anasazi formavam um antigo povo nativo norte-americano que viveu nos Estados Unidos cerca de 1200 anos a.C., mas precisamente nos território de Utah, Colorado, Arizona e Novo México.

A palavra “anasazi” é navajo que designava “os antigos” ou “antigos inimigos”. Acredita-se que os índios Hopi e os Zuni sejam descendentes dos anasazi, apesar de não se saber se esses povos descendem etnicamente ou geograficamente.

No Novo México encontra-se o berço da civilização anasazi, pois é lá que se encontram as primeiras habitações do grupo.

pueblo-bonito-15227

Pueblo Bonito em Chaco Canyon, Novo México.

A história dos anasazi continua envolta de muito mistério devido a escassez de fontes escritas. É a arqueologia que tem revelado o perfil desse antigo grupo de índios. Sabe-se, por exemplo, que eram nômades até se fixarem dando origem a uma nova cultura chamada de “pueblos”. Construíram povoados nas falésias dos grandes desfiladeiros do Colorado e no Novo México.

anasazi-0050

A partir do ano 1300, os anasazi se concentram na região do Arizona, no Vale do Grande Rio. Porém antes da chegada dos espanhóis, os anasazi somem sem deixar vestígios.

Não se sabe o que motivou o desaparecimento do povo anasazi. Existem várias hipóteses: mudanças climáticas, aumento da população, conflitos internos, porém a escassez de documentos não ajuda a determinar nenhuma das hipóteses levantadas.

O Código Navajo

Ainda neste episódio, o Código Navajo é usado para criptografar os documentos secretos do governo dos Estados Unidos, ocultando assim sua participação com experiências em seres alienígenas.

Historicamente, o Código Navajo foi usado pela Marinha dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial.

O conflito mundial que se estendeu de 1939 até 1945 foi o período onde várias tecnologias de criptografia foram desenvolvidas para transmissão de informações importantes. Os nazistas tinham o “Enigma”, enquanto os norte-americanos tinham uma máquina de criptografar utilizando a linguagem dos navajos, povo nativo localizado no sudoeste americano.

A ideia do código navajo surgiu logo após o ataque japonês a Pearl Harbor. Philip Johnston que viveu durante um bom tempo numa reserva navajo, falava fluentemente a língua, preparou para a Marinha uma demonstração na qual um operador navajo levava 30 segundos para criptografar três linhas do código enquanto que um operador não-navajo levava meia hora.

A escrita nativa era bastante complexava pois se baseava em centenas de palavras e símbolos. No episódio, conhecemos Arnald Hosteen, um dos “Code Talkers”, homens responsáveis por transmitir as informações na língua nativa e que só seriam decifradas por outros navajos. Mais de 400 índios navajos participaram da Segunda Guerra Mundial.

800px-General_douglas_macarthur_meets_american_indian_troops_wwii_military_pacific_navajo_pima_island_hopping

General Douglas McArthur com os soldados navajos – 1945