[CURIOSIDADES] Guardiões da Galáxia: easter eggs, referências, e aparições do filme

guardians-of-the-galaxy-zoe-saldana-chris-pratt

Duas semanas se passaram desde a estréia de Guardiões da Galáxia nos cinemas, e já podemos dizer que, além de ser um dos maiores sucessos de 2014, é um dos filmes do Marvel Studios mais recheados de easter eggs para os fãs de longa data dos quadrinhos, usados como base para este e outros filmes do estúdio.

Abaixo você encontrará vários deles (não todos, porque alguns são só para os fãs hardcore dos quadrinhos, e para os que estiverem dispostos a explorar mais a fundo o filme). Obviamente ele está cheio de SPOILERS!

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-collector-museum

Taneleer Tivan, o Colecionador, pode muito bem ser interpretado como uma representação exagerada do público nerd, atrás de artefatos e objetos raros para suas preciosas coleções. Chute quem é o Colecionador (The Collector) que aparece no filme Guardiões da Galáxia. Sim. É o Benício Del Toro. Para quem viu e prestou e atenção, ele aparece também na cena pós-créditos de Thor: O Mundo Sombrio.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-dark-elfs

E já que falamos de Thor: O Mundo Sombrio, um dos Elfos Negros, que são os principais antagonistas do filme do Deus do Trovão,  é visto entre os objetos do Colecionador, num abrigo de vidro como se fosse um animal em exposição.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-cosmo-space-dog

Outro que animal exposto no museu do Colecionador, diretamente saído dos quadrinhos, é Cosmo, o Cão Espacial, cobaia de testes do Programa Espacial Soviético que passou por mutações e ganhou poderes telepáticos e telecinéticos. Nas HQs ele é o chefe de segurança de Lugarnenhum, e foi por um tempo um membro dos Guardiões. Como ele escapa do museu durante o filme, e permanece por lá, pode ser um potencial membro da equipe no segundo filme, caso ela volte ao local.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-chitauri

Também é visto no museu do Colecionador um soldado Chitauri, que pra quem não se lembra foi a raça alienígena que atacou a Terra na já histórica Batalha de Nova York em Os Vingadores.

Fãs dos personagens cósmicos da Marvel também podem comemorar a aparição do casulo de Adam Warlock entre os artefatos do Colecionador. Pra quem não o conhece, ele é um ser criado artificialmente num complexo científico conhecido como Colméia. Uma de suas habilidades especiais é criar em torno de si um casulo regenerativo em questão de segundos. É possível que o personagem tenha escapado de Lugarnenhum após a destruição do museu do Colecionador, e Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, não descartou a possibilidade de ele aparecer na continuação de Guardiões. Especula-se que ele também aparecerá em Vingadores 3, relacionado à saga das Jóias do Infinito, pois o personagem já se envolveu em conflitos com Thanos.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-sony-tps-l2-walkman

O modelo de Walkman pertencente a Peter Quill é um Sony TPS-L2, considerado, na época de seu lançamento, um aparelho capaz de revolucionar o conceito de música como algo bem pessoal (como uma trilha sonora própria). Curiosamente, a Sony é rival da Marvel em razão de uma dissidência por causa dos direitos sobre o Homem-Aranha. Mas, como o aparelho em questão foi a introdução a um conceito novo de música, e os aliens sequer conheciam música, nada melhor do que um Sony TPS-L2 para apresentar o conceito de sonoridade bem utilizada aos seres espaciais. Preparem-se para ver muita gente querendo um modelo vintage desses por aí.

