[EDITORIAL] Stephen King: Prepare-se para uma semana inteira dedicada ao mestre!

stephen-king-cover-ftr[1]

Depois do sucesso da nossa Semana Lovecraft, é a vez de outro grande mestre da literatura de horror ganhar alguns dias em sua homenagem aqui no NGF.

 Hoje Stephen King faz 67 anos e nós, do Nerd Geek Feelings, achamos que a melhor maneira de parabenizá-lo seria com uma semana inteira de postagens especiais dedicadas a ele. Então se Prepare para galerias de imagens, listas e mais listas, curiosidades, entrevistas clássicas e raras traduzidas e muito, muito mais! King é, sem nenhuma dúvida, o maior escritor de literatura de horror vivo. Suas obras extrapolaram, há muitos anos, as páginas de seus livros e se tornaram diversas séries e filmes (é considerado um dos autores com mais adaptações áudio-visuais), além de servir de inspiração para inúmeros artistas nas mais diversas áreas. Stephen King dispensa qualquer apresentação, mas se por acaso você não sabe muito sobre ele, não conte para ninguém e leia essa pequena bio, originalmente publicada no site brasileiro dedicado ao escritor, Stephen King Brasil. Assim você se prepara melhor para o vem por aí!

Stephen Edwin King é um autor norte-americano. Nascido em 21 de setembro de 1947, em Portland, no Maine, cresceu lendo quadrinhos de terror/suspense, fato que estimulou seu amor pelo gênero, fazendo com que se tornasse um dos escritores mais prolixos a trabalhar com o tema.

De 1966 a 1971 King estudou Inglês na Universidade do Maine, em Orono, onde escrevia regularmente de uma coluna intitulada “King´s Garbage Truck” para o jornal “Maine Campus”. Foi nessa época que conheceu sua atual esposa Tabitha King (na época ainda se chamava Tabitha Spruce), com a qual se casou em 1971.

King chegou a morar em um Trailer, enquanto lecionava na Academia Hampden em Hampden, Maine. Nesse ínterim escreveu histórias curtas, a maioria direcionada a revistas masculinas. Seu primeiro romance publicado foi “Carrie”. Inicialmente, King achou o romance tão ruim que o jogou no lixo. Sua esposa foi quem resgatou o esboço e o incentivou a continuar escrevendo. Quando terminou, King vendeu o manuscrito por $2.500 dólares, arrecadando posteriormente cerca de $400.000 com direitos autorais da obra, que virou filme nas mãos do diretor Brian de Palma.

King passou por diversas dificuldades até se tornar escritor renomado. Uma delas foi com a bebida. Ex-Alcoólatra, no início King passava a maior parte do tempo bêbado. E foi essa época conturbada de sua vida que inspirou um dos personagens mais conhecidos de seus livros, Jack Torrance, personagem do romance “O iluminado”. Em 1980, porém, King consegue se desvencilhar de vez do vicio e se mantem sóbrio desde então.

Outro fato marcante de sua carreira se deu em 1999, quando, ao fazer sua caminhada diária, foi atropelado perto de sua por uma Van desgovernada (curiosidade: no primeiro episódio da minissérie “Kingdom Hospital”, escrito pelo próprio King, há uma espécie de “reconstituição” desse fato) chegando quase ao óbito. Posteriormente King comprou a Van que o atropelou e a destruiu.

A partir de 1996 King passou a se aventurar em outras mídias, lançando o conto“Riding the bullet”, seguido posteriormente pelo conto inacabado “The Plant” em formato de ebook (livro digital). Com diversos trabalhos também como roteirista de filmes, seriados e até peças de teatro, King é um dos autores mais versáteis de sua época. Até 2011 havia publicado ao todo 49 romances (7 sob o pseudônimo de Richard Bachman), 9 livros de não-ficção e nove coletâneas de contos. Stephen King é um dos autores de maior sucesso no mundo e seus livros (grande parte adaptada para as telas do cinema por diretores como Brian de palma, Stanley Kubrick e George Romero) já venderam mais de 350 milhões de cópias e foram publicados em mais de 40 países. Atualmente vive em Bangor, no Maine, com sua esposa Tabitha King.


Compre aqui obras de Stephen King!