[CIÊNCIA] Saiba como seria cair num buraco negro

Assistiu Interestelar e ficou curioso pra saber como realmente seria cair num buraco negro? Então dê uma conferida na explicação abaixo:

Aperte play e comece a ler:

 

Não seria uma jornada fácil, pois seu corpo se transformaria num spaghetti infinitamente fino e você experimentaria o tempo de uma maneira bem desconsertante e irreversível. Mas, se ainda assim estiver louco pra passar pela experiência, eis detalhadamente como seria.

Pra começar, você precisaria escolher entre um buraco negro estelar (causado pelo colapso de uma estrela)…

como-seria-cair-num-buraco-negro-01Tem um muito bom a 6.000 anos-luz de distância de nós, chamado Cygnus X-1.

… e um buraco negro supermassivo.

como-seria-cair-num-buraco-negro-02

A massa de um buraco negro supermassivo é equivalente à de milhões de sóis.

como-seria-cair-num-buraco-negro-03Tem um ótimo no centro da Via Láctea, caso te interesse.

É melhor arriscar-se num buraco negro supermassivo, pois os menores irão te despedaçar antes de você chegar perto o bastante para dar uma boa olhada em torno dele.

como-seria-cair-num-buraco-negro-04

A gravidade é forte pra caramba aqui. Nada pode escapar de sua atração, incluindo a luz, o que causa um efeito maneiro.

como-seria-cair-num-buraco-negro-05

Primeiro você se sentirá sem peso, apesar da imensidão de seu feito.

como-seria-cair-num-buraco-negro-06

Mas conforme você se aproximar do horizonte de evento – a borda do buraco negro – você ficará sujeito a forças gravitacionais, e terá a sensação de que seu corpo está sendo esticado.

como-seria-cair-num-buraco-negro-07

O horizonte de evento é o ponto em que a gravidade se torna forte o bastante para puxar a luz para si, impedindo-a de escapar. Imagine-o como a borda de uma cachoeira feita de luz.

como-seria-cair-num-buraco-negro-08

Se você pular de pé dentro dele, sentirá seu pé mais pesado que sua cabeça. Isto é porque seu pé está acelerando mais rápido que sua cabeça. É uma sensação desconfortável.

como-seria-cair-num-buraco-negro-09

Agora a “spaghettização” começa. Seu corpo será esticado verticalmente e comprimido horizontalmente até você virar fios infinitamente finos.

como-seria-cair-num-buraco-negro-10

O astrofísico Charles Liu descreve essa sensação como parecida com a “pasta de dente quando é espremida pra fora de seu tubo.” Não deve ser muito legal. :/

como-seria-cair-num-buraco-negro-11

Ainda assim, não se esqueça de olhar pra trás! O horizonte de evento se expandirá infinitamente atrás de você. Será como se você estivesse olhando para borda de tudo (tipo, tudo MESMO!).

como-seria-cair-num-buraco-negro-12

Se você levar um(a) amigo(a) pra te assistir de uma distância segura, ele(a) nunca verá você passar pelo horizonte de evento. Ele(a) verá você desacelerar até ficar imóvel, virar um brilho vermelho, e depois desaparecer. Será desconsertante pra ele(a), que não te verá nunca mais.

como-seria-cair-num-buraco-negro-13

Mas pra você, quanto mais rápido você se move através do espaço, mais lentamente se move através do tempo.

como-seria-cair-num-buraco-negro-14

Caso você olhe pra frente, você verá tudo que já caiu no buraco negro antes de você pairando lenta e infinitamente, através do tempo, mas pra elas é como se estivessem caindo muito rápido.

como-seria-cair-num-buraco-negro-15

E se você olhar pra trás, “será capaz de enxergar tudo que cairá no buraco negro”, segundo Charles Liu.

como-seria-cair-num-buraco-negro-15

Se olhar pra frente, você verá tudo que já aconteceu naquele ponto do espaço-tempo desde o início do universo.

como-seria-cair-num-buraco-negro-16

Se olhar pra trás, você verá tudo que verá tudo que acontecerá neste ponto do espaço-tempo até o fim do universo. (wow!)

como-seria-cair-num-buraco-negro-17

E se você conseguir escapar, o que não irá acontecer, você nunca mais verá qualquer pessoa que já amou em sua vida, porque vários milhares de anos terão passado pra elas, enquanto você fazia seu pequeno turismo no buraco negro.

como-seria-cair-num-buraco-negro-18

Stephen Hawking tem uma teoria que diz que, embora DEFINITIVAMENTE seja uma viagem sem volta, talvez você saia em outro universo depois de atravessar o buraco negro.

como-seria-cair-num-buraco-negro-19

Mas provavelmente você ainda será um spaghetti.

como-seria-cair-num-buraco-negro-gatinho-spaghetti

Fonte: Buzzfeed

2 thoughts on “[CIÊNCIA] Saiba como seria cair num buraco negro

  1. Muito legal! Interessante notar que, conforme você se aproxima do horizonte de eventos, o efeito de dilatação temporal vai aumentando e tende ao infinito, sendo por esse motivo que seu amigo do lado de fora nunca verá você atravessá-lo (apenas te verá desacelerando cada vez mais conforme se aproxima), e você verá tudo do lado de fora se acelerar cada vez mais até literalmente presenciar o fim do Universo (seja ele qual for) no exato momento em que você cruzar o horizonte de eventos. Aí não tem volta mesmo 😛 Arrepiante! Mas, apesar de quem está fora jamais ver isso, você chega sim a atravessar o horizonte de eventos (como eu disse, depois do fim do Universo, ainda que pra você a travessia leve pouco tempo pra acontecer), só que a informação sobre o que acontece depois disso fica completamente indisponível pra qualquer um nesse Universo de cá, por motivos óbvios. A própria Física teórica não tem muita certeza sobre o que acontece (daí vale especular sobre ser transportado para um outro Universo), mas a resposta que parece mais óbvia é que tudo o que cai lá dentro vira um concentrado de matéria completamente indistinto, destruíndo qualquer tipo de características individuais ou informação sobre a matéria que caiu lá, com a exceção de sua massa (que se adiciona ao buraco negro). O que gera um paradoxo interessante (o Paradoxo da Informação dos Buracos Negros), pois na Física qualquer tipo de informação (ou complexidade) não pode ser destruída, apenas convertida em outra forma de informação, pois isso contraria a segunda lei da termodinâmica se você entender entropia como uma medida de complexidade do sistema. Sendo por isso mesmo que alguns desconfiam que há algo mais nessa história de buraco negro do que “ele te suga, te aniquila e acabou”.

    E sim, “espaguetificação” (spaghettification em inglês) é o termo oficialmente usado pelos cientistas em seus artigos 🙂

Comments are closed.