[ANIMES] Cavaleiros do Zodíaco: 20 anos da 1ª exibição da série que iniciou o grande “boom” de animes no Brasil

seiya1

Dia 1º de setembro foi um dia especial para os fãs de animação japonesa, especialmente em 2014, quando completaram 20 anos desde a 1ª exibição de Os Cavaleiros do Zodíaco no Brasil, um dos animes mais populares de todos os tempos em nosso país.

Caballeros5Sua chegada em 1994 foi um tanto “tímida”, e só começou a chamar atenção, até onde eu me lembro, quando a saudosa revista Herói começou a publicar matérias sobre a série, que meio que despertaram na Rede Manchete a consciência de que tinha uma mina de ouro nas mãos, e fez com que a emissora comprasse o restante dos episódios que faltavam (na época ela já havia reprisado diversas vezes os episódios correspondentes ao Torneio Galáctico, às batalhas contra os Cavaleiros de Prata, e parte da Saga das 12 Casas).

Não comecei a assistir Cavaleiros desde sua estréia, mas peguei a fase em que a Manchete começou a reprisar a primeira fase, quando Seiya e seus companheiros lutavam contra os Cavaleiros de Prata, e se preparavam para enfrentar os Cavaleiros de Ouro.

O diferencial da série era a violência, coisa que a molecada da época não estava acostumada a ver. E não era só isto, havia nudez também, feminina e masculina, havia galões de sangue jorrando, e uma dramaticidade (alguns até chamariam de melodrama) à qual não estávamos acostumados em desenhos animados produzidos pelos Estados Unidos. Era tudo muito intenso na luta dos cavaleiros para defender a Deusa Atena.

cavaleiros-do-zodiaco-saga-de-asgard-3Na esteira do sucesso do anime, vieram coisas muito boas, como Dragon Ball – que começou a ser exibido no SBT, com uma dublagem que eu adorava, e que infelizmente acabou mudando – e Yu Yu Hakusho, que teve uma das melhores dublagens já feitas no Brasil, mas também muita coisa questionável, como os análogos Samurai Warriors e Shurato.

Mas o que realmente importa aqui é lembrar que Cavaleiros do Zodíaco marcou época, até hoje tem uma legião de fãs, que este ano estão loucos pra ver a retomada dos personagens no cinema, no filme A Lenda do Santuário, que promete repaginar o visual dos Guerreiros de Athena, e atualizar o contexto em que a história ocorre.

Mas sempre haverá aquela lembrança de um já longínquo 1994, em que fomos apresentados à “hiperviolência” nipônica, regada a galões de sangue, e nudez eclética da série, que mostrava tanto a bunda do Shun como a da Shunrei, namoradinha do Shiryu. Certas lembranças jamais se apagarão… (para o bem ou para o mau).

Já fizemos algumas homenagens a Cavaleiros do Zodíaco anteriormente aqui no Nerd Geek Feelings, que vocês podem conferir nos links abaixo:

Mas não resisti a reunir mais algumas coisinhas pra vocês. Portanto, fiquem abaixo com um vídeo com todas as aberturas e encerramentos da série no Brasil:

Uma playlist com quase todas as músicas de todas as fases da série clássica:

E uma galeria com mais de 100 fanarts inspiradas no anime: