[CINE MONIQUE] Cidade dos Sonhos – entendendo o filme

Desde que comecei a me interessar mais por este mundo do cinema, sempre soube que David Lynch tinha trabalhos bem complexos de entender. A minha falta de vergonha na cara, aliada com a minha preguiça, me impediram por anos de ver do que realmente as obras dele tratavam. Mas ontem, a espera finalmente cessou. Assisti Cidade dos Sonhos, e acho que até agora meu cérebro não voltou ao normal (se é que um dia vai voltar).cidade dos sonhos mulholland drive david lynch 2

Eu já sabia que o filme mexeria com a minha cabeça, mas não tinha ideia do quanto. Antes de vê-lo com meus amigos, lemos as 10 pistas que Lynch tinha publicado, para a tentativa de entendimento do filme. Caso você nem sabia da existência dessas pistas, aqui estão:

01) No começo do filme, antes dos créditos, duas pistas são reveladas.

02) Fique atento para o que está escrito no luminoso vermelho (em alguns sites esta pista aparece como “fique atento quando aparece o abajur vermelho”).

03) Qual o título do filme para o qual o personagem Adam Kesher está realizando teste de elenco? Ele será mencionado mais uma vez durante Cidade Dos Sonhos?

04) O acidente é um importante acontecimento em Cidade dos Sonhos. Onde ele acontece?

05) Quem entrega a chave azul e por quê?

06) Fique atento para o roupão, o cinzeiro e a caneca de café.

07) Qual mistério é revelado no palco do Club Silencio?

08) Somente o talento de Camilla pode ajudá-la?

09) Fique atento para o objeto que está nas mãos do estranho homem que vive perto da lanchonete Winkie!

10) Onde está tia Ruth?

Nós não descobrimos a resposta de todas as pistas, mas com as que conseguimos descobrir, já facilitou muito para o pouco entendimento que tivemos.

Antes de qualquer maior explicação, vão três observações iniciais:

1ª O texto a seguir é referente às minhas conclusões sobre o filme, após debate com amigos que o viram comigo, e de leituras de alguns textos pela internet.

2ª Como se trata de uma explicação sobre o filme, é evidente que tem spoiler. Então, se não tiver visto o filme, por favor, sem reclamações póstumas sobre conter spoiler.

3ª Nada do que eu disser adiante eu afirmo como verdade absoluta, visto que são apenas minhas conclusões, e pode ser que eu tenha perdido pistas importantes que alteraram o verdadeiro entendimento, então, se tiver uma opinião contrária, estou aberta a discussões.

4ª Para facilitar o entendimento, como por vezes uma mesma pessoa aparece com mais de um nome, usarei os nomes dos atores, e não dos personagens.cidade dos sonhos mulholland drive david lynchDito isso, iniciemos com a análise.

O título traduzido para o Brasil já é um baita spoiler do filme. Praticamente na primeira hora não dá pra ter certeza que tudo se trata de um sonho, então, querendo ou não, as dicas já começam do título. E para quem não tinha sacado ainda, muitas partes do filme são sonhos da protagonista.

Por se tratar de um sonho, muitos personagens e objetos que aparecem não são o que realmente parecem ser, sendo, na verdade, simbolismo de conceitos e sentimentos de Naomi Watts:

Patrick Fischler: uma personificação da própria Naomi, visto que o personagem dele diz ter tido dois sonhos idênticos que lhe deram muito medo.

Melissa George: inveja, ciúmes.

Lee Grant: subconsciente avisando que não era real, que as coisas não eram como pareciam ser, e que algo de ruim estava para acontecer.

Jeanne Bates e Dan Birnbaum: consciência enganando, brincando com Naomi.

Monty Montgomery: desejo de Naomi por controle da situação.

Bonnie Aarons: “monstro” que simboliza a realidade.

Caixa azul: consciência de Naomi.

Chave azul: lembrança da morte de Laura Elena Harring.

Além desses simbolismos, vale ressaltar que o filme não segue em ordem cronológica, e ainda há o fato de que constantemente troca-se de realidade para sonho e de sonho para realidade. Mas vamos agora para as minhas conclusões sobre o filme.

Naomi Watts ganhou um concurso de dança, e a vitória lhe despertou o desejo de seguir a carreira de atriz. Com a ajuda do dinheiro herdado de sua falecida tia Ruth. Naomi namora Johanna Stein, mas antes ou depois de sua separação com ela, começa a se relacionar com Laura Elena Harring.

Porém, o relacionamento das duas não dura muito tempo, visto que Laura é escolhida para o papel que até então seria de Naomi, e ainda começa a se relacionar com o diretor do filme, Justin Theroux, deixando Naomi completamente ciumenta e com muita inveja.

Justin Theroux é quem Naomi culpa por todo o ocorrido. Se lembrarmos da cena em que Justin conversa com Monty Montgomery, podemos confirmar essa afirmação:

A atitude de um homem revela que caminhos a vida dele vai tomar, […] você me verá mais uma vez se se comportar bem. E me verá mais duas vezes se se comportar mal.

Levando em consideração que após isso vemos Monty exatamente duas vezes, podemos subentender que Justin fez a escolha errada colocando Laura no papel principal. Então, Naomi o culpa por tudo o que vem depois disso, além de, é claro, sonhar com uma vingança, onde Justin é traído e acaba em falência.

Certo dia, Laura convida Naomi para um jantar. Naomi vai com uma certa esperança, porém, esta é devastada, visto que o jantar é para anunciar o casamento com Justin. Além da profunda decepção pela qual Naomi passa, ainda tem a conversa com vários convidados da festa, que a faz recordar desde o falecimento da tia, até a perda do papel principal que tanto queria.

