[CURTA] “Strange Beasts” imagina uma evolução possível da realidade aumentada.

Já faz alguns anos desde que se fala de realidade aumentada, essa tecnologia, ainda em desenvolvimento, que promete sobrepôr a realidade virtual à nossa realidade física e palpável. Enquanto ela não alcançou o potencial que muitos vislumbram no horizonte, cabe à ficção científica mostrar-nos como ela pode ser.

Magali Barbé escreveu, dirigiu e produziu o curta Strange Beasts, que imagina um futuro próximo em que será possível criar seu próprio animal de estimação virtual e interagir com ele no mesmo passo em que ele interage conosco e o nosso mundo. O resultado se assemelha a uma versão mais avançada do que, em teoria, é Pokémon Go (sem os embates entre os monstrinhos, e com uma integração e interação maiores entre estes e a nossa realidade).

Confira o curta a seguir: