[CINEMA] 3 Filmes sobre abuso infantil que você deveria assistir

Sim, o tema é polêmico, e completamente desconfortável, mas não querer falar sobre o assunto não o torna menos incidente.

O Abuso Infantil é algo extremamente recorrente, e por muitas vezes, parte de pessoas muito próximas às crianças, que torna tudo isso ainda mais terrível.

O fator da proximidade, assim como as consequências que o abuso pode causar, são ambos expostos nos três filmes que irei indicar.

short term 12Começo essa lista com Temporário 12 (Shor Term 12). O filme é uma produção americana de 2013, dirigido por Destin Cretton, em que narra a rotina de uma instalação adotiva para adolescentes em risco, pelos olhos de Grace (Brie Larson).

Grace passa uma imagem de durona para as crianças, mas sofre constantemente com fatos passados, que chegam até a dar problemas em seu relacionamento amoroso com Mason (John Gallagher Jr.), que também trabalha na instituição.

As lembranças do passado se tornam ainda piores quando uma adolescente bem problemática entra na unidade, fazendo com que Grace conecte-se com ela, e que veja todo seu passado nesta menina.

Esse é o filme mais “leve” dessa lista. Por mais que os fatos do passado de Grace e de algumas crianças sejam um tanto quanto perturbador, ainda são expostos de uma forma bem sutil, mas mesmo assim emocionando o expectador com cada história individual.

mysterious skinO próximo filme escolhido é Mistérios da Carne (Mysterious Skin). Dirigido por Gregg Araki, a história é sobre dois garotos: um garoto que não consegue lembrar, e o outro que não consegue esquecer.

Aos 8 anos Brian Lackey (Brady Corbet) acordou do lado de fora de sua casa com o nariz sangrando, sem ter idéia de como tinha chegado lá. O incidente acabou causando alguns problemas como medo do escuro, pesadelos, e o faz até urinar na cama com frequência. Passados alguns anos, Brian começa a acreditar que o ocorrido se tratou de uma abdução alienígica, e essa crença o faz revirar cada vez mais o passado em busca de novas evidências, que acabam por o levar a Neil.

Neil McComick (Joseph Gordon-Levitt), é um garoto encantador, até que você saiba mais sobre sua intensa personalidade e suas formas de levar a vida.

Quando seus caminhos se cruzam, eles descobrem que as memórias mais importantes de suas vidas não são muito bem o que parecem.

O filme é baseado num livro de Scott Heim de mesmo nome, e trata inicialmente a pedofilia de uma forma um tanto quanto romantizada, talvez pela Síndrome de Estocolmo (transtorno em que uma pessoa, submetida a um tempo prolongado de intimidação, passa a ter simpatia e até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o seu agressor) que podemos observar partindo de Neil.

Talvez o que mais chame a atenção neste filme, são as diferenças contrastantes de consequências que o abuso infantil pode gerar numa criança.

miss violenceE falando em consequências, uma das piores consequências de qualquer problema pode ser o suicídio. E é exatamente com uma cena de suicídio que começa o terceiro e último filme de nossa lista: Miss Violence.

De todos os filmes listados, Miss Violence foi de longe o mais impactante. Com cenas perturbadoras, que te fazem até desviar os olhos da tela, é uma produção grega de Alexandro Avranas, lançada em 2013.

Como já dito anteriormente, o filme começa com o suicídio de Aggeliki (Chloe Bolota) no seu aniversário de 11 anos. O curioso é que a menina se joga da varanda de casa com um sorriso no rosto.

Promotores iniciam uma investigação em cima da família – que alega que se tratou de um acidente, e não de suicídio – e então vamos descobrindo aos poucos o que acarretou na ação desesperada da jovem.

A família parece conformada com a morte, tentando, de todas as formas, continuar com suas vidas, “perfeitamente” organizadas.

A narrativa sugere, desde seu título, que a passividade de quem aceita a violência ao seu redor é tão grave quanto a violência em si. E esse é um ponto muito importante, ainda mais quando se trata de abuso infantil.

Mesmo que cada um de uma perspectiva diferente, todos os três filmes passam o aviso de que esse tipo de coisa acontece até onde a gente nem imagina, e por pessoas que até confiamos. Parentes, amigos próximos, e até professores. Pessoas que depositamos confiança, mas que às vezes não são muito bem intencionadas.


 

//  

 

 

6 thoughts on “[CINEMA] 3 Filmes sobre abuso infantil que você deveria assistir

Comments are closed.