Com toda a frustração e pressão da festa, Naomi toma uma decisão: matar Laura. E então, com parte do dinheiro herdado, contrata Mark Pellegrino para assassinar a ex-amante.

Quando Naomi encontra a chave azul pela primeira vez, acaba entrando em profundo estado de culpa por ter feito o que fez, e então começa a entrar em paranoia, que pode explicar muitos fatos sem sentido, como, por exemplo, Jeanne Bates e Dan Birnbaum encolhidos, e depois a assombrando.

O final é para mim o mais questionável de toda trama. Em alguns textos li que, quando Naomi se mata, na verdade foi um sonho em que sua vontade de viver era morta. Para mim, ela realmente se suicida após um profundo estado de culpa e arrependimento.

Mas e você, o que achou do filme? Tem conclusões diferentes? Então compartilhe sua opinião com a gente, e quem sabe você não ajuda a mim e a outras pessoas a desvendar o grande mistério que é Cidade dos Sonhos.





13 thoughts on “[CINE MONIQUE] Cidade dos Sonhos – entendendo o filme

  1. Eu acho esse filme muito doido.. quando o filme é non sense cabe a cada pessoa a interpretação do filme. Acho sua explicação lógica e coerente, uma análise muito boa, mas eu não sei exatamente o que se passa na cabeça de David Lynch, então…

  2. Alguns dizem que os velhinhos foram os jurados do concurso de dança (eles aparecem na cena do concurso) e eles representam a cobrança feita a Naomi Watts de se tornar uma atriz de Hollywood. Como ela não conseguiu e falhou em tudo, os velhinhos se manifestaram na consciência de Naomi Watts e levaram ela a se matar com um tiro na boca.

    • Acredito que no palco do Club Silencio , quando é repetido que ” tudo é gravado ” pode ser algo ligado com a consciência de Naomi Watts alertando que já está feito , está gravado , não pode ser alterado.

      • Acredito na verdade que ao dizer que “nenhuma banda está tocando” e que “está tudo gravado” é uma referência ao fato de que o merecimento do papel principal da Camila é duvidoso. Que a escolha é falsa (uma referencia a isso é quando a Betty (Naomi) chega no set quando Adam está fazendo a seleção e ele fala “Solta o playback” no momento do teste da Camila (na versão loira do sonho) e ela começa a “cantar” em cima de uma base já pronta. Ou seja: uma banda falsa, está tudo gravado e ela só canta por cima. Igualmente a cantora do Club também.).

        Acho esse momento uma referencia muito forte.

  3. Que viagem, mas creio que não exista uma verdade absoluta sobre esse filme, creio que o DIretor quis passar exatamente essa sensação e na maioria das vezes os sonhos não fazem sentido. A chave azul pode ter um significado ou pode ser simplesmente uma chave azul. Gostaria de saber a lógica do próprio diretor..

  4. Uma coisa não entendi de fato, e não encontrei a solução em nenhum lugar: por que o ator Mark Pellegrino estava atrás da agenda preta? Qual a ligação daquela cena com o resto do filme? Se alguém souber, por favor compartilhe. Ps.: Não gostei do filme.

  5. Na minha opinião o que acontece é um grande drama psicológico. Onde Naomi deseja não somente a amada mais também sua vida. Tanto que em todo o filme sentimos que camila só conquistou o que naomi desejava porquê existiam forças ocultas e que favoreciam. Isso explica o diretor ter que escolhe la devido a forte pressão psicogica e física, isso para naomi seria como a explicação do pq sua amante se descataria muito além dela. A primeira parte do filme ao meu ver é a mente de naomi imaginando um cenario onde tudo acontece como ela queria. Ela se destaca no teste, o diretor olha para ela com desejo e nao para camila que faz o teste no mesmo momento e mesmo a contra gosto diz esta é a garota!!! Mera idealização de uma vida imaginária onde tudo é conseguido. Como todo ser humano imagina se tivesse uma maquina do tempo por exemplo e pudesse modificar tudo ou se fosse mais bonito mais magro mais rico mais famoso. Idealização de como poderiamos ser felizes se fossemos diferentes da nossa realidade. Na segunda parte do filme veio a quebra da ilusão e a percepção de que nada que naomi sonhou estava acontecendo e nem perto de acontecer. A frase as atitudes de um homem são responsáveis pelo que acontece na sua vida, me parece destinada a própria naomi que ao ver que seu ciúmes e recentimentos acabaram por matar seu objeto de desejo faz com que ela entre em total desequilíbrio e realmente se suicide. Um caso psiquiátrico de cobiça, inveja e ódio.

    • Também foi o que pensei logo após ver o filme..concordo com vc,vc explicou bem “brutamente” enquanto as outras pessoas tentam explicar nos minimos detalhes rs

  6. 15/07/16.
    Tcm . Estou vendo o filme, vim pesquisar para saber do que se trata, com esses comentarios estou prestando mais atençao aos detalhes.

  7. Provavelmente, ela cometeu o suicídio depois de ter passado por todo o sonho; como um devaneio, por exemplo. Talvez a pista disso seja a última vista que ela tem da casa, que nada ocorre além do quarto.

    O que eu pensei foi quando ela viu o cadáver na própria cama e teve uma imagem de menos horror que Laura Harring (Rita), o que representaria a força dessa ideia alternativa. Deixando para a representação de sua angústia a trama que envolve a falta de memória de Rita.

Comments are closed.