[ANIMAÇÃO] Como Treinar Seu Dragão 2 – Resenha

How-to-Train-Your-Dragon-2

Em minha sincera opinião, uma das melhores animações dos últimos anos.

Poderia parar por aqui e o filme já estaria muito bem resenhado, mas é tão legal que temos de comentar mais um pouco.

Certa feita um colega me emprestou um dvd para que eu o assistisse, dizendo ser a melhor animação que já havia visto. Achei um certo exagero, mas depois de assistir, tive de dar o braço a torcer. Era Como Treinar seu Dragão.

A trama já começa com vikings socando dragões. Vocês estão me entendendo? VIKINGS… SOCANDO… DRAGÕES… quantos níveis de awesomeness existe na somatória destas três palavrinhas? Muitos.

Com certeza foi uma animação que entrou para a minha top 5. E se você ainda não viu, vá correndo assisti-la e depois volte aqui.

Então, a notícia de que haveria uma sequência foi uma grata surpresa, aguardada com ansiedade. E foi ótimo.

Mais uma vez voltamos à vila de Berk, perdida no meio do nada, onde Soluço e sua patota se divertem com os dragões. Cinco anos se passaram desde o primeiro filme e agora os dragões convivem em harmonia com os vikings.

Como não poderia deixar de ser, uma nova ameaça ronda a vida de nossos heróis. Um líder está arregimentando um exército de dragões e Berk será o próximo alvo da sua lista. Neste ínterim, Soluço encontra sua mãe, que acreditávamos já estar falecida. 

Temos então uma nova aventura, maior, mais dramática, mais emocionante e mais divertida que no primeiro filme. E muito mais dragões! A evolução dos personagens é marcante, não só na parte física (afinal, se passaram cinco anos desde que os vimos pela última vez), mas principalmente na parte psicológica.

Screen-Shot-2013-07-13-at-2.29.02-AM

A diferença é marcante.

Realmente, não tenho como poupar elogios. Só posso dizer uma coisa: vá correndo para o cinema assistir. Caso não aguente esperar, confira os cinco minutos iniciais clicando aqui.

SPOILERS ADIANTE, SIGA POR SUA CONTA E RISCO.

Comentando um pouco mais sobre o filme, acho interessante ressaltar que assim como o personagem principal, a trama também amadureceu. Constatamos isso principalmente pelas mortes, tanto de dragões quanto de vikings. Como é animação voltada para o público jovem, não há sangue, mas as mortes são suficientes para causar comoção.

O reencontro de Soluço com sua mãe e depois Estóico com a esposa foi feito com um toque de delicadeza que realmente emociona. Emocionante também o final, que marca a evolução emocional de Soluço e Banguela.

Com tudo isso, o filme ainda conseguiu manter o bom humor, além de mostrar o namoro de Soluço e Astrid sem ser meloso, são vikings afinal, oras.

How_to_Train_Your_Dragon_2_-_Official_Teaser_Trailer

Soluço divando.

Senti falta apenas de uma melhor explicação sobre os novos tipos de dragões que aparecem, de forma como ocorre no primeiro filme. E a única coisa que eu realmente não gostei foi de não haver uma explicação para como o vilão conseguiu dominar um dragão alfa. Mas esse é um detalhe que passa batido e em nada atrapalha a trama.

No Frigir dos ovos, um filme excelente, que superou o predecessor. Sem precisar de backgrounds, conseguiu ser dinâmico, porém sem perder nada em trama. Bola dentro para a Dreamworks que não vinha emplacando nenhuma animação realmente cativante.

Não assisti a versão em 3D, e sinceramente não acho que vá fazer falta, mas pode ser interessante, principalmente pelas cenas de voos.

Clicando aqui você ainda confere uma série de imagens que já publicamos e de lambuja, um trailer.

One thought on “[ANIMAÇÃO] Como Treinar Seu Dragão 2 – Resenha

Comments are closed.