[CINEMA] Os 5 Filmes mais nojentos do Cinema

Adoro atirar coisas desgraçadas na cara de você, caro leitor do NGF.

Por quê?

Bem, eu tenho uma teoria de que todo ser humano tem a necessidade aguda de agredir o outro ( seja lá quem for). Mas as pessoas de alma mais familiarizada com algumas doutrinas e padrões morais ( ou simplesmente, algumas pessoas com medo de levar processo) preferem não agredir fisicamente (dá processo), verbalmente ( dá processo) e nem cometer homicídio ( dá cadeia).

Assim, todo o instrumento de que eu posso lançar mão para agredir você, caro leitor, é o site e algumas postagens desgraçadas.

Não se aborreça. Nada é pessoal. É só para satisfazer mesmo meus instintos mais primitivos.

E dessa vez, para concretizar o supracitado ato, trouxe uma listinha ASQUEROSA do filmes que você já deve ter assistido e gostaria de conseguir apagar da memória.

Se não assistiu a nenhum dos títulos, assista. Ter vontade de vomitar faz parte da vida.

FLORESTA DO MAL (JOE LYNCH):

Vamos começar com um filme tranquilo e familiar que deve ter deixado muita gente sem dormir e, talvez, até causado perturbações mentais periféricas lá pelos idos de 2007. Na época, fiquei alheia ao filme. Graças a Deus. Só tinha 17 aninhos. Hoje em dia, as coisas desgraçadas do mundo parecem tão mais normais pra mim…

Enfim, A Floresta do Mal poderia ser mais um besteirol inútil americano, sem nenhuma relevância cultural. Mas o filme agride, e isso é importante.

A história é, basicamente, sobre Dale Murphy, que está conduzindo e produzindo seu próprio reality show para a TV, chamado “The Ultimate Survivalist ( O Ultimo Sobrevivente.)”. É claro que, sendo um reality show, teria que dar problemas…

O programa tinha seis competidores que deveriam permanecer soltos durante seis dias em algo que pode ser definido como uma simulação de deserto pós-apocalíptico, na embrenhada floresta do Green Brier, uma parte remota e sombria de West Virginia. O filme já não faz sentido daí: Pós-apocalipse num deserto em uma floresta?!

O que torna o filme interessante é que o Reality show simulado ( como todo e qualquer reality show) passa a ser uma prova de sobrevivência quando as vítimas ( não dá pra chamar de “participantes”) se deparam com outros habitantes da Floresta.

E não eram exatamente os sete anões.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma linda família canibal espera faminta pelos novos visitantes. (Eu disse que era um filme familiar)

Não é nada recomendado para quem sofre de insônia ou problemas nervosos.

Mas se você é saudável, basta manter o balde ao lado da poltrona por motivos de segurança.

CABANA DO INFERNO (ELI ROTH):

Quase um American Pie versão Horror Show. Cinco colegas de faculdade resolvem ir para uma remota cabana na floresta para aproveitar os últimos dias de férias ( AKA encher a cara e fazer uma orgia animalesca).  Tudo vai bem ( como não?), até que um deles entra em contato com uma doença terrível e mortal que faz com que a pele apodreça e queime. Os outros logo percebem que, se chegarem muito perto, eles poderão ser os próximos.

Tá… imagina isso. Seu amiguinho encostou em alguma coisa que fez ele sangrar e se retorcer de dor. O que você faz?

a) Sai correndo e rezando “Creio em Deus Pai” junto com a oração de São Bento;

b) Encosta em uma das áreas afetadas pela pereba gigante e sanguinolenta do capeta pra ver como é. ¬¬

Adivinha a resposta….

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que começa como uma suposta luta contra uma doença, logo se transforma em uma batalha entre amigos, quando o medo de contaminação faz com que eles se voltem uns contra os outros. Use sua imaginação: Um babaca sangrando e correndo atrás do outro aos gritos: “Meus germes! Meus germes!”. Tipo isso.

O ALBERGUE (ELI ROTH):

Como os filmes dessa lista, quase que de forma geral, O Albergue só vale pelo Gore mesmo. É até meio triste pensar que esse filme teve lá o seu dedinho do Quentin Tarantino, embora tenha sido escrito e dirigido por Eli Roth (o mesmo produtor de Cabana do Inferno).

