[CINEMA] STAR WARS VII: entenda a polemica do Stormtrooper negro

lead

Star Wars é realmente uma marca poderosa: bastou um teaser de pouco mais de um minuto para gerar dias de conteúdo. Alguns são bem legais, como a onda de zoeira que foi criada quase instantaneamente ao teaser.

Outros, no entanto, não são tão legais e nos lembram que para cada coisa legal que vemos na internet ao menos outras duas profundamente idiotas surgem para eclipsar o seu lugar.

A vergonha alheia desta vez, para surpresa de ninguém, é o racismo.

Tudo começou porque uma das primeiras cenas do teaser é o ator John Boyega vestido como Stormtrooper parecendo mais perdido que cusco que caiu do caminhão de mudança. A chorumela começou porque John Boyega é negro.

E daí que ele é negro? Ora, para muitas pessoas tem muita coisa ver um negro fazendo qualquer coisa que não seja “coisas de negro” (não me pergunte o que seria isso, eu só reporto as babaquices não as crio) deve ser podada antes que se espalhe.

Parece absurdo ler isso já praticamente em 2015, mas infelizmente é o mundo que vivemos

Procurar o Kyle: a Internet em uma casca de noz

Procurar o Kyle: a Internet em uma casca de noz

MAS ESPERA, TODOS OS STORMTROOPERS NÃO ERAM REALMENTE CLONES CAUCASIANOS?

Não, isso não é verdade. O exército do Império, os stormtroopers realmente foram criados como clones do caçador de recompensa Jango Fett para lutarem nas guerras clonicas.

Jango Fett, alias, não era sequer perto de ser branco – ao contrário do que a fantasia dos racistas da internet sonha. O ator que o interpretou, Temuera Derek Morrison, tem pele parda e descendência maori.

Temuera_morrison

Segundo os racistas, os clones desse cara deveriam ser caucasianos. Ceeeerto…

Mas mesmo que fosse esse o caso, o que acontece é que na época do episódio IV – quase trinta anos após a criação dos clones – o Império está recrutando pessoas para suas fileiras.

Isso não só é dito com todas as letras como é um dos conflitos internos do PROTAGONISTA da série, Luke Skywalker.

Sério, o sonho de Luke é deixar o buraco poeirento esquecido pela Força que é Tatooíne se alistando no Império e dando o fora como todos os seus amigos fizeram. Isso não é headcanon, não é teoria conspiratória, não é conclusão de fórum, não requer conhecimento do universo expandido nem ler livros obscuros que só foram lançado em mandarim ao contrário. É A PORRA DO TEMA DO FILME!

Vou repetir mais uma vez, porque sei que ler frases complexas (tipo com mais de 5 palavras) costuma causar hemorragia nas pessoas: O IMPÉRIO RECRUTAVA PESSOAS PARA SUAS FILEIRAS E ISSO É DITO CLARAMENTE COM TODAS AS LETRAS DA FORMA MAIS CLARA POSSÍVEL.

Ou seja, não existe o menor fundamento para reclamar disso exceto o fato mesmo que o cidadão apenas odeia negros.

O real e único motivo que leva alguém a reclamar do ator vestido de Storm Trooper ser negro

O real e único motivo que leva alguém a reclamar do ator vestido de Storm Trooper ser negro

A putaria foi tão grande que o ator John Boyega se pronunciou a respeito em seu Instagram:

“Obrigado a todos pelo amor e apoio! As mensagens e artes dos fãs me encheram de alegria! Não é uma loucura que Star Wars esteja acontecendo de verdade? Estou no filme, mas como um fã de Star Wars estou muito empolgado. Um ano é bastante tempo, mas a espera valerá a pena. E a quem possa interessar… Se acostumem com isso

burnnn

5 thoughts on “[CINEMA] STAR WARS VII: entenda a polemica do Stormtrooper negro

  1. Eu achava que o problema todo era por causa dos clones, e que a briga era por ter um stormtrooper interpretado por um ator diferente daquele que fez o Jango Fett… mas uma vez que tem essa história de recrutar pessoas comuns (não-clones) para ser Stormtroopers, e explicitado no cinema, realmente não existe justificativa possível para esse mimimi além de estupidez racista. Internet mais uma vez mostrando o pior da humanidade…

    • Star Wars pra mim morre nos filmes, Universo expandido é só mais uma forma de tirar dinheiro dos fãs. Até onde eu sei, os clones são cópias de Jango Feet e acabou. Se o Jango fosse azul, eu queria que os clones fossem azuis também, se eles fossem brancos eu iria reclamar da mesma forma.

      Hoje o politicamente correto ta destruindo tudo.

      Já estão falando de um Clone mulher..

    • Eu achava o mesmo que você Fernando, por isso vim aqui atrás de respostas. Eu nãoi tinha entendido que Luke saiu de Tattoine para se alistar. Depois de tantos anos assistindo o mesmo filme, não psquei isso. Por isso fiquei confuso em não ver um clone no lugar do Finn, achei que TODOS os STORMTROOPERS eram clones!!

  2. É tentador ver racismo em tudo, e é sempre a saída mais fácil adotar uma postura “politicamente correta” e fazer poser de bacana, chamando todos os que protestaram de nazistas, racistas, etc. Mas a pura verdade é que a reclamação de boa parte dos fãs não tem absolutamente nada a ver com racismo. O motivo é, simplesmente, o amor pela obra original, a preocupação com a fidelidade,porque fã que é fã é purista, quer ver os personagens como são, e o problema não está na raça do rapaz.
    Assim, faltou o texto dizer que os verdadeiros fãs do bom cinemão andam de SACO CHEIO COM ESSA PARANOIA POLITICAMENTE CORRETA QUE VÊ RACISMO EM ABSOLUTAMENTE TUDO! E para escapar da mira dessa patrulha chatérrima, haja Nick Fury (dos Vingadores) negro, Tocha Humana (do Quarteto Fantástico) negro, Rei do Crime (do Demolidor) negro e diversos outros personagens que na versão original são brancos interpretados por atores afro, o que compreensivelmente desagrada quem é fã daquela obra, – não porque sejam todos “nazistas” desprezíveis, e sim porque gostariam de ver os seus personagens favoritos em carne e osso da forma mais fiel e realista possível, próximo do que ele viu no gibi ou na obra original. Isso é típico do fã. Só isso e nada mais. Se há racistas metidos aí no meio ou não, isto é um outro problema, mas rotular todos os que reclamam é ridículo. E lamentável.

Comments are closed.