[GAMES] As 10 melhores trilhas sonoras de video game (Parte I)

Ao pesquisar em vários locais sobre listas de melhores trilhas sonoras de jogos de todos os tempos, notei que alguns títulos eram citados em todas as listas. Fiquei então com a melhor compilação (em minha opinião, obviamente) feita no site rate your music. Segue uma tradução livre (com alguns apontamentos incluídos). 

10 – Dragon Quest VIII (2004, por Koichi Sugiyama)

dragon-quest-8-banner

Koichi Sugiyama, um dos compositores de música para video game mais famosos do Japão criou uma trilha sonora maravilhosamente orquestrada com algumas das mais bonitas canções já feitas. Faixas como “Mysterious Tower” e “Heavenly Flight” são algumas das canções mais belas que ouvi. Mesmo que você não ouça nada além de black metal, elas ainda podem tocar seu coração.

9 – Castlevania: Lament of Innocence OST (2005, por Michiru Yamane)

3693

Embora menos melódica que a trila de “Curse of Darkness” de um modo geral, “Lament of Innocence” é a mistura perfeita entre música clássica e música moderna. Há uma tonelada de variações na trilha, com músicas que vão de iradas (no sentido literal) até músicas de baile, igreja, darkwave, techno e Deus sabe o que mais. Ou seja, é incrível! Mesmo não tendo guitarras tocando rock (“Curse of Darkness” fez isso bem) a trilha é mais que perfeita para criar uma inacreditável atmosfera sonora – e tudo com aquele toque mágico de Castlevania.

8 – Final Fantasy VII (1997, por Nobuo Uematsu)

final_fantasy_vii_sephiroth_cloud_strife_barret_tifa_desktop_1920x1200_hd-wallpaper-823489

Esse jogo geralmente é excluído em votações para listas dos melhores jogos do mundo porque ele sempre está em primeiro lugar. Então é natural que sua trilha esteja entre as 10 melhores. Final Fantasy VII (o jogo e a trilha) sempre serão queridos por mim por terem efeito mais nostálgico do que qualquer outro game. Quando digo nostálgico, não quero dizer velho. Falo daquela sensação que você tem quando olha para trás um dia e se lembra exatamente onde você estava e como você se sentia naquele exato momento e vê que era um dos melhores momentos de sua vida, sem razão específica. Muitas das melodias agridoces, como “Aeris’ Theme”, “Ahead On Our Way” e o tema principal (e suas versões ao longo do jogo) são perfeitos exemplos disso. Dentre outras, “Aeris’ Theme”, em particular, é obviamente uma das canções mais tocantes de todas. Se por um lado a qualidade sonora do jogo não é muito boa  tecnicamente, a trilha está entre as melhores coisas que já ouvi.

7 – Dark Cloud (2001, por Tomohito Nishiura)

dark-cloud-picture-6

Dark Cloud tem provavelmente uma uma das trilhas de RPG mais subestimadas. Enquanto algumas trilhas de RPG tendem a ser compostas de faixas longas e numerosas (“Final Fantasy IX” tem, por exemplo, 110 faixas) e normalmente tem canções tediosas e detalhadas, Dark Clouds vai para um lado mais simples das coisas. Isso contribui para que muitas faixas sejam memoráveis. Mesmo depois de anos sem jogar é possível lembrar o lugar do jogo em que determinada faixa toca. A canção tema é uma das músicas mais “aventureiras” que já ouvi e os primeiros 30 segundos de “The Corridor of Time” sempre me tocaram. O que acho interessante nessa trilha é que mesmo com a maioria das canções sendo bem curtas e repetitivas, não me importo nem um pouco. É o único jogo de que posso dizer isso.

6 – Chrono Trigger (1995, de Yasunori Mitsuda)

Chrono-Trigger-Wallpaper-91

Nunca me esquecerei da primeira vez que vi a intro desse jogo – mudou a minha vida. “Chrono Trigger” tem algumas das melhores trilhas sonoras de todas. Cada uma de todas as faixas é tão memorável que não preciso nem ouvir as canções para saber como elas soam, posso tocá-las em minha cabeça só de lembrar como me sentia ao ouvi-las quando joguei. É uma das trilhas mais inovadoras de seu tempo, especialmente quando ouvimos “Corridor’s of Time”, “Zeal’s Palace” e “Ocean’s Palace”. Ainda não há nada que soe como algumas das faixas desse álbum.