[CONSPIRAÇÕES] Ufologia – Os astronautas do passado

Todo nerd gosta de uma boa teoria da conspiração. E como falar em conspiração sem lembrar de um assunto tão polêmico quanto ufologia?

20130429-163013.jpg

Desde que o ser humano desenvolveu seu intelecto não desenvolveu muito, na verdade, ele se pergunta a respeito da existência de vida inteligente além das fronteiras da praticamente inofensiva Terra.

Mas as questões que abordarei não envolvem extraterrestes que habitam outros mundos, mas os que estão e estiveram aqui… E desde quando eles estariam entre nós?

Tá, eu sei, muita gente por aí não deixa dúvidas de sua origem interplanetária em razão de sua aparência.

20130429-163539.jpg

Mas não é desse tipo de ETs que estou falando.

Vamos falar da já conhecida Teoria dos Antigos Astronautas.

Não se sabe bem a razão dos alienígenas por nosso mundo, mas, junto à história de cada civilização, há sempre alguns indícios de presenças estranhas, não humanas. Os povos mais primitivos (egípcios, sumérios, astecas, etc) costumavam atribuir a presença desses elementos não humanos a um tipo de manifestação divina. Mas mergulharemos mais fundo na parte das divindades num próximo post.

Seguindo uma pequena cronologia, vamos tentar entender melhor essa teoria, por meio de eventos e evidências.

500 milhões anos – Utah

20130429-170239.jpg

No ano de 1968, o arqueólogo William Meister encontrou nas colinas de Antelope Springs, os fósseis de duas pegadas, não de pés, mas de botas. De acordo com o teste de carbono 14 ao qual o material foi submetido, as pegadas datam de cerca de 500 MILHÕES de anos atrás. Ou seja, MUITO antes do aparecimento da raça humana, e provavelmente antes de inventarem botas.

10.000 a.c. – Discos de Baian-Kara-Ula

20130429-171641

Por mais de 50 anos, a agência de inteligência chinesa (SHAN) pesquisou e estudou materiais “alienígenas” encontrados no país. Não há relatos escritos hoje em dia, mas ainda hoje arqueólogos chineses guardam os misteriosos discos de Baian-Kara-Ula, e alguns esqueletos de humanoides que teriam vivido nas proximidades do planalto tibetano, chamados de Anunaki, cujos esqueletos se assemelham aos nossos, diferindo apenas em tamanho.

Os anunaki teriam deixado a Terra há cerca de 12.000 atrás, sobrando poucos de sua espécie.

5.600 a.C. – Estâncias de Dizan

Ainda na China, temos compilações de lendas orientais também conhecidas por Estâncias de Dizan. Datados de cerca de 10 mil anos ou menos, esses relatos contém a narrativa da chegada dos “homens do espaço”, capazes de lançar “trovões” e “dardos flamejantes”. O pergaminho chega a falar de uma cidade terrestre que fora completamente queimada, tendo o ar sido contaminado por uma “poeira venenosa”. O efeito descrito se iguala ao efeito da Carga fotônica (queima e libera radiação).

20130429-173230.jpg
Curiosamente, as Estâncias de Dizan ou Dzyan se assemelham à história relatada em A civilização de Capela.

3500 a.C. – Os Vimanas da Índia

Não é raro que encontremos nos escritos hindus a menção a objetos voadores, carruagens celestes e máquinas voadoras, que receberam o nome de Vinamas.

As referências aos objetos capazes de levantar voo estão também em pinturas da época, esculturas do período… E pasmem… Na literatura lúdica também!

Já ouviu falar de Alladin?

20130429-180013.jpg
Apesar d’As Mil e Uma Noites serem de origem semita e não hindu, não é difícil imaginar de onde veio a ideia de um tapete voar, sendo os povos orientais tão próximos em sua cultura.

2334 a.C. – Eridu, Mesopotâmia

Placas sumérias, hoje guardadas em museus no Cairo, descrevem parte da história da cidade de Eridu, que segundo o que é relatado nas primitivas escrituras, fora destruída por um “gigantesco mostro marinho”. Mito? Talvez.

Mas Lovecraft não pensaria assim…

lovecraft por francesco francavilla
Pois é, nerd… A cidade de Eridu era a sede do culto aos deuses dos mitos de CTHULHU, seres que vinham do espaço e se escondiam nas fossas abissais dos oceanos.

1671 a.C. – Egito

Hieróglifos encontrados na tumba do faraó Amen-hotep I falam sobre a invasão da cidade de Dara por criaturas descritas como alienígenas.
Até aí, nada de impressionante.

O problema é que grande parte das múmias da região foram encontradas com marcas de queimaduras que, segundo pesquisadores, só poderiam ter sido causadas por radiação.

60 a.C. – Clipei ardentis

Praticamente todas as culturas antigas têm relatos acerca de luzes misteriosas, objetos voadores inexplicáveis, avistamentos de elementos estranhos…

Um desses fenômenos se destaca em Roma (a antiga Roma). Não raramente romanos viam “discos metálicos capazes de emitir luzes”.

220 d.C. – Kukulkan

20130429-182427.jpg
Mesmo sendo um povo moreno (autóctone), o povo Maia acreditava na existência de um Deus branco. Sim, um deus de pele branca, à semelhança dos Europeus, mesmo sem ainda tê-los conhecidos e antes de serem dizimados. Foi inclusive a identidade desse deus branco, tão diverso de seu povo, que nasceu o grupo racista KKK.

Mas como eles pensaram em um ser diferente de si mesmos, mas tão semelhante a outras raças? E por que sacrificavam pessoas em seu nome?

Outra curiosidade era a forma como alguns desenhistas representavam Kukulkan com a cabeça proeminente na parte de trás do crânio. Tipo esses esqueletos misteriosamente achados na região:

20130429-184434.jpg

Ainda não está impressionado? Seguem abaixo, então algumas imagens datadas de épocas remotas, e provenientes de lugares diferentes. (não, não tenho as datas aqui)

Bem, da próxima vez que entrarmos nesse assunto, falaremos das “aparições” atuais…

Não que eu acredite… 😉

(fonte: Protocolo Bluehand Alienígena, SPOHR, Eduardo – Nerdbooks)

3 thoughts on “[CONSPIRAÇÕES] Ufologia – Os astronautas do passado

  1. Façam o favor de retirar essas imagens falsas de esqueletos gigantes. São nitidamente montagens, o que faz perder a credibilidade da teoria pra quem le a postagem e desconhece o assunto.

Comments are closed.