[GAMES] ASSASSIN’S CREED UNITY: e a melhor resenha da internet!

bh5abzcsulwbmhcxcukv

Hello, my baby Hello, my honey Hello, my ragtime gaaaaaaaal.

Recentemente foi lançado o mais novo Assassin’s Creed (quer dizer, se você está lendo esse texto mais de duas semanas depois da sua publicação, é bem provável que a Ubisoft já tenha lançado outro AC), e nunca antes na história desse país desta internet um jogo conseguiu unir tanto os gamers em uma maré de ódio e revolta em torno do grande FODA-SE que a Ubisoft (a produtora do jogo) deu para os gamers.

O resumo da ópera é que eles tinham tanta certeza que o pessoal ia comprar o jogo apenas pelo nome (e acertaram nisso), que lançaram o jogo tão repleto de bugs, abuso das micro transações (coisas para comprar dentro do jogo com dinheiro real… em um jogo que já não é barato), e com tanta falta de tesão no seu desenvolvimento (sério, as quests devem ter sido criadas por um gerador aleatório em java), que o emputecimento público foi geral.

Para ter uma ideia de como a safadagem foi grande, quando questionados porque o jogo travava tanto e ficava lento em tantos momentos, eles responderam que INTENCIONALMENTE limitaram o jogo a 30 FPS para ficar mais “cinematográfico”.

Até "Marte Ataca" pegando as ruiva e voce aí na seca, né?

Até “Marte Ataca” pegando as ruiva e você aí na seca, né?

Vão se foderem com sabão cra-cra e que os seus cabelos do saco enrolem, eu jogo videogames há 30 anos, e sei reconhecer perfeitamente quando um jogo está travando e quando é parte da cena, obrigado!

Eu poderia passar horas comentando tudo de errado que esse jogo tem, mas na real, nada do que eu disser será mais épico que o comentário deixado na página da Amazon.com, portanto, apenas traduzirei para vocês esta pérola linda da interwebz:

xakwtaybx6sfc6lerc0q

AC Unity é o verdadeiro jogo next-gen. De fato é TÃO next-gen, que só deve estar pronto na próxima geração! Eu gosto de estar na vanguarda, e aprecio que a Ubisoft esteja lançando jogos que ainda estão sendo terminados, mesmo semanas depois de você ter acabado de jogá-los.

Eu também adoro a integração forçada com um app, assim como com um website. Como isso funciona é que você loga com sua conta uplay, para experimentar tantas mensagens de erro, que os consoles da geração passada sequer conseguiriam mostrar todas elas na tela ao mesmo tempo.

gl8ezlehcujiznvyawle

O jogo em si (sem spoilers) gira em torno de Arno, um assassino na busca de baús trancados que requerem um joguinho de celular que você usa micro transações para desbloquear. Você sobe ele de nível “hackeando” na sua própria conta bancária e drenando dinheiro do mundo real a 60 FPS. O resto do jogo roda a sólidos 12 FPS, o que é o DOBRO de cinematografia… não é pouca coisa!

Uma vez que você terminou de “jogar” um website no seu computador, Arno finalmente está pronto para cair através do chão e entrar em um abismo branco…

O momento definidor do jogo são esses momentos em que você simplesmente cai no céu, que acuradamente existia embaixo da Paris de 1700, e que também são alguns dos momentos mais tensos e dramáticos da história dos videogames até hoje: o jogo vai dar pau? O jogo vai dizer que você morreu e deixar começar de novo, ou vou ter que reiniciar o console? Será possível reiniciar o console?

Os resultados são aleatórios, então cada glitch é uma nova surpresa!

Muitas pessoas não “sacaram” a evolução de Assassin’s Creed e, na real, deveriam gastar seu tempo para pegar um livro de história ao invés disso. Lá elas poderiam ler sobre as pessoas flutuando no céu de Paris, e as longas batalhas contra os “pop-ups” nas ruas. Mesmo nos dias de hoje, muitos parisienteses só se materializam após você já ter passado por eles. São nestes pequenos detalhes que a Ubisoft acertou tão em cheio, eles merecem aplausos gravados com milhares de trechos de audio aleatórios, que deveriam pertencer a outra parte – igualzinho você ouve nas cutscenes do jogo.

Após jogar essa pérola, eu decidi pegar um voo para Montreal amanhã mesmo, para começar a jogar o Assassin’s Creed 9 de 2018. O único defeito do Unity é que ele é terminado DEMAIS, então, estou na esperança que os caras da Ubisoft me deixem plugar meu controle em uma máquina quebrada de vender refrigerante, que só come dinheiro sem dar nada em troca do que eles tiverem por lá no estúdio.

n18tgsjmf9vwk2gjdj2m

Update: a Ubisoft mencionou que eles estarão lançando um patch que pode “resolver” (nota do editor: o patch saiu e não resolveu porra nenhuma até agora) algumas destas pequenas incorreções históricas irrelevantes. Por este motivo, apenas estarei baixando minha nota para 1 estrela. Se eu quisesse jogar um jogo que estivesse pronto, eu não teria comprado um jogo da Ubisoft no dia do lançamento, dã. Vaias para você, Ubisoft, esperávamos menos de ti!

4 thoughts on “[GAMES] ASSASSIN’S CREED UNITY: e a melhor resenha da internet!

  1. Eu curtia muito a série do A.C, mas a Ubsoft cresceu o olho e começou a inventar moda com um zilhão de historia que eu nem sei mais qual é o sentido da historia.

Comments are closed.