A cena inicial do filme Guardiões da Galáxia é claramente inspirada na cena inicial de Os Caçadores da Arca Perdida, na qual Indiana Jones rouba a cabeça de um ídolo de ouro. O que quebra a seriedade da cena é a dancinha freak de Quill.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-12-percent

Em Guardiões da Galáxia, Peter diz aos amigos, em uma cena, que ele tem 12% do plano – é nessa cena, aliás, que Rocket tem a risada “mais sincera e histérica de toda a sua existência.” Algum nerd aí lembra a porcentagem oferecida por Stark à senhorita Pepper Potts por ajudar no projeto da Torre Stark? Quem falou 12% acertou em cheio.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-rocket-racoon-backstory

Rocket, nosso querido e muito mal-encarado guaxinim, é um animal geneticamente manipulado. Esse fato não é falado abertamente no filme, ou explicado. Mas isso fica evidente quando o grupo de tapados Guardiões é preso, e Rocky veste as roupas de presidiário. Podemos ver em suas costas muitos implantes eletrônicos. Há ainda outra cena em que isso fica claro: quando Rocky e Drax, bêbados, começam a brigar e o pobre roedor acaba fazendo um desabafo triste sobre ter sido “feito e refeito.”

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-drax

A grande motivação de Drax, durante toda a saga dos Guardiões, é promover vingança. Na HQ, Drax tem sua existência vinculada à de um ser humano, Arthur Douglas, que é morto, junto com sua família, por Thanos. Um Titã (Kronos) salva a alma de Douglas dando-lhe outro corpo, transformando-o em Drax, O Destruidor.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-knowhere

Lugarnenhum (Knowhere), a colônia de mineração criada dentro da cabeça decapitada de um Celestial morto, nos quadrinhos foi uma das bases de operações dos Guardiões. Um dos Celestiais, Eson, o Pesquisador (Eson, The Searcher), aparece rapidamente no “flashback holográfico” durante a sequência em que o Colecionador conta aos Guardiões a origem das Jóias do Infinito.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-celestials

O diretor James Gunn confirmou que o filme introduziu a quarta Jóia do Infinito. O Orbe é a Jóia do Poder.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-singularities

Vale aqui uma lembrança de onde vimos as outras Jóias:

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-howard-stark-notebook

Em Homem de Ferro 2, enquanto Tony Stark vasculha alguns papéis de seu pai, Howard Stark, podemos ver, de relance, um desenho do Tesseract/Cubo Cósmico.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-skull-tesseract

Em Capitão América: O Primeiro Vingador, o Tesseract era o ponto central do plano da Hidra, então liderada pelo Caveira Vermelha, para a produção de armas para conquistar o mundo.

O cajado de Loki, visto em Os Vingadores, que é a Jóia da Mente, está atualmente sob a posse do Barão von Strucker (conforme revelado na cena pós-créditos de Capitão América 2: O Soldado Invernal); o Éter, introduzido em Thor: O Mundo Sombrio, que é a Jóia da Realidade, foi entregue ao Colecionador na cena pós-créditos do filme; e o Tesseract, ou Cubo Cósmico, a Jóia do Espaço, está guardada em Asgard.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-infinity-gems

Vale lembrar também de que a Manopla do Infinito, artefato capaz de unir o poder de todas as Jóias, já foi vista rapidamente na sala de tesouros de Asgard em Thor (2011).

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-sean-gunn

Sean Gunn, irmão do diretor James Gunn, interpretou tanto Rocket Raccoon quanto Thanos durante as filmagens, emprestando seus movimentos aos personagens. Além disto, é de sua autoria uma das falas favoritas de Gunn: “Um bando de idiotas de pé formando um círculo” (A bunch of jackasses standing in a circle), dita por Rocket, cuja voz é do ator Bradley Cooper.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-rocket-racoon-bradley-cooper

A já famosa e encantadora cena de dança final de Groot teve seus movimentos baseados numa dança de James Gunn. Inicialmente a cena entraria no meio ou no fim dos créditos, mas ele preferiu antecipá-la para que a maior parte dos espectadores não a perdessem.

little-groot-dancing

Pra quem é mais novo e não entendeu a referência do filme, Kevin Bacon interpretou o herói do lendário Footloose, musical de 1984, que foi recentemente parodiado na capa de Backstory Magazine:

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-footloose

Em dado momento Peter Quill apelida Groot de Árvore Generosa (“Giving Tree”), remetendo ao livro clássico infantil escrito por Shel Silverstein, referência que inspirou a fan art abaixo (à direita da capa original do livro):

