[CINEMA] Os Caça-Fantasmas 3: filme pode marcar o início de um universo cinemático como o da Marvel

ghostbusters-aykroyd-murray-ramis

Os Caça-Fantasmas 3 é sem dúvida uma das continuações mais enroladas da história do cinema. Bill Murray se recusa a participar dela, o diretor Ivan Reitman caiu fora do projeto, Harold Ramis faleceu… Mas isto ainda não conseguiu desanimar Dan Aykroyd, um dos criadores da franquia.

Numa entrevista ao Hollywood Reporter, Aykroyd disse que o filme será mais do que “apenas uma sequência, prelúdio, ou outra série de TV.” Para ele Os Caça-Fantasmas está para a Sony assim como a Pixar e Star Wars estão para a Disney, como marcas lucrativas.

Apesar de não mais cuidar da direção do filme, Reitman se uniu a Aykroyd e à Sony para desenvolverem juntos uma “mitologia completa [dos Caça-Fantasmas]” que abrangerá “o início e o fim de suas vidas.”

Aykroyd explicou que a franquia Caça-Fantasmas “tem que ser reconstruída” e citou o modelo do Marvel Studios como um exemplo do que pretendem fazer, “pegando elementos de um filme e jogando-os em outros como ideias diferentes.”

Vale lembrar que, apesar desta intenção recente de expandir a franquia com o 3º filme, Caça-Fantasmas já ganhou, além da continuação de 1989, duas séries de animação, vários video games, um romance literário, e séries em quadrinhos (sendo que a última, publicada pela IDW, está prestes a terminar na 20ª edição).