[QUADRINHOS] Grant Morrison e Rian Hughes produzem quadrinhos sobre liberdade de expressão para a BBC

the-key-grant-morrison-rian-huges-page02

Como parte de sua iniciativa Freedom 2014, que investiga o significado de liberdade ao redor do mundo, a BBC encomendou para o escritor Grant Morrison (Grandes Astros Superman e Batman) e Rian Hughes (Dan Dare) uma webcomic sobre o tema.

Leia também:

A dupla produziu a história em quadrinhos sem palavras The Key, que, segundo Morrison, mostra “um regime totalitário onde a liberdade não é uma prioridade… Temos um rebelde com uma chave pendurada em seu pescoço. Ela representa sua liberdade de expressão. Com o regime aparentemente executando este personagem dissidente, várias pessoas se dão conta de que elas têm suas próprias chaves. Isto dispara uma reação em cadeia nacional e as pessoas começam a agir.”

Hughes revelou em entrevista à BBC que a ideia inicial de Morrison era retratar o rebelde como um super-herói, mas que no final acabou optando por fazê-lo com um aspecto mais mundano, e de sexo indefinido. Mas seu visual ainda traz alguns toques de super-herói (reparem nas duas pontas no saco que cobre sua cabeça, que lembram as orelhas do Batman).

Em entrevista para a BBC, Morrison disse que, para ele, super-heróis “são figuras simbólicas. Eles têm que ser alguém com quem podemos nos identificar, e lidar com coisas de maneira bem direta.”

Sobre seu amor pelos quadrinhos como meio de expressão, ele diz que gosta deles “por permitirem que você fale sobre grandes idéias como liberdade, significado, e os motivos pelos quais estamos todos aqui.” E também que optou por fazer a história sem palavras para torná-la “mais abstrata e poética.”

E a respeito da universalidade do tema abordado Hughes disse que “a busca por liberdade e auto-expressão é uma história perene, e sempre atual de uma forma ou de outro. Sempre há algum lugar do mundo onde alguém está tentando controlar a expressão dos outros.”

Abaixo vocês podem ler a HQ na íntegra:

Este slideshow necessita de JavaScript.