[GAME] Game Design Jam 2017 – Se7i

Video Games são uma forma de lazer e diversão que a cada dia consegue mais e mais adeptos. Entre os milhões de jogadores muitos deles têm o sonho em comum de serem produtores de jogos. Talvez você também tenha esse sonho, e possivelmente vive sendo desencorajado por parentes e conhecidos, que dizem que fazer um jogo é muito difícil, caro e demorado. E como nós, brasileiros, temos vendido o almoço pra comprar a janta, o sonho, com o tempo, passa a parecer apenas um devaneio infantil.

Mas não desanime, eu digo, a cada novo ano o mercado de games vem descobrindo jogos indie que vêm chamando muita atenção de mídia especializada, e adquirindo fãs e mais fãs. Jogos como Undertale, Cuphead, Super Meat Boy e Darkwood foram feitos por equipes pequenas, com baixos orçamentos, e alguns até mesmos financiados pelos jogadores em sites de crowdfunding.

Esses jogos, em sua maioria, apresentam temáticas e estilos únicos, e foram feitos por pessoas que são fãs como nós. E a prova definitiva de que o jogo está virando para os desenvolvedores indies são as chamadas Game Jam, eventos em que alguns grupos de pessoas “se trancam em uma sala por uma determinada quantidade de horas e produzem um jogo”. Um jogo conhecido, cujo beta surgiu em uma Game Jam, é o The Binding of Isaac, que vendeu mais de 3 milhões de copias.

Na minha ultima excursão da faculdade, fui para o evento Se7i na UFLA (Universidade Federal de Lavras). Uma das atividades que foram realizadas lá foi uma Game Jam, de que infelizmente não pude participar, mas acabei conhecendo um dos realizadores do evento, Nicolas Campana, que me explicou como o evento funcionaria, e ainda escreveu uma declaração pós-termino do evento para o site, sobre o retorno do evento:

Primeiro, gostaria de agradecer a oportunidade de estar dividindo minha experiência com você, e posteriormente com outras pessoas. Participar de Game Jams, é algo que venho fazendo há um bom tempo, porém, nunca havia organizado uma. Foi uma sensação única, ver várias pessoas se dedicando dias a fio, para terminar seu jogo, sem nunca antes ter desenvolvido um, e ao chegar ao final, receber um feedback tão bom, tanto dos outros participantes, quanto da equipe organizadora. A participação de Game Jams, é uma das mais importantes tarefas de uma equipe/pessoa que quer desenvolver jogos, seja como hobby ou profissionalmente, atestando sua capacidade técnica, trabalho em equipe, trabalhar sob pressão, criatividade, realização e sinergia, então não percam oportunidade de aceitar esse desafio!

Com toda certeza teremos próximas edições, e essa primeira vai ficar marcada pra sempre na história da UFLA e do DCC. Agradeço demais a cada um dos membros do Game Design Lab/DCC, que, junto comigo, realizaram um evento inédito. Agradeço também ao Se7i pelo espaço cedido para a sua realização dentro do evento. E por fim, agradeço a cada um dos participantes, pois sem eles e elas, não haveria nenhuma Game Jam.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A oportunidade de participar de uma Game Jam é algo de que vale a pena correr atrás. Nesse tipo de mercado cada um cria sua oportunidade e muitos sonhos de criança acabam virando algo grande no final das contas.

Deixe uma resposta