Outra referência literária de Guardiões da Galáxia ocorre quando Peter se refere a Rocky como “Ranger Rick”, um guaxinim antropomorfizado, mascote de uma revista infantil publicada nos EUA desde 1967.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-ranger-rick

Quem foi impaciente, e não esperou até o final dos créditos, ou que até esperou, mas não prestou atenção nas letrinhas, pode ter perdido essa piadinha no final deles:

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-funny-credits

“Nenhum guaxinim ou árvore foi ferido durante a produção deste filme.”

O Yondu do filme, interpretado por Michael Rooker, é bem diferente da versão dos quadrinhos. O original era um caçador/arqueiro da tribo Zatoan, nativo de Centauri IV, e foi um dos membros fundadores da primeira equipe de Guardiões da Galáxia, que veio do futuro (saiba mais sobre ela aqui). O do filme é um mercenário/pirata espacial que abduziu e adotou Peter Quill quando criança. Sua habilidade com arco e flecha foi adaptada para um aparato tecnológico que permite a Yondu controlar uma flecha usando “telecinese artificial” (ou você pensou que era só com o assobio? basta notar que seu “moicano” brilha sempre que a flecha se move).

Um dos mais persistentes inimigos dos Guardiões da Galáxia são os aliens reptilianos conhecidos como Badoons. Infelizmente os direitos sobre o uso do nome estão com a Fox, pois a primeira aparição deles foi numa edição do Surfista Prateado, cujos direitos também estão com o estúdio. Por isto, a tropa de aliens comandados por Ronan foi substituída por membros da raça Sakaaran, que também existe nos quadrinhos, e teve um papel importante na saga Planeta Hulk.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-sakaarans

Carina, a assistente alienígena do Colecionador interpretada por Ophelia Lovibond, é possivelmente Carina Walters, que nos quadrinhos é filha do Colecionador, e futura esposa de Michael Korvac (o vilão conhecido como O Inimigo).

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-carina-walters

A Tropa Nova foi introduzida no filme, mas não o herói Nova, que nos quadrinhos é um humano chamado Richard Rider que ganhou poderes e tornou-se uma autoridade no planeta Xandar, onde ele é o correspondente ao Capitão América. O herói apareceria no filme, mas foi descartado. Abaixo segue uma arte conceitual feita durante a pré-produção:

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-nova-concept-art

Rhomann Dey, interpretado por John C. Reilly,  nos quadrinhos foi o líder da Tropa Nova e um dos poucos sobreviventes da devastação do planeta por Warlord Zorr. O ataque matou a maior parte da população de Xandar, incluindo a esposa e a filha de Dey, que aparecem no final do filme numa cena rápida.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-denarian-saal

Rhomann Dey (John C. Reilly) e Denarian Saal (Peter Serafinowicz)

Denarian Saal, interpretado por Peter Serafinowicz, tem o mesmo sobrenome de Garthan Saal, que nos quadrinhos foi o único membro da Tropa Nova a sobreviver após a destruição de Xandar pelas mãos de Nebula (ou Nebulosa, como foi traduzida no filme), filha de Thanos. Saal tornou-se o Supernova original.

guardians-of-the-galaxy-easter-eggs-supernova

E pra encerrar, sabe o hit Hooked on a Feeling, que deixou todo mundo louco pra assistir o filme quando tocou em seu primeiro trailer? Ela também estava presente no primeiro filme de Quentin Tarantino: Cães de Aluguel (Reservoir Dogs, 1992). Assista no vídeo abaixo a cena em que ela toca, e reparem em qual personagem da Marvel aparece num pôster na parede do quarto do Mr. Orange (Tim Roth) pouco antes de ele sair de casa, e a música começar a tocar:

Fontes: Bam! Smack! Pow! e /Film

One thought on “[CURIOSIDADES] Guardiões da Galáxia: easter eggs, referências, e aparições do filme

Comments are closed.