O Albergue é um filme chocante, brutal e nojento sobre dois norte-americanos que viajam de mochila nas costas pela Europa. Eles ficam impressionados quando ficam sabendo dos belos albergues na Eslováquia… E claro, loucos por uma sacanagem com as europeias liberais. E como todo americano babaca de filme de terror, eles resolvem seguir caminho para lá, sem imaginar possíveis perigos, estupros, bukkakes ( neles), doenças sexualmente transmissíveis, bandidos perigosos, etc… Graças a Aláh eles não encontram nada disso.

Ufa, né?

Só que não!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que eles procuram são mulheres bonitas e muita curtição, mas acabaram se tornando vítimas de uma espécie de negócio da Morte extremamente lucrativo (não pra eles, vale lembrar), chamado Caça de Elite. O filme abusa com excesso em algumas cenas. E é regra: seu pai ou mãe vai entrar no seu quarto naquelas cenas mais fantásticas.

A CENTOPEIA HUMANA (TOM SIX):

Esse filme é muito bom. Para começar porque, se é para fazer um filme horripilante, ninguém vai fazer isso melhor que Europeus… e o filme é Alemão ( o que só torna tudo bem mais desgraçado).

Funciona da seguinte forma: Duas belas garotas são turistas ingênuas ( dessas otárias que ficam tirando foto até de Starbucks), e estão viajando pela Alemanha. Em dado momento, o carro delas acaba quebrando. Até aí normal. Ao procurarem por ajuda, dão de cara com um cirurgião especializado em separação de siameses ( coisa comum pra caramba).

No dia seguinte, sabe lá Deus como ( o sorriso do “Doutor Moreau” explica muito disso), as duas acordam presas no porão com um outro turista japonês. Eles estão prestes a serem sujeitos de uma terrível operação planejada pelo sádico cirurgião, que os unirá em algo que o médico alemão chama de “Centopeia Humana”.

Agora pare TUDO!

Não venha com o papinho de que você nunca ouviu falar dessa história.

Ela é AMPLAMENTE CONHECIDA, caso você já tenha assistido a South Park em algum momento da sua vida. Inclusive, esse episódio do desenho canadense te ensina muito sobre ler termos de aceitação de aplicativos.

Mas, retornando à ideia da Centopeia humana, funciona basicamente assim:

  1. Há uma fila de quatro ou cinco pessoas ligadas;
  2. A primeira pessoa da fila vai comer algum alimento:
  3. Algumas horas depois, apenas a última pessoa da fila irá evacuar os dejetos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Praticamente uma aula de biologia.

Obs: Se você assistiu Centopeia Humana e achou “De boas”, tranquilo, normal, coisa boba, mais um filme de terror, nada nojento, aceitável ou qualquer coisa do gênero, VÁ SE TRATAR e FIQUE LONGE DE MIM. 

SERES RASTEJANTES (JAMES GUNN):

Nesse filme, que muito bem poderia ser um romance “água com açúcar” ( mas não é…), o bem-sucedido Grant (Michael Rooker) é um dos poucos líderes da cidade de Wheelsy. Com sua bela e jovem esposa Starla (Elizabeth Banks), Grant é o homem mais poderoso da cidade ( bem no estilo sonho americano versão ++).

Mas as coisas estão prestes a mudar para Grant de uma forma que ele nunca poderia imaginar. Tudo começa no bar que Grant costuma frequentar.

Não, esse não!

Lá, Grant encontra Brenda Gutierrez (Brenda James), a irmã caçula de uma antiga namorada. Depois de largarem suas bebidas para darem uma volta sob o luar, o casal descobre algo gosmento no mato ali atrás.

Perto de destroços que parecem ser de um meteoro, eles acham uma massa pulsante e não-identificada que, de repente, toma vida e penetra no corpo de Grant através de um tentáculo coberto de pústulas.

A premissa não é tão diferente de A Bolha Assassina. Pelo menos inicialmente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim, um parasita alienígena infecta um infeliz hospedeiro humano — que precisará infectar outros, se quiser sobreviver. Aos poucos, ele passa a se transformar visivelmente, tornando-se menos humano para dar lugar a uma criatura sedenta de sangue e dominada pela necessidade de matar e destruir todos os que não estiverem infectados.

Nota do editor: pra quem não ligou o nome ao filme, James Gunn é o mesmo diretor de Guardiões da Galáxia e sua continuação (que acabou de ter seu trailer final lançado).

2 thoughts on “[CINEMA] Os 5 Filmes mais nojentos do Cinema

Comments are closed.