[CINEMA] 30 anos de Gremlins!

gremlins-2-cast

30 anos atrás, depois de dirigir sucessos de bilheteria como Tubarão, Os Caçadores da Arca Perdida e E.T., Steven Spielberg comprou o roteiro de um jovem escritor chamado Chris Columbus entitulado Gremlins, que ele acabou passando para que Joe Dante dirigisse, na época um promissor diretor de comédias de terror.

Gremlins era o tipo de filme que Spielberg dirigiria sem problemas, pois apresentava temas que o diretor já havia abordado em seus filmes anteriores, especialmente o fato da história girar em torno de uma família que é vítima das terríveis criaturas que aterrorizam a pequena cidade onde se passa a trama. E em 1984 a censura era, digamos, um pouco mais branda, o que permitia fazer filmes de terror para toda a família que tivessem cenas como a de um gremlin sendo assado dentro de um microondas até explodir, entre outras sequências de horror gore.

gremlis-004

Ainda que existisse essa liberdade, muitas idéias do roteiro original foram descartadas durante as filmagens. Por exemplo, os gremlins devorariam o cachorro de estimação de Billy Peltzer (Zach Galligan), o herói do filme, e sua mãe também seria morta por uma das criaturas, e teria sua cabeça decapitada e jogada escada abaixo (!). Vale lembrar que isto foi no mesmo ano em que Spielberg dirigiu Indiana Jones e o Templo da Perdição, outro filme “pra toda família” em que um cara arrancava o coração pulsante de outro em um ritual religioso.

1984 foi realmente um ano mágico. O Templo da Perdição foi lançado dia 23 de maio de 1984 nos cinemas dos Estados Unidos, e Gremlins saiu duas semanas depois, no mesmo final de semana de estréia d’Os Caça-Fantasmas (que também completou 30 anos hoje). Os três ficaram entre os filmes com maiores bilheterias daquele ano, cada um com sua mistura, hoje em dia tão rara, de comédia, terror e aventura, que não poupava crianças e adultos de algumas cenas igualmente nojentas, aterrorizantes e divertidas.

gremlis-003

Apesar de ter sido um pouco ofuscado pel’Os Caça-Fantasmas, Gremlins foi um filme brilhante, cheio de bizarrices, humor e toques de maldade, como na cena em que os gremlins torturam Gizmo atirando dardos nele. E o relato ao mesmo tempo bizarro e comovente de Kate Baringer (Phoebe Cates) em que ela explica o por que de não acreditar no Papai Noel: seu pai morreu após tentar descer pela chaminé de sua casa vestido de Papai Noel, e só descobriram o corpo dele dias depois, quando a casa inteira começou a feder. O estúdio tentou cortar a cena, mas Dante, apoiado por Spielberg, insistiu em mantê-la na versão final, por ela estabelecer o tom de todo o filme. 

Curiosamente, apesar de muitos terem criticado o filme pela violência presente na história, as crianças adoraram.gremlins-in-cinema

Gremlins ganhou uma sequência em 1990, Gremlins 2 – A Nova Geração, que focou-se mais na comédia do que no terror do filme anterior, o que o torna ligeiramente inferior ao original, embora seja divertido.

Para este ano ainda está previsto o lançamento de um blu-ray comemorativo dos 30 anos de Gremlins, com material extra inédito. Além disto, há anos fala-se tanto de uma sequência quanto de um remake da franquia, mas não há informações concretas atuais sobre em que pé anda a produção.

Enquanto nada disto acontece, resta-nos rever o clássico de 1984, e nos divertir mais uma vez com o produto de uma época em que pais podiam levar seus filhos para assistirem criaturinhas fofas se transformarem em monstros sanguinários. Tempos bons que não voltam mais.

Abaixo uma galeria de fan arts para homenagear a data: