[CIENCIA] Fim da vida na Terra deve ser muito antes do que imaginávamos, diz estudo.

meteor

Todo mundo sabe que daqui a alguns bilhões de anos a vida no nosso planeta será insustentável quando o Sol se expandir. A boa notícia é que um novo estudo da Agência Espacial Europeia mostra que isso não vai ser um problema, porque provavelmente já teremos ido para o vinagre muito antes disso. Ah, não, espera, isso não é uma boa notícia!

Já se sabia há algum tempo que há uma estrela em curso de colisão com o nosso sistema, a estrela Gliese 710. O que o novo estudo descobriu foi que essa estrela chegará muito mais perto do que imaginávamos. Com efeito, perto o suficiente para bagunçar asteroides e causar grandes ataques de meteoros.

Aquele momento constrangedor em que sua stalker decide destruir toda vida na Terra, quem nunca, né?

Aquele momento constrangedor em que sua stalker decide destruir toda vida na Terra. Quem nunca, né?

Parte da constelação de Serpens Cauda, Gliese 710 atualmente fica a cerca de 64 anos-luz de distância. Ela está viajando em nossa direção e espera-se que chegue a ficar a 1,2 trilhões de milhas da Terra. O que, para os padrões espaciais, é praticamente raspando. Para se ter uma ideia, Alpha Centauri, atualmente a estrela mais próxima à Terra (além de nosso Sol, dã) está em torno de 25.67 trilhões de milhas afastada.

Os pesquisadores Filip Berski e Piotr Dybczński, da Universidade Adam Mickiewicz, da Polônia, revelaram que as distâncias mínimas da estrela para o sistema solar estarão quase cinco vezes mais perto do que se pensava anteriormente, segundo um estudo publicado na revista Astronomy & Astrophysics.

Provavelmente ela passará através da da Nuvem de Oort, uma colcha de objetos gelados e cometas que circundam nosso sistema solar. Se isso ocorrer, a forte força gravitacional da estrela, que tem uma massa de 60% do nosso sol, poderia causar uma chuva de cometas que mudariam seu curso em direção ao nosso planeta.

Embora acertar qualquer coisa no espaço seja altamente difícil, e embora alguns ficarão à deriva no espaço e outros serão absorvidos pelo Sol e outros planetas, os astrônomos têm advertido que um impacto significativo com a Terra é inteiramente possível.

Agora você queira saber quando isso vai acontecer, certo? Bem, a estimativa é que o near-miss com nosso sistema solar deve acontecer daqui a 1.35 milhão anos. Ou seja, Naruto e The Walking Dead ainda não terão terminado – más notícias para os fãs.

A boa notícia é que essa estrela será o objeto mais brilhante no céu noturno depois da Lua. Deve ficar bonitão. A má noticia é, bem…

Espero ao menos que as gerações futuras tenham a presença de espírito de tocar Komm, Susser Todd quando isso acontecer. É o mínimo que podemos pedir.

Então, como vão aqueles planos de colonização interestelar mesmo?

Fonte: Daily Mail