[CIÊNCIA] O nosso universo é apenas um holograma gigante? Novos estudos apontam que é possível

Palma, palma, não priemos canico! Mas há uma boa chance de que o universo inteiro seja realmente apenas uma projeção holográfica. A teoria não é nova – existe desde os anos 90 – mas um novo estudo de pesquisadores no Canadá, Itália e Reino Unido sugere que é ainda mais provável do que pensávamos.

Suas descobertas, que são baseadas em irregularidades no fundo de microondas cósmico (os restos do Big Bang), sugerem que há tanta evidência para um universo holográfico como há para nossos modelos atuais existentes.

Em um universo holográfico – uma ideia sugerida pela primeira vez na década de 1990 – toda a “informação” que compõe e descreve a nossa realidade 3D, além do tempo, é uma projeção vinda de um “universo de verdade” que é apenas 2D

“Imagine que tudo o que você vê, sente e ouve em três dimensões (e sua percepção do tempo) de fato emana de um plano bidimensional”, Professor Kostas Skenderis de Ciências Matemáticas da Universidade de Southampton disse ao PhysOrg. “A ideia é semelhante à dos hologramas comuns, onde uma imagem tridimensional é codificada em uma superfície bidimensional, como no holograma de um cartão de crédito, mas desta vez o universo inteiro está codificado”.

A parte mais interessante dessa proposta é que, quando você coloca essa teoria em números, não só os números batem, como ela explica muita coisa sobre a vida, o universo e tudo mais uma vez, que concilia as irregularidades da teoria de Einstein da relatividade geral e da mecânica quântica.

Enquanto as descobertas de Einstein fazem um belo trabalho de explicar os aspectos em grande escala do universo, elas não funcionam em um nível quântico. O princípio holográfico sai da estrutura da teoria das cordas, mas, ao invés de tentar estabelecer níveis dimensionais superiores, como a teoria M (que pressupõe 11 dimensões), ela depende apenas de duas.

Por incrível que pareça, aquele episódio de Doctor Who sobre os aliens de duas dimensões pode ter um tanto mais de verdade do que esperávamos…